Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Hoje foi notícia

16.10.08 | Fer.Ribeiro

 

.

 

Distrito de Vila Real pode vir a ser contemplado com um helicóptero Kamov

 

Ao que A Voz de Chaves conseguiu apurar, a escolha da localização da base de socorro heli-transportada do Norte, ao serviço da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), ainda não foi tomada e o Distrito de Vila Real, devido à sua centralidade, pode “passar a perna” a Braga, que também se assume como um forte candidato.

 

A escolha cabe ao Ministério da Administração Interna e deverá ser feita ainda este mês, mas mesmo que recaía sobre Vila Real o Kamov, pode não ficar na capital de Distrito.

Existem mais dois helicópteros, de marca Kamov, estacionados em permanência nos centros de meios aéreos de Santa Comba Dão, que serve a zona Centro e muitas das vezes também o Norte, e em Loulé, na região Sul.

Este meio funciona com assistência permanente (24 horas por dia) e conta com uma tripulação composta por dois pilotos, um mecânico e um recuperador-salvador.

Em caso de apoio a transporte pré-hospitalar, que tampa polémica tem gerado, principalmente no distrito de Vila Real, que ficou desprotegido, ou transporte de sinistrados e doentes, poderá ser reforçado por um médico e um enfermeiro do INEM (Instituto Nacional de Emergência Média).

 

.

 

.

 

 

Parte da transferência de Geromel retida pelas Finanças

 

O Desportivo de Chaves já recebeu do Vitória de Guimarães a primeira tranche relativa à transferência de Pedro Geromel para os alemães do Colónia. Recorde-se que a equipa alemã pagou € 3.500.000 por 75% do passe, pelo que os flavienses ainda dispõem de uma percentagem numa futura transferência do atleta.

 

Aos cofres flavienses chegaram sensivelmente € 100.000, dado que a restante quantia, aproximadamente, € 300.000 ficou retida pelas finanças para liquidação de impostos em divida. Alias, este era uma das situações que a actual Direcção pretendia resolver com a verba em questão.

Recorde-se que Geromel veio com destino ao Futebol Clube do Porto, mas acabou por ser dispensado, tendo então entrado em acção o seu familiar Joaquim Carneiro que, em boa hora, o trouxe para o Desportivo de Chaves. Depois o percurso do atleta é conhecido, culminando com um dos maiores negócios do clube.

Desde o início da temporada no Colónia, equipa onde actua o Português Petit, o defesa central cedo se impôs na equipa e começou a dar nas vistas. De tal forma, que se fala na possibilidade do brasileiro ser transferido na reabertura do mercado para o gigante Bayern de Munique, naquilo que poderá representar mais um encaixe financeiro para os cofres flavienses. 

 

 

 

Notícias a desenvolver na próxima edição do Semanário “A Voz de Chaves – O Jornal do Alto-Tâmega”