Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

27
Abr09

Chaves e o Condestável D. Nuno Álvares Pereira - São Nuno de Santa Maria

.

 

Nuno Álvares Pereira ou simplesmente Nun´Álvares também conhecido por Santo Condestável e desde ontem (26 de Abril) São Nuno de Santa Maria.

 

D. Nuno Álvares Pereira nasceu em 24 de Junho de 1360 em Cernache do Bonjardim, Sertã, e faleceu em 1 de Novembro de 1431, era um dos 26 filhos do prior do Crato, D. Álvaro Gonçalves Pereira e de D.Iria Gonçalves Carvalhal.

 

Com a morte do Rei D. Fernando, sem herdeiros para além de D.Beatriz que estava casada com o Rei D.João I de Castela,  Nuno Álvares Pereira foi um dos primeiros nobres a apoiar D. João o Mestre de Avis à sucessão da coroa portuguesa e assim garantir a nossa independência em vez de ser perdida para os castelhanos. Castelhanos que D. Nuno Álvares Pereira vence na batalha dos Atoleiros em 1383, feito que lhe valeu ser nomeado Condestável de Portugal e Conde de Ourém por D.João de Avis que, em 6 de Abril de 1385 viria a ser reconhecido pelas cortes reunidas em Coimbra, como Rei de Portugal.

 

.

.

 

Contudo a grandeza do homem e estratega militar D.Nuno Álvares Pereira só se viria a verificar em pleno com a vitória da batalha de Aljubarrota onde à frente de um pequeno exército de 6000 portugueses e aliados ingleses se impôs contra 30 000 tropas castelhanas, numa batalha que viria a ser decisiva para a consolidação da independência de Portugal. D.Nun`Álvares manter-se-á como condestável do Reino e torna-se conde de Arraiolos e Barcelos.

 

.

.

 

E chegados aqui perguntar-se-ão: Porquê razão é que D. Nuno Álvares Pereira é chamado a este blog dedicado a Chaves e a esta segunda-feira dedicada a ilustres flavienses?

 

- Pois é simples, na sua ascensão no Reino de Portugal, D. Nuno Álvares Pereira tornou-se no homem mais rico do Reino e proprietário de grande parte do seu território, entre as quais as terras de Chaves e da região, mas a sua ligação a esta cidade não terminaria aí, pois do seu casamento com D.Leonor de Alvim, Nun’Álvares teria três filhos, entre os quais D.Beatriz Pereira de Alvim, que por influências do pai se viria a casar com D. Afonso, que se tornaria o I Duque de Bragança, da recém criada Casa de Bragança e que como dote de casamento, D.Beatriz e D. Afonso, recebiam das mãos de D. Nuno Álvares Pereira, as terras e a vila de Chaves, onde o jovem casal viria a fixar residência e sede e, onde teve os seus três filhos. Foi em Chaves que este casal viveu  até à morte de D. Beatriz. Mas para saber mais sobre D. Afonso e a sua ligação a Chaves, nem há como ir até ao post que lhe dediquei em Dezembro passado aqui: http://chaves.blogs.sapo.pt/342269.html

 

.

D. Afonso, I Duque de Bragança e genro de D.Nuno Ávares Pereira, São Nuno de Stª Maria

.

 

Explicada que está a ligação de D. Nuno Álvares Pereira a Chaves, vamos terminar esta pequena homenagem que o blog Chaves também lhe presta trazendo aqui a sua vida religiosa e desde ontem Santo, o São Nuno de Santa Maria, canonizado (26 de Abril de 2009) no Vaticano pelo Papa Bento XVI,  depois de ter sido em 23 de Janeiro de 1918 beatificado pelo papa Bento XV.

 

.

.

 

Depois da morte de sua mulher e cansado das honras deste mundo, distribuiu os seus numerosos bens (note-se que era na altura o nobre mais rico de Portugal) por cavaleiros, escudeiros e criadas da sua casa e pelos pobres de Lisboa. Deu tudo. Ouro, prata, armas, jóias, roupas, pão, azeite, dinheiro e rendas. As terras repartiu-as pelos seus três netos (todos flavienses) D. Isabel, D.Afonso e D.Fernando, para após, despido de todos os bens, Nun’Álvares (em 1423) tornar-se carmelita, no Convento do Carmo, que ele próprio fundara, agora como pobre e penitente. Tomou o nome de Irmão Nuno de Santa Maria e aí permaneceu até à morte. São-lhe atribuídos inúmeros milagres pelos quais viria a ser beatificado e ontem canonizado como santo, um dos mais queridos da história de Portugal e já há muito considerado pela população como um santo.

 

.

.

 

Também “Chaves” que tanto gosta de erguer monumentos e muros a gente cujos feitos por Chaves são duvidosos e em rotundas erguer “túmulos” ou Cruzes de gosto e significado também  contestável, talvez numa próxima rotunda ou homenagem se lembre do Condestável  D. Nuno Álvares Pereira, São Nuno de Santa Maria e assim fazer e contribuir mais um pouco para a história de Chaves.

 

 

 

 

3 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Olhares de sempre

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • JM Naturopatia

      Fantástico trabalho de recolha e divulgação de um ...

    • Anónimo

      gostaria muito de um dia poder conhecer. meu pai v...

    • Anónimo

      Não me admiraria se esta fotografia fosse «roubada...

    • Anónimo

      Sou alfacinha de gema, mas gosto de vos ler; olham...

    • Joaquim Ferreira

      Tantos anos passados, tantos sonhos por realizar.Q...