Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Assinaturas de Mestre - Castelo de Chaves - Portugal

18.02.08 | Fer.Ribeiro


.

Então vamos lá a uma segunda-feira de pormenores. Pormenores do Castelo ou da Torre de Menagem de Chaves, se preferirem.

 

Quase sempre quando se visita o Castelo espantamo-nos com a sua imponência e, em como há centenas de anos ergueram pedra a pedra a sua grandeza. Claro que será fácil imaginar quanto esforço e suor humano e também animal está em cada pedra do Castelo.

.


.

 

Muitos já subiram até lá cima e espraiaram as vistas pela velha cidade, pela cidade nova, pelo vale e montanhas. Vistas que valem o esforço de uma subida.

 

Para quem visita Chaves, é impossível de um qualquer ponto da cidade não avistar o Castelo. Nós flavienses convivemos diariamente com ele, de tal maneira, que até pela silhueta o reconhecemos.

.


 

.

 

Reconhecemos-lhe a imponência, grandeza, silhueta e visibilidade. E os pormenores!? – Bem, quanto a pormenores vão-se descobrindo diariamente, às vezes por mero acaso, mas há um pormenor que já não passa despercebido a muitos dos seus visitantes, o pormenor de pequenas gravações em relevo em muitas das pedras e quase sempre surge a mesma pergunta – Qual o significado ou o que são aquelas marcas e gravações!?


 

.


.

 

Também eu me questionei da primeira vez que as vi, e fui repetido a pergunta até que alguém me respondeu.

 

Pois é muito simples e vendo a explicação tal-qual ma venderam a mim. A gravação é a marca do mestre que trabalhou e colocou a pedra no castelo. Mestre que teria a seu cargo um grupo de pedreiros e a sua marca, funcionava como uma assinatura para mais tarde ser pago o seu trabalho. É uma boa explicação e até prova em contrário, é nela que acredito, embora e como sempre, fiquem algumas dúvidas para as quais ainda não tive explicação convincente. Porquê é que nem todas as pedras são marcadas?

 

Tenhamos então estas marcas como a assinatura de mestre do povo que ergueu estes castelos.

 

Mesmo ao lado e por cima até destas assinaturas de mestre, aparecem hoje outras mais recentes e que eu intitulo como assinaturas de estupidez, que além da estupidez de quem as faz, demonstra também uma falta de formação, educação, civismo, ignorância e respeito pela nossa história que tanto orgulha os flavienses. Um acto criminoso e um atentado à nossa história.

.


.

 

Já não há respeito!


Até amanhã, com um olhar diferente do meu sobre a cidade.

1 comentário

Comentar post