Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Chaves - Jardim Público mais uma vez...

27.11.06 | Fer.Ribeiro
5093-bl.jpg

Todos os flavienses têm bons momentos ligados a este jardim.

Já várias vezes o disse neste blog que eu sou do lado de lá do rio, do lado da veiga do lado deste jardim. Por isso conheço-o desde que me lembro de existir e guardo no cantinho das boas memórias o parque infantil dos meus primeiros anos de vida (que existiu mesmo ao lado da casa do Dr. Castro), depois os passeios e traquinices adolescentes à volta do ringue, depois as verbenas com banda no coreto e conjunto no palco onde o Aquae Flaviae (entre outros) brilharam, depois alguns namoros, e nos últimos anos alguns passeios e brincadeiras com os meus filhos, embora lamentem a ausência de um parque infantil. Imagine-se que neste jardim assisti até (em finais de 60) a uma final de etapa da volta a Portugal em bicicleta em que Joaquim Agostinho depois de fazer toda a recta de Outeiro Jusão em primeiro lugar, perdeu a etapa por não ter “atinado” com a entrada do jardim (continuando em frente), enquanto grande número de ciclistas furavam na mesma entrada e continuavam a corrida com a bicicleta às costas até à meta – um caso de polícia, lembro-me, por a mesma não nos deixar fazer a curva humana para a entrada do jardim…… mas recordações, destas e doutras à parte, o que interessa mesmo é o Jardim Público, o mal-tratado ou melhor desprezado e esquecido jardim.

Mas mesmo esquecido e desprezado continua a ser um lugar interessante e a proporcionar bons momentos, nem que sejam (infelizmente) só e apenas fotográficos.

Mas vai entrar em obras e a respeito do assunto repito o que disse no meu post de 20 de Setembro – “O Jardim Público vai entrar em obras de revitalização ou requalificação, ou seja lá do que for. O que é certo é que vai entrar em obras, e só a palavra “obras” assusta. E sobre o assunto nada mais digo, (…) , só espero, sinceramente, vir a ser surpreendido pela positiva.

Se no projecto tiverem sido seguidas à risca o significado das palavras revitalização e requalificação, que trocadas em miúdos significam “dar nova vida a” e “qualificar de novo” ou “melhorar”, pela certa que vou gostar do…ia dizer novo, mas corrijo – pela certa que vou continuar a gostar do Jardim Público de sempre.”

Já agora que falo do jardim público, um pouco de policiamento ao local, também não lhe ficaria mal…

E para terminar um lamento que nada tem a ver com o post de hoje, um lamento de solidariedade para os flavienses que ontem marcaram encontro em Moscavide para ver o desportivo perder por 4 a 1. Resta-me o consolo de saber que a alma flaviense esteve bem representada na assistência com pelo menos três flavienses ausentes… para esquecer, nem há como uma visita à terrinha, que eu prometo os ossos do costume…

Até amanhã, em Chaves outonal, onde a chuva promete engrandecer ou pelo menos engrossar o Tâmega!

7 comentários

Comentar post