Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Mosaico da Freguesia de Bustelo

28.02.09 | Fer.Ribeiro

 

.

 

Localização:

A 6 km do centro de Chaves, situa-se a Norte da cidade, entre o Grande Vale de Chaves e as primeiras elevações barrosãs.

 

Confrontações:

Confronta com as freguesias de Ervededo, Outeiro Seco, Santa Cruz/Trindade, Sanjurge e toca em apenas um ponto da freguesia de Calvão.

 

Coordenadas: (Largo de entrada - Capela)

41º 47’ 11.02”N

7º 29’ 26.94”W

 

Altitude:

Variável – Na aldeia é entre os  445 e os 480m

 

Orago da freguesia:

Santa Maria Madalena

 

Área:

9,34 km2.

 

Acessos (a partir de Chaves):

– Estrada Municipal 507

 

.

 

.

 

 

Aldeias da freguesia:

            - Bustelo é a única aldeia da freguesia

 

População Residente:

            Em 1900 – 530 hab.

            Em 1920 – 490 hab.

Em 1940 – 643 hab.

            Em 1960 – 773 hab.

            Em 1981 – 532 hab.

            Em 2001 – 517 hab.

 

Embora os últimos Censos estejam abaixo dos valores de 1960, a tendência desta freguesia é registar uma subida da sua população residente, tal como acontece com as freguesia de periferia da cidade de Chaves.

 

.


.

 

Principal actividade:

- Agricultura

 

Particularidades e Pontos de Interesse:

Sob o ponto de vista histórico é uma das freguesias interessantes e que sempre tem despertado o estudo dos historiadores, pois trata-se de uma freguesia cujos vestígios arqueológicos dizem ser milenar. No entanto o primeiro documento que faz referência a esta povoação data de 1173. No ano de 1255 já aparecem documentos com referência ao “Couto de Bustelo”. Há também referências históricas à sua localização e importância militar com as suas fortalezas, pelo menos a julgar por carta enviada por D.Afonso IV de Portugal a D.Afonso II de Castela, datada de 1336, na qual se escreve “…sobre as aldeias de Ervededo e de Bustelo com suas pertenças e suas fortalezas…”

 

Apontam como restos senhorias do antigo Couto de Bustelo, a Casa do Paço ainda existente, mas já muito alterada com alguns dos restauros que nela foi levada a efeito ao longo dos tempos, mas mesmo assim, ainda um exemplar digno de ser apreciado dentro das casas senhoriais, onde se destacam alguns vãos arqueados que tudo indica serão seiscentistas.

 

Rica também em património edificado e religioso, como a Igreja Paroquial de Stª Maria Madalena, a Capela do Sr. Dos Aflitos, a casa dos Marqueses de Subserra, o cruzeiro do Sr. do Monte e algumas fontes de mergulho, além de numa das casas mais antigas do seu casco velho, as paredes se encontrarem pintadas com interessante frescos e que já demos conta no post dedicado à freguesia.

.


.

 

A riqueza etnofolclórica local é também digna de registo, com vários penedos relacionados com “Mouros” e “Tesouros”, como o Penedo dos Mouros, Alto de Stª Bárbara, Fraga das Passadas, etc. Há referências ainda a ruínas do grosso muro do Castro que existiu no alto da serra da Bandeira.

 

Quanto ao seu casario tradicional, ainda possui um importante núcleo de casas tradicionais em granito, de salientar algumas reconstruções feitas com gosto, pese embora muitas construções em mau estado. As novas  construções de raiz têm-se desenvolvido na periferia da aldeia, junto à estrada ou em pequenos bairros sem afectar o núcleo histórico da aldeia.

 

 

 

Linck para os posts neste blog dedicados às aldeias da freguesia:

 

            - Bustelo

2 comentários

Comentar post