Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

04
Mar12

Mosaico da Freguesia de Arcossó - Atualização

 

Continuando então a análise dos resultados do novo CENSOS passamos à freguesia de Arcossó.

 

100 anos na história da humanidade pouco ou nada significam mas na história dos lugares, já tem outro significado e, terras há que há 100 anos atrás não eram nada e hoje afirmam-se no terreno mas o contrário também é verdade.

 

Arcossó, há 100 anos atrás , era uma das freguesias mais habitadas do concelho, e na prática era apenas uma aldeia. Na altura, Vidago estava a dar os primeiros passos, mas quis o destino das riquezas locais ligadas às águas minerais, uma estação de comboios e a moda do termalismo transformar Vidago primeiro numa aldeia com importância e mais tarde numa Vila, chamando a si a sua importância deixando para trás a sua freguesia inicial – Arcossó.

 

 

Em 1920, ainda não existia a freguesia de Vidago, Arcossó tinha 1.572 habitantes residentes. Em 1930 Arcossó só já tinha 688 habitantes residentes, mas a nova freguesia de Vidago, estreava-se nos primeiros CENSOS com 1.256 habitantes.

 

Deixemos os tempos de há 100 anos e vamos para os tempos atuais e para os resultados dos CENSOS de 2011 onde Arcossó não foge à regra da perda de população. Menos 40 habitantes residentes, menos 3 famílias, menos 7 alojamentos e mais 5 edifícios, tendo como relação o ano de 2001.

 

 

Ainda antes de passarmos ao gráfico e aos números comparativos, quero ainda realçar que agricolamente falando, Arcossó ainda é uma terra rica onde graças a um micro clima, tem além de outros produtos, excelentes vinhos. Que fique registado para memória futura que, a levarem a efeito as barragens do Tâmega, grande parte do território de Arcossó ficará submerso além de os estudiosos preverem que a subida das águas irá afetar as  terras de cultivo sobrantes ou não submersas. Será pela certa mais um convite ao abandono ou apenas se limitará a ser uma aldeia dormitório. Vamos esperar para ver as consequências mais ou menos desastrosas de uma barragem que está mais que provado que nenhuns benefícios trará para a região, antes pelo contrário.

 

Vamos então ao gráfico atualizado:

 

 

População Residente:

 

 

Em 1900 – 1 223 hab.

Em 1920 – 1 572 hab.

Em 1940 – 674 hab.

Em 1960 – 771 hab.

Em 1981 – 572 hab.

Em 2001 – 365 hab.

Em 2011 – 325 hab.

 

Nº de famílias por local de residência


Em 2001 – 138 famílias

Em 2011 – 135 famílias

 

Nº de alojamentos


Em 2001 – 277 alojamentos

Em 2011 – 270 alojamentos

 

Nº de edifícios


Em 2001 – 264 alojamentos

Em 2011 – 269 alojamentos

 

 

Link para os posts neste blog dedicados à freguesia:

 

- Arcossó (3.Maio.2008)

 

- Mosaico de Arcossó (14.fev.2009)

 

           

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Olhares de sempre

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Julia, O meu voto vai para a Igreja da Misericordi...

    • Anónimo

      Hoje, dia 12 de Outubro de 2018, acabo de ler este...

    • Anónimo

      https://m.youtube.com/watch?v=glT3deDW0_o

    • Anónimo

      Olá Fábio, Gostava muito de lhe oferecer um livro ...

    • Anónimo

      *Salve 5-OUTº-1143*!“Viva Portugal!”Como não recon...