Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

15
Jan13

Semana do Arrabalde - 2

Hoje mais imagens que palavras. Fica um dos atores principais do Largo do Arrabalde desde 1952, ano em que começou a ser construído, e que desde 1958 (conclusão das obras) tem sido o nosso “Palácio da Justiça”. Pouco mais de meio século ao serviço de Chaves e que sem qualquer dúvida tem sido uma imagem de marca do Largo do Arrabalde. Ao que parece, esta imagem de marca, tem os dias contados, primeiro porque no seu antigo largo vai nascer um museu e depois, a marca da justiça também já tem morte anunciada. Com tanta despromoção e saques ditados por Lisboa, não tarda e regressamos à Vila de Chaves. Mas hoje quero privilegiar a imagem, que embora sempre do mesmo, vão-se notando algumas diferenças. Segundo as minhas contas, as imagens podem ser datadas entre 1958 (as duas primeiras) e anos 60, as restantes. A única que chegou até mim datada foi a imagem a cores (com carochas estacionados) em cuja legenda constava “Verão de 1962”.

 

Amanhã há mais Arrabalde. Para hoje ainda vamos ter a habitual crónica quinzenal de Sandra Pereira – Intermitências.








 


Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Olhares de sempre

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Esta loja pertenceu ao meu falecido avo Venâncio (...

    • Anónimo

      De regresso à cidade!!! Frase linda que eu também ...

    • Fer.Ribeiro

      Obrigado!

    • Anónimo

      PARABENS PELO VOSSO TRABALHO

    • Fer.Ribeiro

      Obrigado meu caro AB pela sua companhia nestas via...