Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Chaves - Praça de Camões!?

07.08.06 | Fer.Ribeiro
4266-bl.jpg

De novo de regresso à cidade, ao centro do centro histórico, à “Praça Grande” como diriam os nossos vizinhos Galegos. Mas não. É a Praça de Camões, embora sem qualquer lógica. Senão vejamos: Este largo já passou por muitas transformações, principalmente no último Século. Já teve pelourinho, vias de circulação, árvores e só em 1970 é que tomou as actuais características de praça aberta com estátua ao fundo. À volta da praça temos o edifício do Antigo Morgado de Vilar de Perdizes, actuais Paços do Concelho (Câmara) o Edifício do antigo Paço dos Duques de Bragança. A Igreja Matriz, o Antigo Hospital da Misericórdia e a Igreja da Misericórdia. Todos eles monumentos nacionais e que marcam bem a monumentalidade da Praça.

A meu ver, e por muito respeito e admiração que tenha ao senhor, Camões não é para aqui chamado. Então porque raio é que a praça é, Praça de Camões?

Praça do Município, Praça dos Duques de Bragança ou Largo da Igreja Matriz, seriam mais apropriados, acho eu, ainda para mais que são os edifícios que mais marcam a praça.

Das duas - uma ( a meu ver e para estar correcto), ou o senhor da estátua em vez de ser duque, ter uma espada numa mão e um capacete na outra deveria passar a chamar-se Camões e, a ter um livro chamado Lusíadas numa mão e uma pala num olho ou então a praça (consideração pessoal) deveria chamar-se Praça dos Duques de Bragança, uma vez que têm lá o Duque em estátua e o edifício a confrontar com toda a praça. Acho eu, se é que tenho o direito de opinar!

Seja como for e tenha o nome que a praça tiver, continuará a ser o largo da Câmara e uma das praças mais bonitas da cidade de Chaves, embora considere que, a praça, já teve dias melhores.

Os fins-de-semana são assim, como temos muito tempo para pensar, vamos pensando e contestando aquilo que (suponho) se deve contestar por uma razão de direito e sem qualquer outra intenção.

Até amanhã, num qualquer lugar desta cidade de Chaves.

1 comentário

Comentar post