Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Forte de S.Neutel, bonito, mas de Portas fechadas.

24.03.08 | Fer.Ribeiro


.

E cá estamos de regresso à cidade e de regresso também àquilo que de melhor temos. De regresso a uma das nossas maravilhas flavienses e que agora após as recentes obras de restauro e de embelezamento da envolvente exterior, é uma maravilha digna de se ver e de ser apontada como aquilo que vamos tendo de melhor cá pela terrinha.

 

Sem dúvida alguma que o forte merecia estas obras recentes a que foi sujeito e está bonito de cara lavada, talvez por isso no passado Sábado tivesse atraído alguma gente que à passagem pelo local paravam para uma visita, sobretudo espanhóis, pelo menos foi isso que aconteceu durante a minha visita para tomar as fotos que hoje vos deixo aqui.

 

Os meus lamentos de Páscoa do ano passado repetem-se, ou seja, temos tudo que há de bom para “vender” a quem nos visita. Gastronomia boa e farta, monumentos, hospitalidade e até alguma simpatia, história…etc.  O Forte de S.Neutel (a par dos restantes monumentos que temos) é um dos monumentos que atrai e não faltou quem o visitasse, mas apenas por fora, pois as portas do Forte insistem em estar fechadas a quem o quer visitar.

.


.


 

Aliás Chaves é uma cidade fechada ao turismo, que em vez de aproveitar as visitas dos turistas e dos flavienses ausentes que vêm comer o folar à terrinha, lhes fecha as portas dos monumentos e do comércio tradicional, do mesmo cujos comerciantes  tanto se lamentam mas nada fazem por resolver os seus lamentos e que nestes dias em que as visitas a Chaves são adivinhadas, preferem gozar o fim-de-semana e os feriados, a estarem abertos para a cidade e para quem nos visita. Enfim, cada um tem o que merece, e realmente Chaves não merece mais, pois ninguém faz nada por ela e todos vivem conformados. Até eu penso e repenso este blog e se valerá a pena ou, se a cidade merece este meu esforço diário.

 

.

.


Enfim, como a esperança é a última a morrer e eu sou teimoso bastante para continuar por aqui, amanhã cá estarei de novo, mas e só porque ainda sei que há muito flaviense ausente da terrinha que traz Chaves bem aconchegada no coração. Aliás é para vós que este blog é feito.

 

Até amanhã e desculpem os meus lamentos!

1 comentário

Comentar post