Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Chaves - Praça do Município - Frutaria do Helder

07.02.06 | Fer.Ribeiro
1700-bl.jpg

Quando quero boa fruta ou boa hortaliça, de confiança, é aqui que a compro, e publicidade à parte, mas é uma realidade, a fruta é boa e a hortaliça recomenda-se. Vem isto a propósito da notícia da imprensa cá da terra que diz haver 5 grandes superfícies interessadas em abrir portas em Chaves.

Eu sei que contra o poder económico e o comodismo (de quem compra) do comércio das grandes superfícies nada há a fazer, e politicamente sempre há o argumento da criação de empregos, de trazer cá os espanhóis, de isto e daquilo…, mas tenho pena que o comércio familiar e tradicional se vá perdendo e que morram as velhas tradições do comprar, com atendimento personalizado porque quem nos atende, realmente é ou era amigo e nos conhece e conhecia os nossos pais, amigos e vizinhos, tenho pena pelos dois dedos de conversa que vou perder e pelo saber das novidades em primeira mão, pelo estatuto do ser cliente e principalmente do sermos clientes uns dos outros e desta pequena comunidade que envolvia quem vende e quem compra, deste comércio de confiança.

Tenho pena que Chaves continue a ser uma cidade pequena a “aprofilhar” manias das cidades grandes.

O tempo das tabernas e das cadernetas já não há muito que não tem espaço neste espaço onde o dinheiro também já é de plástico e tenho pena. Chamem-me saudosista ou retrógrado, que eu não me importo.

5 comentários

Comentar post