Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

3º Aniversário do blog Chaves

02.01.08 | Fer.Ribeiro

 

.

 

Hoje sim é tempo de um pequeno balanço neste blog, pois há 3 anos que ele existe.
 
Há três anos nascia quase por acaso. A ideia blog era interessante, pô-lo on-line era fácil, fotografais tinha algumas, textos seria o que a inspiração do momento ditasse e quanto ao tema, depressa cheguei à conclusão que seria Chaves. Iniciava assim um blog mais ou menos estruturado à pressa e feito para consumo próprio, imaginando-me ausente como outrora tinha estado (embora por apenas 1 ano) e publicando aquilo que gostaria de ver se efectivamente estivesse ausente.
 
Foram interessantes aqueles primeiros tempos de blog. O meu eu do lado de cá ia produzindo para o outro eu do lado de lá consumir. Aos poucos, principalmente com a chegada dos primeiros comentários, comecei-me a aperceber que afinal não estávamos sós e que havia meia dúzia de flavienses ausentes que já vinham ao blog matar um pouco de saudades, suponho.
 
Com o tempo as visitas foram aumentando e os flavienses ausentes das aldeias começaram a reclamar as suas terrinhas. Era um novo desafio para o blog, ainda para mais que fotos das aldeias tinha poucas, mas porque não!? Afinal Chaves não é só a cidade, as aldeias enriquecem-lhe a alma e fazem parte deste todo do ser flaviense. Se a cidade tem motivos interessantes para levar por aí fora, as aldeias além dos motivos também tem o seu povo, a sua cultura e tradições, bem mais interessantes até que as da cidade. Foram então reservados os Sábados e Domingos para as aldeias que continuarão por aqui aos fins-de-semana.
.
.
 
E sem me querer lamentar, não é fácil vir por aqui todos os dias. As vezes falta a fotografia, outras a disposição, às vezes o texto e a documentação, às vezes até falta inspiração para tudo, mas sobretudo o que mais falta até é tempo. Mas estou chegado a uma fase em que manter este cantinho aberto já se tornou quase numa obrigação e como tal, com um pouco de teimosia à mistura, este blog, bem ou mal, lá vai sendo publicado diariamente. Mas vale a pena, pois é com gosto que o faço.
 
Às vezes gostava de ter um pouco mais de feedback , não para satisfação do ego, mas para poder melhorar o blog e levar-vos outras imagens e coisas que se calha gostariam de ver por aqui e não vos as consigo dar. Mas parto do princípio e do provérbio de que, quem cala consente, e tudo está a correr sobre os carris. Claro que os amigos e comentadores habituais, bem como alguns mails que vão correndo à margem do blog, também ajudam e muito na sua feitura, aos quais estou eternamente agradecido, mas não há melhor feedback que os números: 341.861 olhares, vindos de 99 países, demonstram bem que Chaves não se resume a estes pequeninos 60 quilómetros quadrados, de uma cidade, duas vilas e 150 aldeias, os números dizem-nos que Chaves e os flavienses estão espalhados por esse mundo fora mas têm Chaves no coração.
.
.
 
Claro que os números do blog levam-me à tal obrigação de o continuar, mas também me acarreta alguma responsabilidade, principalmente na informação que por aqui vou deixando. É a parte ingrata deste blog, principalmente porque ao dizer o que penso, nem sempre penso no que digo, ou melhor, nem sempre digo o politicamente correcto. Embora o assunto não me tenha retirado horas de almofada, às vezes penso e até matuto nele e, cheguei a uma conclusão, vou continuar como até aqui, a levar-vos Chaves e as aldeias como sei e posso, com o devido pedido de desculpas por um ou outro erro, gralha ou omissão, falta de documentação e até falta de inspiração, pois os dias não são todos iguais e o meu dia-a-dia, alegrias e lamentos, também se reflectem por aqui. Afinal de contas é um blog pessoal e sem qualquer pretensão para além de levar Chaves aos flavienses ausentes e amigos de Chaves e assim continuará a ser, pelo menos enquanto tiver direito à minha liberdade e à minha opinião e aos meus olhares sobre a cidade.
 
Só me resta mesmo agradecer a vossa presença aí desse lado, agradecer as vossas visitas e os vossos comentários e já sabem que podem contar sempre comigo deste lado e qualquer coisinha, usem e abusem dos comentários e do meu mail.
 
Obrigado a todos, mais uma vez um bom 2008 e até amanhã, em Chaves cidade.

17 comentários

Comentar post