Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

As travessias do Tâmega, em Chaves, Portugal

20.12.09 | Fer.Ribeiro

Um rio é sempre uma bênção da natureza e, tão abençoado é, que lhe desculpamos as fúrias de quando engrandece ou os amuos de quando pára. Mas é sereno e comportado entre margens, que mais gostamos dele.

.

.

E não vale a pena contrariá-lo que ele, se preciso for, descobrindo novos caminhos, seguirá o seu caminho até ao destino final.

.

.

Mas o rio a que ninguém consegue contrariar a liberdade da sua caminhada, é o mesmo que entrava as caminhadas de outras liberdades. Liberdades que se querem sempre sem limites e também por isso, serenamente, o homem, pedra sobre pedra, construiu as travessias da liberdade.

.

.

Pois é, a vida também é assim, colorida ou não, conforme a fizermos e quisermos. Poderá haver mestria ou não no colorir e descolorir das coisas, mas por mais que se tente, não haverá cor que consiga colorir uma vida cinzenta que se perde e oprime entre o preto e o branco sem nunca atingir a sua pureza…