Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

Discursos Sobre a Cidade - Louvor de Nadir Afonso - Por JCB

 

.

 

Louvor de Nadir Afonso

 

poema de José Carlos Barros

 

http://casa-de-cacela.blogspot.com

 

 

Nunca haveremos de esquecer o fascínio

das contas de madeira do ábaco da escola

furadas para correr em prumos metálicos horizontais:

era um pequeno ábaco e provavelmente

uma parte do mundo seria decifrada

movendo-as com recurso

às técnicas de análise combinatória.

 

 

Todos os mistérios do universo se escondem

por detrás da matemática. Jorge Luis Borges

há muito nos ensinou que é possível  escrever o D. Quixote

recorrendo a uma parte insignificante das

combinações possíveis das letras do alfabeto:

o Deus dos evangelhos não O é senão

de conhecer o segredo de mover de uma só vez

as contas todas do infinito ábaco da orbe.

 

 

Assim uma árvore existe além dos ramos e das folhas

crescendo nas tardes quentes de Julho

por ter na geometria inscritas as suas pretéritas formas.

Há uma regra anterior ao crescimento do tronco

das alvíssimas bétulas de Segirei

ou dos freixos das margens do Tâmega:

apenas a essa regra e ao seu domínio subtil

responde o erguer desses cilindros perfeitos

contra o olhar e a cultura e os coincidentes erros de percepção.

 

 

Era no tempo do Liceu de Chaves e pela primeira vez

nos perturbava a ideia de que a Arte

revertia da compreensão de fórmulas

intemporais. Sabemos hoje que a natureza e a paisagem

procuram ainda na geometria as suas próprias leis

e que o fascínio da raiz do codesso

vem de compreendermos que antes da luz e dos sais minerais

que antes do colo e da coifa

um quadrado ou um círculo se inscrevem por dentro dos seus nomes

pelo lado mais intangível e íntimo e profundo.

 

 

´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:05
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De blogdaruanove a 17 de Abril de 2009 às 08:28
Imagino o sorriso de contentamento do Nadir ao saber que há poemas que não o desmerecem!


De luis a 17 de Abril de 2009 às 18:10
O Nadir é um grande. Tem um sentido de humor e uma simlpicidade, imbatíveis.
Acho piada quando ele diz que não percebe nada daquele palavreado que os críticos usam para descrever a sua pintura, que ele não sabia que aquelas coisas todas estavam na sua pintura!
Acho que ele tem razão em dizer que a arte não pode ser descrita por palavras.
Sim, a matemática, a geometria, é aquilo que descreve perfeitamente a arte. Basta pensar que um cd não passa de um conjunto de zeros e uns. Qualquer objeto é um conjunto de átomos, que podem ser descritos matemáticamente.
O que não quer dizer que não possa haver grande arte em que as linhas tenham que ser perfeitas, como as do Nadir...

Bom poema! Já me esquecia dele!


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


22
27
28

29
30


.pesquisar

 
blogs SAPO
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Blog Chaves faz hoje 13 a...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. A Pertinácia da Informaçã...

. Cidade de Chaves - Um olh...

. Ocasionais - O Museu de F...

. 25 de Abril - Sempre!

. Crónicas de Assim Dizer -...

. Cidade de Chaves - Um olh...

. Chaves D´Aurora

. De regresso à cidade

. Quem conta um ponto...

. Nogueira da Montanha - Ch...

. Pedra de Toque

. Cinco dias cinco postas

. O meu ensaio sobre a cegu...

. Ocasionais

. Cinco dias cinco postas

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites