Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Segunda-Feira em Chaves...

28.01.08 | Fer.Ribeiro

 

.

 

E já estamos de novo em Segunda-Feira, o dia em que regresso à cidade, um dia complicado que até dói.
 
E porquê custam tanto as Segundas-Feiras?
 
Por várias razões. Pelo regresso à cidade, é a primeira razão e no entanto regressar à cidade é sempre bom. Talvez o que mais incomoda neste regresso, é a rotina dos dias, os horários e os mesmos lamentos de sempre. Lamentamos a nossa condição de cidade interior de província, lamentamos ser deixados de lado, lamentamos que nos roubem, lamentamos que nada façam por nós, lamentamos os políticos que temos, lamentam-se os negócios que não vendem, lamenta-se a chuva que não chove, lamenta-se o frio que é demais, lamentamos ter de ir meter gasolina a Espanha, lamentamos não ganhar como eles, lamentamos os resultados do futebol, lamentamos não ter onde estacionar o carro de borla, lamentamos a falta de dinheiro, lamentamos o dinheiro mal gasto … enfim, principalmente durante as manhãs, vamos pondo a conversa em dia com lamentos e por nada de novo acontecer, a não ser fechar mais um serviço público ou ser aberto um grande negócio e ainda bem que abrem grandes negócios cá na terrinha, pois ao que parece é o único divertimento que vamos tendo nos fins-de-semana, senão a cidade (centro) quase se tornava numa cidade fantasma.
 
Mas nem há como uma boa mesa à moda cá da terrinha e um bom copinho de tinto (só um ou dois, pois os rapazes da BT estão sempre atentos) para que os ânimos da rapaziada levante um bocado e assim, a parte da tarde das Segundas já é menos lamechas e até se contam umas anedotas na zona dos fumadores, enquanto se “esgana” mais um cigarro ou alguém (geralmente político ou tachista) que mereça ir à forca.
.
.
 
Claro que o meu mundo é pequenino e provinciano, mesquinho até, mas mesmo assim, em Chaves, para além da boa mesa, da boa pinga, da história da cidade, do nosso centro histórico, da nossa Top Model, dos bons ares, boas águas quente e frias, boa gente e bons amigos, das montanhas e serras, do rio…de toda esta “qualidade de vida” como dizem, gostava de ter mais um pouco vida na cidade e acontecimentos, eventos… e outros (v)entos que acontecessem ou soprassem a sério.
 
Restam-nos as imagens (mentirosas como já alguém aqui disse) que vamos tendo todos os dias, só é preciso mesmo afinar e seleccionar o olhar, porque tudo isto é real e tudo isto é Chaves.
 
Desde sempre vos disse que as minhas Segundas-Feiras não são lá grande coisa…lamento também por isso.
 
Até amanhã com outro olhar sobre a cidade de Chaves.

5 comentários

Comentar post