Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

AS BACALHEIRAS

18.02.09 | Fer.Ribeiro

 

.

 

Texto de TUPAMARO

 

A Televisão noticiou (mais) uma inventona a dar cabo do que mais de retinto há na NOSSA TERRA.

 

Já não basta a xico-esperteza de «porqueiros» a insistir com os nossos autênticos   CEVADORES de recos para comprarem, lá pela altura da Matança do Reco, um ou dois porquitos da pocilga e com eles acrescentarem uns kilitos ao FUMEIRO que vão levar para as “FEIRAS DO FUMEIRO”; já não basta a aldrabice do “PRESUNTO DE CHAVES” importado de Espanha; já não basta a carne de porco embalada em rótulos a dizer «Tipo caseiro» ou a sugerir pureza artesanal com a inscrição do nome de uma qualquer vila ou cidade Transmontana, e aparecem agora, com um ar de grande virtude purificadora da CRISE, os inventores das «Alheiras de Bacalhau»!

 

Que merdosa piada de xico’sperteza!

 

Só (lhes) falta pegar e encomendar  pernis traseiros de cão chinês, pô-los ao fumo propó(â)nico aí numa Lareira Industrial qualquer, de preferência em Mirandela, e comercializá-los como “””PRESUNTO DE CHAVES”””, (de CHAVES, BOTICAS E MONTALEGRE)!

 

E o que estão a dizer a isto  - “ALHEIRAS DE BACALHAU”?! - os senhores Confrades dos Fumeiros de Montalegre, de Boticas e de Vinhais?

 

Já agora, combata-se a CRISE fabricando salpicão de carne de GATO; linguiça de azeitonas; chouriças de leitugas, moliço e carne de gaivota; e Orelheira fumada de Burro!

E que todos esses impostores e falsários das coisas RETINTAS transmontanas se fartem  com TODOS OS «RIJÕES DA PALHA»!!!!!!

“ÒMÈSTA”!

 

Tupamaro

 

3 comentários

Comentar post