Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Chaves Rural - Santa Leocádia

20.08.06 | Fer.Ribeiro
leocadia.jpg

Neste “andar” pelas freguesias e aldeias do concelho, Stª Leocádia é ponto de visita obrigatório, nem que fosse e só pela imagem que hoje publico.

Trata-se da Igreja Românica de Stª Leocádia, cuja construção remonta ao Séc. XII e que desde 1996 até 2005 tem vindo a ser sujeita a obras de conservação e restauro, obras que penso estar concluídas. É uma igreja interessante, não só pelas suas características Ramânicas mas também pelo seu belíssimo interior onde inclusive foram descobertas pinturas murais na primeira parte da nave da capela-mor, ainda em estado aceitável de conservação.

A Igreja de Santa Leocádia foi Reitoria e Comenda da Casa de Bragança e pertenceu ao Arcebispado de Braga até à criação da diocese de Vila Real está classificada como Monumento Nacional.

Para quem gosta deste tipo de arquitectura (e mesmo para quem não aprecia), a Igreja de Stª Leocádia é visita obrigatória no roteiro de visitas do concelho.

Stª Leocádia fica a 17 quilómetros de Chaves e o acesso (a partir de Chaves) é feito pela E.N. 314. Segundo o Censos de 2001 a população residente da freguesia é de 419 indivíduos. Pertencem à freguesia as aldeias de Adães, Carregal, Fornelos, Matosinhos, Santa Ovaia e Vale do Galo. A freguesia faz fronteira com as freguesias de Moreiras, Loivos e Póvoa de Agrações e ainda com o concelho de Valpaços. É uma freguesia que se desenvolve em plena montanha e planaltos, tendo a agricultura e a floresta como principal fonte de receita e trabalho. Terra de boa castanha e de bom mel vão fazendo a “riqueza” possível da freguesia. Freguesia com população envelhecida e muitos emigrantes.

E por hoje é tudo. Se ainda não conhece a freguesia, aproveite uma manhã ou tarde de fim-de-semana e vá até lá. Quanto a nós, amanhã cá estaremos de novo, de regresso à cidade.

Até amanhã.

2 comentários

Comentar post