Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Nº13 da Rua Joaquim Delgado, Chaves , Portugal

15.11.07 | Fer.Ribeiro

 

.

 

Há dias atrás trouxe aqui a casa da mascara. Hoje trago-vos uma casa com mascara, mas não só, pois é uma casa cheia de pormenores e onde todos os pormenores são cuidados sem nenhum ter ficado ao acaso.
 
Este nº13 da Rua Joaquim José Delgado em Chaves, já é repetente neste blog. No outro post lembro-me de ter referido que esta casa parecia-me ter sido feita para um filme, daqueles cheios de pormenores e intensos, difíceis à partida mas que encantam até nos levarem ao sonho, do tipo dos que geralmente passam na RTP 2.
.
.
 
Após o primeiro post sobre este nº13,  o amigo do blog da Rua 9, enviou-me uma fotografia da máscara e lançou-me o desafio para descobrir onde ela estava colocada. Claro que aceitei o desafio, mas perdi-o, pois não a consegui descobrir. Com algumas cunhas fundamentadas, o amigo da Rua 9 lá me foi dizendo que ficava no nº 13. Claro que de imediato parti à descoberta da máscara e demorei o meu olhar, mais atento, sobre todo o nº 13 da Rua Joaquim Delgado. Já gostava da casa, mas a partir de aí além de gostar, fiquei espantado com tanto pormenor que esta casa tem. Nada foi deixado ao acaso e toda ela é feita de belíssimos pormenores. Faltar, só falta mesmo estar inscrito na casa, além da data (1930) a assinatura do seu autor, pois é uma autêntica obra de arte. Passem por lá para ver se é ou não verdade, mas com olhos de ver e apreciar todos os pormenores, que mesmo velhinhos e a precisar de um restauro, encantam qualquer um.
.
.
 
Engraçado e caricato, voltando aos filmes, é que esta casa pela sinistra máscara e pelo número de polícia (o 13) até poderia inspirar um filme de “suspance”, mas não, inspira tudo o contrário, pois é uma casa cheia de luz, alegria e pormenores românticos que mais inspiram um filme de amor bem sucedido com muita música de encantar. Nada percebo da técnica dos filmas, pois apenas sou um consumidor que gosta ou não dos filmes que vê, mas se fosse entendido na matéria, fazia desta e com esta casa um belo filme de encantar.
.
.
 
E fico-me pelos encantos, pois talvez a partir de amanhã (vamos lá ver como corre o dia) dedique as Sextas-Feiras aos tais lamentos da cidade que trago atravessados.
 
Amanhã logo se vê, mas certeza, certezinha é que vou estar na cidade de Chaves.
 
Até amanhã!     

 

.

2 comentários

Comentar post