Sábado, 9 de Maio de 2009

Granjinha e Cando em Blog - Chaves - Portugal

 

.

 

.

 

Já algum tempo devia este post, mas sempre chega o dia. Hoje, junto o útil ao agradável, ou seja, trago aqui não uma mas duas aldeias e o respectivo blog, um novo blog das nossas aldeias para juntar à blogosfera flaviense, o blog da Granjinha e do Cando, o Granjinha/Cando, ainda no seu início, mas que promete ser uma voz activa na defesa de duas aldeias, mesmo aqui a beijar a cidade, mas também tão esquecidas, principalmente a Granjinha, já um pequeno tesouro, mas que o seria muito mais se os tesouros que por lá existem fossem “explorados”.

 

.

 

.

 

De facto a Granjinha tem lá aquela que é a mais antiga Capela do Românico na região, uma pequena mas belíssima capela que tal como a Granjinha, também há muito está esquecida. Existe, mas é como se não existisse e apenas vai fazendo as delícias de quem a conhece ou de quem a procura, porque a tem como referência, por ser especialista ou interessado no Românico, fora estes interessados, só por mero acaso será descoberta e que a descobrir, pela certa que ficará encantado com a descoberta, mas também desencantado com o seu esquecimento, porque há muito que a capela e a pouca população chama a atenção das suas carências, mas a capela continua como sempre, carente e a população até é a que tem a culpa, precisamente por ser pouca e nada contar para quem decide, porque já se sabe que nestas coisas de carências, também se contam o número de cabeças com direito a voto, e neste campo, a Granjinha, não vale nada.

 

.

 

.

 

E enquanto os “tesouros” como a Granjinha, mesmo com uma belíssima Capela do Românico, também ela um tesouro de interesse público, continuar a ser olhada pelo número de votos de políticas feitas a 4 anos, continuará como até aqui, esquecida, porque não entra nem conta em contabilizações políticas.

 

Mas o maior tesouro da Granjinha até, talvez, nem seja a sua Capela Românica, mas todo um tesouro que existe enterrado e há muito a pedir para ser posto à luz, pois todos sabem (quem deve saber), que por ali existiu uma pequena mas interessante “vila” romana. Testemunhos disso não faltam e alguns até estão no Museu Municipal, mas tudo continua como se nada por lá existisse.

 

.

 

.

 

O blog Granjinha/Cando promete não deixar estes interesses esquecidos e ser mais uma voz de protesto em prol da terra esquecida, porque os poucos que por lá vivem ou estão ligados a estas aldeias, vivem (n)um tesouro, mas vivem-no revoltados por se saberem esquecidos.

 

Mas toda a freguesia de Valdanta começa a ter uma voz activa, precisamente com os seus blogues, de gente que além de dar a conhecer a freguesia e a levar aos ausentes, também não cala os seus problemas e o traz a público, quem sabe, na esperança de que alguém tenha vergonha e deixar tanto tesouro histórico e arqueológico esquecido, e algum dele nem protegido está.

 

.

 

.

 

Pois ao Blog de Valdanta, ao Blogue de Vale de Anta, ao Blog da Lai-Lai, temos que acrescentar o Blogue do A.Cruz, um velho conhecido e amigo da blogosfera flaviense, o blog Granjinha/Cando que poderá visitar aqui:

 

http://granjinha_cando.blogs.sapo.pt/

 

Para já, no seu início a merecer uma visita, mas estou certo que crescerá e merecerá outras visitas futuras.

 

Um abraço para o amigo da blogosfera flaviense A.Cruz e um bem haja por meter mais duas das nossas aldeias (Granjinha e Cando) na rede da INTERNET. Agora para a freguesia fazer o pleno, só falta mesmo a Abobeleira ter um blog.

 

Até amanhã, com mais vida rural.

´
publicado por Fer.Ribeiro às 02:29
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De J. Pereira a 9 de Maio de 2009 às 10:43
Pois é Fernando, por 1 voto se ganha e por 1 voto se perdem eleições e será bom que os políticos comecem a pensar em todos os eleitores.
Da Abobeleira falta qualquer coisa que incentive alguém a começar. Eu sempre estranhei que que nos comentários do Blog de Valdanta aparecesse apenas um comentador que eu saiba ser de lá que é o Carlos Adão. Sei que há gente que muito capaz e que poderia dar uma "ajudinha".
Ao A. Cruz desejo que a sua luta seja coroada de sucesso.


De Granjinha/Cando a 9 de Maio de 2009 às 12:12
Não sei se comece por agradecer ao F.Ribeiro, o carinho que tem pela freguesia de Vale de Anta e em especial pelo encanto que a Granjinha lhe causa, se elogiar os seus "retratos" dignos de qualquer exposição ou o retrato fiel que descreve neste texto!

Quanto ao Blog, Granjinha Cando , ainda terá muito para andar até conseguir pôr-se de pé, para já anda só a gatinhar...
Agradecendo mais uma vez o destaque, penso que imerecido, dou só mais uma achega ao texto do F.Ribeiro.

A Granginha (núcleo), porque presentemente já se estende até ao Cando , Bairro dos Gafos, fraldas do Alto da Forca, Veiga da Granja em direcção a Vale de Anta, pelo peso politico que tem tido até hoje (votos), as obras feitas, pavimentação, água e principalmente a estrada, foram conseguidas, pela pressão feita sempre pela "Porta do Cavalo", fora da Junta de freguesia...Não me lembro até hoje promessas de Junta de Freguesia, que tenham sido cumpridas!
Lá virá o dia espero...
Até porque o "lugar" nunca teve assento na "Junta de Freguesia" de tão insignificante, lá vai um representante para a Assembleia de Freguesia e é quando vai!
E como aparentemente os candidatos a presidente não precisam dos votos do "buraquito", depois de eleitos fazem orelhas moucas a quem apenas diz que se cumpra o "programa " e aqui ambas as "cores" que têm gerido a freguesia estão empatadas...
E como quem manda é a Junta, está muito bem mandado...

Um Abraço de gratidão, para o F.Ribeiro , também ele um "tesouro" da Granjinha!


De Lai Cruz a 9 de Maio de 2009 às 19:38
Fico contente que o A. Cruz tenha criado este blog para divulgar estas duas lindas aldeias (Granjinha e Cando) que fazem parte da freguesia de Valdanta.

Acabei de publicar um tesouro da Granjinha, no meu blog... (irmão do A. Cruz)

Um abraço para o amigo A. Cruz


De Anónimo a 31 de Maio de 2009 às 23:41
Dou os meus parabéns ao autor deste blog, uma vez que enquanto cidadão se preocupa com o património cultural da sua terra. A capela de Santa Comba da Granjinha é sem dúvida uma relíquia da arquitectura religiosa românica, que data muito provavelmente do século VIII depois de Cristo. Comungo as preocupações do autor desde o ano de 1989 e, espero que a Câmara Municipal de Chaves, no ano de 2009, proceda às obras necessárias para a sua conservação. Um abraço de amizade


Comentar post

.Fotos Fer.Ribeiro - Flickr

frproart's most interesting photos on Flickriver

.meu mail: blogchavesolhares@gmail.com

.Abril 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


22
27
28

29
30


.pesquisar

 
blogs SAPO
ouvir-radioClique no rádio para sintonizar

 

 

El Tiempo en Chaves

.Facebook

Fernando Ribeiro

Cria o teu cartão de visita Instagram

.subscrever feeds

.favorito

. Blog Chaves faz hoje 13 a...

. Solar da família Montalvã...

.posts recentes

. A Pertinácia da Informaçã...

. Cidade de Chaves - Um olh...

. Ocasionais - O Museu de F...

. 25 de Abril - Sempre!

. Crónicas de Assim Dizer -...

. Cidade de Chaves - Um olh...

. Chaves D´Aurora

. De regresso à cidade

. Quem conta um ponto...

. Nogueira da Montanha - Ch...

. Pedra de Toque

. Cinco dias cinco postas

. O meu ensaio sobre a cegu...

. Ocasionais

. Cinco dias cinco postas

.Blog Chaves no Facebook

.Veja aqui o:

capa-livro-p-blog blog-logo

.Olhares de sempre

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

Add to Technorati Favorites