Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

27
Out07

Chaves Rural - Torre de Moreiras - Portugal

 

.

 

Hoje vamos até Torre de Moreiras.
 
Das primeiras vezes que fui por estas bandas pensava que Torre de Moreiras ainda era Moreiras, ou seja, um bairro da aldeia de Moreiras. Mas não, Moreiras é uma aldeia e Torre de Moreiras é outra aldeia, embora próximas, tão próximas que quase se tocam e abraçam, pois convivem a uma escassa dezena de metros uma da outra. Mas o seu a seu dono e tal como nós temos direito à nossa identidade própria e diferente de todas as outras, também as aldeias têm direito às suas diferenças e suas identidades.
.
.
Torre de Moreiras fica a 19 quilómetros de Chaves e pertence à freguesia de Moreiras. A freguesia com a área de 11,61 km2 e uma população de 309 habitantes, é constituída ainda pelas povoações de Almorfe e France, além de Moreiras. Daqui se poderá depreender facilmente que a freguesia e Torre de Moreiras, possui uma população envelhecida, com apenas 7 crianças (toda a freguesia) em idade escolar no 1º ciclo e muito longe de ter a população de há 30 a 40 anos atrás, em que “as ruas andavam sempre cheias de gentes, era uma alegria e, então aos Domingos, havia sempre festa”  tal como me disse uma senhora já de idade e que vive sozinha com o irmão, quase da mesma idade.
.
.
É assim a realidade das aldeias de montanha, pouca gente, envelhecida e que se amparam uns aos outros, embora a realidade da Torre de Moreiras e da freguesia, comparada com outras aldeias de montanha, até nem é assim tão má, pois ainda vai havendo alguma juventude. (parece haver contradição, mas não a há se tivermos em conta Torre de Moreiras e Moreiras de hoje e as de há 40 anos atrás). Segundo informações do Presidente da Junta, Torre de Moreiras, deverá ter à volta de 30 residentes. Claro que no verão, Agosto, a realidade é outra.
.
.
Como terra de montanha (serra do Brunheiro), à altitude que, em média ronda os 800 metros, é terra de rigorosos Invernos que recebem sempre as primeiras neves, gelos e também muita névoa, principalmente quando há chuva no vale. Produz essencialmente centeio, batata (da boa ou melhor, daquela que costuma sorrir para nós, como é costume dizer-se) e castanha (também da boa).
.
.
Segundo reza a história em Torre de Moreiras ergueu-se outrora o Castelo de Gouveia ou Torre de Gouveia, monumento muito referido em documentos históricos relativos ao julgado de Montenegro e que, conjuntamente com os Municípios de Lampaça e Bragança, constituíam as três circunscrições administrativas e militares em que se encontrava dividido todo o noroeste da província transmontana. Foi essa torre ou casa forte que deu o nome a esta pequena aldeia. Na envolvente da aldeia é possível encontrar memórias da civilização castreja, descendo até às Crastas, também designadas por Outeiro ou Fraga dos Mouros. Na aldeia ergue-se ainda uma bonita capela (que já foi igreja, dizem-me os residentes) a Capela da Senhora do Rosário onde é de destacar a beleza do tecto revestido de caixotões, as duas arquitraves do retábulo renascentista, as colunas fasciculadas, e a interessante configuração do sacrário. As paredes mostram dois rudimentares frescos.
.
.
A festa anual à padroeira ocorre dia 7 de Outubro de cada ano.
E a partir de hoje, em vez de uma fotografia a ilustrar o post da aldeia, iremos ter várias fotos de modo a ficarmos a conhecer melhor (pelo menos em imagem) as nossas aldeias.
.
.
E não poderia terminar sem mencionar que toda a freguesia é terra de gente hospitaleira, faladora e amiga, que depois de lhe granjearmos a amizade, passam e passamos a ser como da família.
.

         

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Olhares de sempre

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Julia, O meu voto vai para a Igreja da Misericordi...

    • Anónimo

      Hoje, dia 12 de Outubro de 2018, acabo de ler este...

    • Anónimo

      https://m.youtube.com/watch?v=glT3deDW0_o

    • Anónimo

      Olá Fábio, Gostava muito de lhe oferecer um livro ...

    • Anónimo

      *Salve 5-OUTº-1143*!“Viva Portugal!”Como não recon...