Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

14
Mai10

Discursos Sobre a Cidade - 98 - Por Tupamaro

 

.

 

CONVERSAS   COM   ZEUS”

-IX-

Terrenos e Celestenos


 

Cheirou-lhe a Primavera cá para estas margens atlânticas e Zeus chegou-se a uma das sacadas parecidinhas com as de CHAVES e espreitou a Normandia Tamegana.


Bem, temos de, já, já, reconhecer que Zeus tem bom gosto e que até umas certas Fotografias de um tal Dinis lhe «enchem as medidas».


Íamos a caminho de Samarcanda. Deu conta da nossa passagem. E, como aprendeu bons costumes com os Bichos do Reino Maravilhoso, chamou por nós, e convidou-nos para beber.


Nós até já lhe conhecemos muitas divisões dos seus muitos palácios, palacetes e casas.


Mas não contávamos era ver um rico presunto penduradinho na Adega para onde entrámos.


Zeus é perspicaz e topou aquele tracinho insignificante que se nos escapou com a surpresa.


 

- Este é de CASTELÕES! – atirou-nos sem mais nem quê.


Pega num pichorro, e armado ao pingarelho, vira-se para nós e interroga:


- Branco ou Tinto?

 

- Ai que baile! – pensámos cá com os nossos botões.


Desconversámos, e dissemos:


- Do Silveira, da AGRELA de ERVEDEDO.

 

- Fintaste-me! Desse ainda não o proβei! Mas, já agora, dou-te a penitência de me arranjares um caneco dele, dê lá por onde der!

 

Uf! E Samarcanda ainda tão distante!


Uma comadre de Hera entrou com uma rica sêmea de LEBUÇÃO, dois pães – centeio da CASTANHEIRA, três trigos de quatro cantos de FAIÕES acomodados num tabuleiro feito por um artesão de CARVELA e mostradinhos numa toalha de linho feita e bordada em SOUTELO.


Mal reparámos na comadre  - devia ser prima direita de Afrodite!... –  e já na tampa da tulha «pintavam» mais dois salpicões e três linguiças.


-Ó Zeus, pára lá com isso!


Sabes bem que ….

 

- Bem m’ǿu finto! – interrompeu.


Quero mostrar-te que apesar de tu e toda a gente «andardes» a falar da franqueza transmontana ‘inda nem destes bem conta de quanto vale.


Como «vês e podes ver» ela consola os “terrenos” e regala os “celestenos”.


Chega-te pr’àqui. Afinfa-lhe. Esta Linguiça é de SEGIREI, aquela é de AVELELAS, a outra é de SOUTELINHO. O Salpicão da Língua é do CANDO; o outro é de VILAR DE IZEU.


Chega-lhe! ‘Inda tens muito caminho pela frente!

 

Bem, lá fizemos «o sacrifício» de βotar uma pinga a cada fatia e rodela das proβações.


E vós já saβindes como são estas proβações ….


-Atão. E das cheias?! Que me dizes?  - pergunta-nos Zeus, com ar trocista

 

-Cheias?!


Cheios andamos nós, durante todo o ano, das palermices, idiotices e cretinices dos que, a troco da conversa fiada de zelarem pelo destino da Nossa Terra, nos dão cabo da paciência e da vida  - retorquimos.

 

Pinga daqui, rodela dacoli, carolinho dali, o tempo corria e Zeus falava:


-Bem! É mais que sabido que o vosso «Pinóquio», primeiro Ministro, claro, é um traficante de aldrabices e trampolinices.

É um daqueles reles transmontanos que vos envergonham.


Serve-se das Gentes e do Reino onde nasceu despudoradamente.


Ainda há dias vos mandou p’raí dois lacaiozitos anunciar-vos que quando vos rouba está a dar-vos.


Destroem os Caminhos-de-Ferro, fecham importantes Serviços Públicos, desprezam o Património Histórico e Cultural, constrangem os cidadãos à emigração (qualquer dia, pela aragem que vai por aí, até os empurram para a clandestinidade!), e amaldiçoam a vida dos velhos, dos doentes e dos fracos.


Lalões autárquicos e Deputados e Ministros jagodes a precisarem de uma glossite aguda, a ver se aprendem a dobrar a língua e a mente para mostrarem mais respeito pelas PESSOAS, e muito especialmente pelos que vivem e labutam no seu Reino Torgueano.


Naquele Postal do Blogue “CHAVES”acerca das Barragens está bem patente a sacanice (mais uma!) que querem fazer aos Transmontanos.


A grande porra é que a maioria desses vossos presidentezecos de Câmara se abastardam facilmente e com toda a ligeireza. Claro que contando com a colaboração e o comprometimento da seita de lalõezinhos e palermóides politicastras que se armam ou travestem de Oposição.


É bom de ver que com a abrilada (dizer 25 de Abril é outra conversa!), «a arte de governar os Povos» fundiu-se e confundiu-se com a arte de engrampar, institucionalizou-se  a “Venda da banha da cobra”, entronou-se a hipocrisia.

A golpada, a desfaçatez e a manigância enxotaram os Políticos e multiplicaram os mandingueiros na administração da Coisa Pública.


Endrominado durante tantos séculos, catequisado sob o dogma dum salvador   - seja ele Batistelha, Sebastianeiro, Socratintas ou qualquer outro pantomineiro sempre à espreita   -  o vosso Zé Pagode continua ensosso, convencido que passará pelo buraco da agulha e que as misérias que «grama» são certificados de garantia de entrada no céu dos pardais e de outros animais.


E, regalados da vida, lá pelos claustros ou jardins de Belém e de S. Bento, pelo salão dos Passos Perdidos, e pelas vielas das vaidades municipais, os sevandilhas vão rindo, rindo, e exclamando:


- valentes camelos!!!


Até que um dia alguém lhes acerte o passo!

 

Zeus está-se a «Transmontanizar», lá isso está.


Não só aprecia coisas boas da NOSSA TERRA como as arrecada. E já usa umas palavritas à moda da Normandia Tamegana.

Eram horas de irmos a caminho de Samarcanda.

 

 

Tupamaro

 

 

 


Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

15-anos

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Não morreu, a estória é que começa ao contrário...

    • Anita

      Que máximo

    • Anónimo

      Um picapau muito parecido com um picapau universal...

    • Anónimo

      É isso! Em cada momento do dia e em função das var...

    • Anónimo

      Caro Fernando Ribeiro. Este tamanho de fotografia ...

    FB