Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

El Contador do Castelo

12.03.12 | Fer.Ribeiro

 

Já sei que ainda estamos no inverno mas por cá,  a luz e calor dos dias já são de primavera, até as árvores compõem o ambiente mostrando toda a sua graça florida.

 

Uma árvore florida nada tem de especial que mereça um olhar fotográfico, afinal elas cumprem a sua missão anual de florir para reproduzir, é por assim dizer a sua “hora” do sexo, mas também não é por isso que merece o tal olhar. Ele só se justifica mesmo pelo maravilhoso que é a natureza de à hora certa fazer aquilo que tem de ser feito e para nós ser sempre a novidade de parecer ser a vez primeira.

 

 

Pois o discurso poderia ficar por aqui, mas por trás da beleza florida está uma nossa beleza histórica – a nossa Torre de Menagem e o mas não é pela torre mas por não podermos desfrutar de uma das belezas que ela oferece – as vistas que lança sobre a cidade e já vão 1216 dias que estamos privados dessas vistas.

 

Por nós até nem há grande problema, pois já as conhecemos, embora eu até tivesse a promessa de subir ao terraço pelo menos uma vez por ano, mas para quem nos visita e visita o castelo, parte de Chaves mais pobre sem o olhar sobre o centro histórico, sobre a veiga e sobre as montanhas.

 

 

Mas pela certa que no meio de tantos afazeres as telhas do castelo ficaram esquecidas. Pois só para lembrar fica aqui o contador. Não é por nada, mas as árvores já anunciam a primavera e não tarda está aí a época alta das visitas ao castelo e pelos nosso emigrantes que gostam de dar lá um pulinho e dos turistas que o visitam, aquele terraço merece estar aberto.

 

Para hoje ainda a habitual crónica “Quem conta um ponto…) de João Madureira, às 9H00 e mais tarde, às 17H30 as “Intermitências” de Sandra Pereira. Até lá.

 

 

2 comentários

Comentar post