Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

O olhar de Ana Costinha sobre a cidade

04.03.08 | Fer.Ribeiro
Foto de Ana Costinha

.

ana.costinha

 

Às Terças já sabem que é dia de um olhar diferente do meu sobre a cidade.

 

Como sempre recorro (e agradeço) ao Flickr para ir de encontro na descoberta dos olhares sobre a nossa cidade. Um olhar, ou olhares, que alguém levou para a posteridade.

 

Olhares que por uma ou outra razão despertaram o apontar da objectiva do seu autor. A luz, um conjunto, um monumento, um momento, a cor e até um sentimento servem para fazer um registo, que têm todo o significado uma cidade, pois é nestes olhares, breves e momentâneos que sejam que a nossa cidade segue viagem na bagagem de alguém que passou por cá, em passeio, de férias, por mero acaso, em visita a familiares, amigos ou à procura do seu passado genealógico.

.


Foto de Ana Costinha

.


 

Como sempre não conheço o autor das fotos. Neste caso a autora. Descobri-a no Flickr, penso que se chama Ana Costinha e pouco mais sei para além de conhecer a sua galeria pública de fotos no flickr, para a qual deixo aqui o link:

 

http://www.flickr.com/photos/26388276@N00/

 

A curiosidade dos seus olhares vêm confirmar aquilo que sempre disse neste blog, ou seja, a Ponte Romana é a nossa Top Model, mas nem por isso é a mais fotografada. O conjunto do casario da Praça do Município e o Castelo, atraem a objectiva de qualquer fotógrafo ou turista. Penso mesmo que o nosso ponto de atracção principal é o Castelo, a caminho dele vão-se descobrindo outras preciosidades. Pena que a Ponte Romana não fique no caminho do Castelo, nem tenha a sua visibilidade para quem chega à cidade e é obrigado a descobri-la por conta própria.

.


Foto de Ana Costinha

.

 

Talvez no castelo, para além da aquisição do bilhete para a visita ao museu militar,  fosse um bom local para instalar um pequeno posto de turismo com a distribuição de um desdobrável ou um panfleto/roteiro digno da nossa cidade, onde se contasse um pouco da nossa história e mostrasse os locais mais importantes e interessantes da nossa cidade, que passariam obrigatoriamente pelas nossas maravilhas, Ponte Romana,  fortes, o que resta das muralhas, igrejas, capelas e com todo o centro histórico e o seu casario como parte integrante de uma dessas maravilhas e, claro, alguns pontos de interesse onde poderia apreciar um pastel de Chaves. Infelizmente já o mesmo não posso dizer do presunto, que embora Chaves tenha a fama de o ter, não há lugares de tradição onde se possa saborear um naco dele (excepção para S.Lourenço, onde o presunto ainda é bom, mesmo que as suas formas sejam alongadas.

 

Até amanhã, com um obrigado à Ana Costinha pela ilustração do post de hoje.

1 comentário

Comentar post