Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Olhares sobre a cidade - de Sereademar/Marisol Penas

12.02.08 | Fer.Ribeiro


.

É terça-feira, dia de um olhar diferente sobre a cidade.

 

Como de costume o meu convidado destes olhares é alguém não flaviense que passou por Chaves e registou a cidade em fotografia.

 

Refiro sempre por aqui o curioso que são esses olhares. No caso de hoje um dos registos é da nossa Top Model Ponte Romana. A essa senhora, qualquer fotografo se rende e só não a fotografa quem a não vê. Estranho era ser vista e não fotografada. Por aí, a nossa convidada de hoje cumpriu com o seu olhar de fotógrafo atento.


 

.


.

 

Não sei quem orientou a visita da nossa convidada, mas quem a orientou, orientou-a bem, pois além de Chaves fez visita (que também é obrigatória) a Vidago e, de entre tudo que por lá há, o Palace Hotel e o seu parque, por exemplo, a sua sensibilidade despertou-lhe a disparo da objectiva para o velho e abandonado Hotel de Salus (penso ser este o nome do Hotel). Diga-se que também a mim sempre me despertou aquele velho hotel, a sua localização, o seu abandono, a sua imponência de construção antiga e a sua envolvente, que o envolvem num manto de mistério onde qualquer argumentista arranjaria matéria para um bom filme de deixar os pelos em pé.

 

Com a foto da nossa Top Model, como flaviense sinto-me envaidecido, mas foram as fotos do velho hotel que despertaram em mim o convite de hoje, pois elas transmitem precisamente o espírito que eu sinto quando por lá passo e até a opção pelo preto e branco aprofundam mais esse sentimento.

 

Da minha parte, encantaram-me esta fotos desta Sereia do Mar.

.


 

.

 

Sereademar é o nick no flickr da nossa convidada de hoje mas Chama-se Marisol Penas e vive aqui (quase ao lado) na Galiza, em Vilagarcía de Arousa.

 

A nossa Sereademar (Sereia do Mar) ou Marisol  (Mar e Sol) como preferirem, esteve de visita a Chaves em Março de 2002 e acompanhava o seu “mozo” que integrava um grupo de artistas de Vilagarcía de Arousa que expunham então em Chaves. Lamenta-se a Marisol de as fotos serem de má resolução da época dos 2 megapixels e, não terem a qualidade dos tempos de hoje. Mas lamentável mesmo seria não ter levado consigo estas fotos que hoje posso aqui partilhar.

 

Como a Marisol diz “A min gústame moito Porrtugal e sempre que podo fago unha escapado por ahí” pode ser que nos brinde com mais uma visita e nos brinde também como novas fotos destes pormenores que de tão habituados que estamos a eles, nos passam despercebidos.

 

Pela minha parte foi um gosto ter por aqui a Sereademar do flickr ou a Marisol de Vilagarcía de Arousa para a qual deixo também “un saúdo” e alguns “bicos” além de um obrigado por me ilustrar o post de hoje. "Grazas e un saudinho!"

 

Seria injusto ficar por aqui e não deixar um link para a sua galeria de fotos no flickr, onde esta fotógrafa demonstra bem a sua arte de fotografar e a sua sensibilidade para a fotografia. Vale a pena uma visita às suas fotos, basta um click  aqui para desfrutar um pouco da sua arte.

 

E pela minha parte é tudo. Na próxima terça-feira estamos cá com outro olhar diferente do meu, até lá, terão que me aturar com outros “devaneios”

 

Até amanhã em Chaves.

 

2 comentários

Comentar post