Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Chaves, ainda um concelho a preto-e-branco...

24.09.06 | Fer.Ribeiro
nogueira-pb.jpg

Na era do choque tecnológico, das sociedades protectoras dos animais, dos subsídios agrícolas europeus para mecanização e modernização da agricultura e sobre o mais recente asfalto, no concelho de Chaves, ainda há freguesias onde se trabalha a preto-e-branco e onde a batata, recém arrancada da terra à enxada, é transportada em carros de bois …e vamos dando graças a Deus por ainda ir havendo quem as semeie e as colha.

Depois sim, depois de retirada a quota parte do consumo caseiro, por uns trocados que às vezes nem dá para enxotar as moscas aos bois quanto mais para limpar o suor do rosto, começa a batata entrar no mundo colorido, onde o trabalho é a cores e tecnológico onde em segundos se transforma em batata frita dum McDonald’s qualquer a fazer a delícia colorida de um puto a caminho da obesidade ou às quais se apensa um código de barras ininteligível para ser vendido num outro hiper qualquer, isto claro, se o mercado assim o consentir, porque senão, apodrecem aos olhos de quem as trabalhou.

É fácil chegar à conclusão porque é que em muitas aldeias fecham escolas e a população se resume a meia dúzia de pessoas de outros tempos…é que por aqui, os “choques” ainda não são tecnológicos - são preto-e-branco.

Como seria bom que os senhores de Lisboa às vezes também pensassem um bocadinho a preto-e-branco.

A foto embora pareça de arquivo, foi tomada há apenas 7 dias, na montanha, entre duas aldeias da freguesia de Nogueira da Montanha, aqui no concelho de Chaves.

Até amanhã de regresso à cidade, onde também, ainda há muita coisa a preto-e-branco.

4 comentários

Comentar post