Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

06
Mai12

Tronco - Chaves - Portugal

 

Então vamos lá até mais uma aldeia, daquelas que têm andado por aqui mais ausentes, hoje a aldeia que também é freguesia – Tronco.

 

 

Mas vamos ficar apenas por pormenores aproveitando para trazer também aqui um elogio há muito ausente – o merecido elogio ao fio azul, que como todos sabem, é o melhor. O laranja, embora concorrente, parece-me que não é tão bom.

 

 

Um elogio também à cor e às combinações de cores que às vezes fazem a diferença, pelo menos na alegria, já que, quanto à estética, aí, já é contestada por alguns. Por mim, às vezes gosto, outras vezes nem tanto, mas no presente caso até gosto.

 

 

E por último o pormenor da caixa do correio, com a seta a indicar o buraquinho para o carteiro não se enganar e ver que está mesmo lá. Pois é, tá claro que os carteiros de hoje já não são como os de antigamente e os patrões pelos vistos também não. Hoje, os números, são mais importantes que as pessoas.

 

Então, termino por aqui. Até amanhã ou até mais logo, ainda não sei.

 

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

15-anos

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      E com muita emoção que vejo, revejo e volto a ver ...

    • Anónimo

      Li, pela primeira vez, este magnífico texto do Dr....

    • Anónimo

      Ola sou Judeu e vivi em Chaves muito tempoFrequen...

    • Anónimo

      Olá Luís, gostei do que escreveste , em 2050 esper...

    • Anónimo

      Foi por volta de 1977/78,que o moleiro do moinho q...