Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

A Pertinácia da Informação

05.07.18 | Fer.Ribeiro

a pertinacia.png

 

Deixem-me pensar em gomas!

 

De repente parecia que o medo lhe tinha despertado uma força brutal, não estou certa, mas para além de mim e da enfermeira, havia mais um grupo de quatro pessoas, todos empenhados em furar-lhe a veia. Então, começou o reportório de desculpas que tentavam adiar sem sucesso o inevitável, para além do “Ainda não estou preparada!” desta vez saiu-se com:

 

- Espera! Deixa-me pensar em Gomas!

 

- Ora, tu pensa no que quiseres, mas o que tem que ser tem que ser!

 

E, a mim, doeu-me imenso.

 

Quando ficamos com a sensação que temos que ser um pouco carrascos, para levar a bom porto o que deve seguir bem. Talvez o amor nos faça ser, paradoxalmente, mais frios, para termos coragem.

 

De qualquer modo, o que me fez refletir foi a expressão: Deixa-me pensar.  Somos livres de pensar e apenas cada um de nós pode e deve controlar o que pensa.

 

pensanoquequiseres (1).jpg

Fotografia de Lúcia Cunha

 

Ao menos na tua mente que haja paz,

Ao menos na tua mente que haja um jardim

Ao menos na tua mente faz

Florir e colorir tudo o que possas imaginar sem fim

Na tua mente, que seja o que te apraz.

 

Portanto, hoje, deixem-se pensar em gomas ou no que quiserem.

 

Lúcia Pereira da Cunha