Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Madalena, Chaves, Portugal

21.11.07 | Fer.Ribeiro

 

.

 

Já sabem de  vez em quando regresso às origens, por isso hoje poiso olhares sobre a madalena, sobre pequenos pormenores e muitas recordações de infância. O marco do correio que recebeu muitas “cartinhas de Lâminas” sem remetente nem destinatário e que por telepatia de inocência de crianças lá chegaria ao destino pensado. Não há nada que se compare ao imaginário de uma criança e temos pena de adultos, ver como ficam esquecidos marcos da história e das estórias contadas nas cartas e como já nem sequer respeito há por estes símbolos, mais um bocadinho e desaparecia. Ficou anão, mas está lá a marcar presença, mesmo que não dêem por ele e já não cumpra a sua nobre missão de recolher para dar notícias ao mundo, pois hoje é mais mail’s e sms’s, tudo tecnologia de ponta, mas sem o gosto de abrir uma carta e de sentir a textura do papel ou o cheiro da tinta. Temos saudades, claro que temos!
.
.
 
Sabe bem andar pelos velhos caminhos dominicais, pois por aqui era só mesmo aos Domingos, na hora da missa, vestidinho de roupinha domingueira, pois de resto era veiga, quando a veiga ainda era veiga, mas como por encanto, ainda aparecem imagens do passado, as velhas bicicletas e os sacos de couves, que estes, pela origem, ainda são certificados e vão fazer a delícia de uma mesa qualquer.
 
Hoje ficam as imagens actuais de um passado vivido intensamente no lado rural da cidade e, lá se vai recordando uma ou outra passagem que a memória ainda retem da infância, do tempo dos sonhos.
Até amanhã, em Chaves cidade.