Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Chaves - Rua do Correio Velho

11.04.06 | Fer.Ribeiro
1798-bl.jpg

Ainda há dias se falava aqui da Banda dos Canários. Pois hoje fica a foto da rua e de um bocadinho do edifício onde os Canários tinham a sua sede e a sua casa de espectáculos. Era uma sala pequena mas lindíssima. Foi pena ter-se optado pela demolição em vez da recuperação. Acho, a opinião é minha, que a “politica” teve peso na decisão da não recuperação do espaço, dado o facto de os Canários estarem associados aos partidos de esquerda, ou seja, mais uma vez os interesses políticos falaram mais alto que os interesses culturais da cidade.

Pessoalmente também passei várias vezes por aquela sala no pós 25 de Abril. Primeiro num grupo coral, depois num espectáculo intitulado “poesia e movimento” com poemas de Manuel Alegre e Música de Carlos Paredes espectáculo dirigido pela prof. Fátima Patronilho e por fim com um Rancho Folclórico onde se faziam os ensaios dirigidos pela então minha prof. de Educação Física e flaviense Mizé Guimarães. Era no tempo em que se vivia o espírito da revolução de Abril, em que a “palavra era uma arma”, em que uma ideia era logo transformada em espectáculo com garantia de sala cheia.

Agora a rua. Pela suas características acredito ter sido (a par da Rua Direita) uma das ruas mais importantes da cidade antiga. Foi rua do Correio, dos mencionados Canários, e também de algumas “casas de pasto” que ainda hoje existem. Embora eu pertença ao lado da veiga, conheço esta rua desde miúdo, talvez desde os meus 5 anos de idade, quando eu e a minha mãe íamos de visita a uns antigos vizinhos e amigos (A D. Cármen e o Sr. Carunho) proprietários de uma dessas casas de pasto. Posteriormente a rua teve também lá as sedes dos escuteiros CNE e do FAOJ. Com o passar dos anos a rua foi perdendo a sua importância. No entanto ainda hoje, dada a sua localização, é uma rua pedonal utilizada por muita gente.

3 comentários

Comentar post