Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Chaves, Tâmega, Ponte, Castelo, Tabolado, Passeio...

24.09.07 | Fer.Ribeiro

 

.

Agora que finalmente chegou o Verão, entra o Outono. Realmente não há quem entenda o tempo de hoje. Coisas do aquecimento global, dizem, e eu acredito, como acredito também que sou um dos responsáveis, mas sem culpa, pois como cidadão comum, sou obrigado a tal… e o melhor é ficar por aqui, pois para explicar isto estaria por aqui toda a noite ou todo o dia. Sei que eu não tenho culpa, mas que há muitos culpados, lá isso há, e não são cidadãos comuns.
 
Ontem, por exemplo, foi o dia sem carros ou da mobilidade. Simbólico e apenas isso, pois os carros lá circularam normalmente como todos os dias, ou até mais, pois alguns houve que em vez de desfrutarem sossegadamente do fim-de-semana em casa, agarraram no carrinho e deslocaram-se até à cidade para ver o evento de uma rua sem carros. Mas lá diz o ditado que “o que vale é a intenção”, embora nesta caso não valha de nada, mas enfim…eu também aderi, mas em vez de ir até à rua sem trânsito, resolvi ir até ao rio dar ao pedal de uma gaivota e até gostei, claro que sem o romantismo dos barcos de madeira a remos do Lombudo ou do Redes, em que o cavalheiro remava para a donzela desfrutar da paisagem e da musculatura do homem (aqui já não é cavalheiro), mas enfim, confesso que embora menos romântico,  até é mais confortável dar ao pé que ao braço e,  que é muito mais agradável passar por baixo da ponte (nova) que por cima dela.
 
Quanto à paisagem, também é diferente e agradável e até deu para tomar umas fotos, também diferentes das do costume.
 
Até amanhã, neste gozo de Verão tardio que chega no Outono, em Chaves, claro!  

5 comentários

Comentar post