Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Chaves Rural - As malhadeiras

09.12.06 | Fer.Ribeiro
malhadeira.jpg

Então vamos lá ao nosso concelho rural e hoje fazemos uma viagem até o seu passado, a imagem sugere-o.

Teria eu aí os meus 5 ou 6 anos quando vi uma malhadeira destas pela primeira. Era uma máquina monstruosa, que fazia muito barulho com grandes correias a circular e muita azáfama à sua volta, mas o mais espantoso era como entrava por cima o “pão” ainda com espiga e depois saía por um lado o grão para sacos de serapilheira e pelo o outro a palha que era imediatamente conduzida para uma meda ou palheiro onde era metodicamente arranjada em circulo. Era um trabalho digno de ser visto e pela aparência também era árduo, mais árduo que pesado, mas sujo e com muita transpiração, e muito pó, sobretudo pó, tanto que dos malhadores só se lhe reconheciam os olhos.

Tempos bonitos que dão para recordar os grupos de ceifeiros ou segadores ambulantes, as cegadas e os seus cantares e depois a malhada. Tempos bonitos, que dão para recordar, mas pela certa tempos também duros que não deixam saudades.

Quanto à malhadeira, está estacionada à entrada de Stª Leocádia, quem sabe se fez lá a sua última malhada. Ainda hoje é uma peça digna de ser vista e só é pena estar por lá a morrer aos poucos. Penso eu que é uma peça interessante e digna de enriquecer um museu rural qualquer e mesmo que não exista, poderia ser inventado e ter por companhia velhos arados de madeira, carros de bois, malhos e tantos outros utensílios e alfaias que durante tantos anos foram companheiros de trabalho árduo do nosso povo e que pagaram os estudos de muitos dos nossos doutores de hoje. Já agora o dito museu também podia ter por lá uns engaços, não vá o pessoal esquecer o que isso é.

Até amanhã, por aí no nosso concelho.

2 comentários

Comentar post