Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Flavienses por outras terras

21.09.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Carlos Minga Nesta crónica do espaço “Flavienses por outras terras” vamos percorrer toda a Estrada Nacional 2, de Chaves até Faro, para encontrarmos o Carlos Minga.   Onde nasceu, concretamente?Nasci em Chaves. Nos tempos de estudante, em Chaves, que escolas (...)

Vivências

08.09.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Km 0 Há alguns anos, por altura da Páscoa, fomos com um casal amigo até Madrid. Visitámos a cidade e estivemos, inevitavelmente, na Puerta del Sol, a praça mais movimentada da capital espanhola. Algum tempo depois, em conversa com um colega de trabalho, (...)

Flavienses por outras terras

24.08.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Sérgio Lousada Nesta crónica do espaço “Flavienses por outras terras” vamos até à Ilha da Madeira. Na cidade do Funchal vamos encontrar o Sérgio Lousada.  Nos tempos de estudante, em Chaves, que escolas frequentou?Frequentei a Escola Básica do 1º Ciclo do (...)

Vivências

11.08.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Pensar fora do retângulo A forma como hoje olhamos o mundo já não é a mesma de outros tempos. Durante séculos, nas vilas e aldeias onde vivíamos, tínhamos a visão desafogada dos campos e das montanhas e conseguíamos ver a linha do horizonte, lá longe, onde o (...)

Vivências

14.07.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Tudo isto existe… Um amanhecer que vence a escuridão…Uma flor que desabrocha discretamente…Uma chuva que cai dispersa…Um raio de sol que aquece…Um arco-íris que risca o céu…Uma porta que se entreabre…Uma muralha que se desmorona… Uma mão aberta que (...)

Flavienses por outras terras

22.06.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Elisabete Carvalho Nesta crónica do espaço “Flavienses por outras terras” vamos até à cidade da Maia, nos arredores do Porto, onde vamos encontrar a Elisabete Carvalho.  Onde nasceu, concretamente?Nasci em Valpaços, mas fui viver para Chaves com um ano de idade. 

Vivências

09.06.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Eu agradeço a um professor  Junho de 2012. Está a ser amplamente difundido pelo Facebook, mas acabei por saber, por mero acaso, num pequeno cartaz afixado na porta de um centro de explicações. O movimento chama-se “Eu agradeço a um professor” e um dos seus (...)

Fugas - Por terras do Alto Minho

18.05.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Por terras do Alto Minho  2011. O calendário avança e o período de férias aproxima-se. Em família começamos a pensar no destino: Sul ou Norte? O azul do mar ou o verde da montanha? O marulhar das ondas ou o canto dos pássaros? Venceram o Norte, o verde e o canto (...)

Vivências

12.05.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Recordando o “Força Construtora” O título desta crónica remete-nos para o final da década de 80 e início da década de 90 e para o movimento de grupos de jovens ligados à Igreja que naqueles anos existia na cidade de Chaves.  O grupo “Força Construtora”, (...)

Flavienses por outras terras

27.04.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Sandrina Fernandes Nesta crónica do espaço “Flavienses por outras terras” vamos até à Área Metropolitana do Porto. Em Valongo, designação que resulta da evolução de “Vallis Longus”, ainda perduram importantes vestígios da extração de ouro no tempo (...)

Vivências

14.04.17 | Fer.Ribeiro | comentar
O início de uma nova era?No nosso percurso escolar, nas aulas de História, e desde que tenhamos estado atentos à matéria, aprendemos que o tempo se pode dividir em 5 grandes épocas ou idades: a Pré-História, que abrange o período desde o aparecimento do Homem na (...)

Flavienses por outras terras

23.03.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Filipe Silva Nesta crónica do espaço “Flavienses por outras terras” vamos até ao Sudeste Asiático, mais concretamente até Timor-Leste, uma antiga colónia portuguesa que corresponde à metade oriental da ilha de Timor, no vasto arquipélago indonésio. Em (...)

Vivências

10.03.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Quem nunca...  Quem nunca escreveu o seu nome numa árvore?Quem nunca ficou deslumbrado com a beleza de um pôr-do-sol?Quem nunca ficou preso até de madrugada às páginas de um livro?Quem nunca desenhou corações nos cadernos da escola?Quem nunca deixou uma lágrima (...)

Flavienses por outras terras

23.02.17 | Fer.Ribeiro | comentar
  Marcelino Melo Nesta crónica do espaço “Flavienses por outras terras” vamos até ao centro do país, mais concretamente até Soure, no distrito de Coimbra, um concelho que tem a particularidade de ser territorialmente descontinuado, pois uma das suas freguesias (...)