Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

04
Jun19

Da Nascente do Rio Tâmega até aos Lagos de Stº Estêvão

1600-tamega-nascente (32)

 

É aqui nesta paisagem que ele nasce, aparentemente seca, mas é terra alagadiça, lá na croa da serra, tão alagadiça é que dá origem a três rios, seguindo cada um a sua vertente da montanha, o nosso Tâmega, o Rio Lima e o Rio Arnoia.

 

1600-nasc-tamega

1600-tamega-nascente (80)

 

Durante umas largas centenas de metros é apenas um carreiro de água, pouco mais que um rego.

 

1600-tamega-nascente (77)

 

Nos primeiros passos, conhece também as suas pequenas, mas primeiras grandes aventuras. Acontece a sua primeira cascata. Cabe na palma de umas mãos, mas não interessa, dá para lhe agitar a jovem adrenalina sem perder a compostura.

 

1600-tamega-nascente (76)

 

Mais à frente espraia-se, e à sua escala forma um grande lago, talvez com três metros de largura, afinal o Rio Tâmega é apenas uma criança acabada de nascer,  e quando ainda se é bebé, há coisas pequenas que parecem enormes.

 

1600-tamega-nascente (48)

1600-tamega-nascente (131)

1600-tamega-nascente (1)

 

Depois lá vai seguindo a sua marcha, sempre a descer, às vezes mais rápido outras vezes mais lento, depende, não dele, mas das terras floridas que atravessa e que o vão perfumando, com um perfume selvagem, certo, flores que misturadas com as suas águas cristalinas podem ser remédios para muitas maleitas, é assim que o povo vai curando as suas, e por fim, sempre por entre paisagens mais ou menos floridas, mais ou menos verdes, atinge o vale, de Laza.

 

1600-tamega-nascente (2)

 

Mas deixa também para trás outras paisagens, à primeira vista até se poderia pensar ser uma pintura de arte contemporânea, mas infelizmente é apenas o que resta de um incêndio que em vez da verdura do pinhal que outrora teve, deixa a nu o ziguezaguear de caminhos por entre terra queimada.

 

1600-tamega-nascente (142)

 

E finalmente o Tâmega encontra a companhia de catraios mais crescidos mas que não lhe roubam o seu nome. O que manda é o que vem de mais longe, mesmo que mais pequenino em tamanho. Em Tamicelas no mesmo ponto, é entalado entre dois afluentes que depois de misturados dão lugar a um Tâmega já mais bem compostinho.

 

1600-tamega-nascente (9)

 

E como se dois não bastassem, mais à frente recebe outro bem maior, mas igualmente nascido ali por perto, mas tudo bem, passará a ser água da sua água, agora já um Tâmega ainda jovem mas muito mais adulto, ainda transparente e cristalino. É aqui que o deixamos para trás, perdemo-lo de vista para mais tarde o atravessarmos em Verin, mas com olhares a darem prioridade à estrada sem reparamos nele.

 

1600-tamega (355)

 

Chegados já a Portugal, ali pelo cruzamento de Stº Estêvão, saímos da estrada em direção aos seus grandes lagos, aqui já é o Sr. Rio Tâmega, bem adulto. Espreitámos para o grande lago, mas depois de o termos visto e acompanhado tão límpido, puro,  transparente e cristalino, a objetiva da máquina recusou-se a fotografá-lo mais e  focou-se apenas nas papoilas e malmequeres da sua margem. Para não estragar a prosa, não a contrariei!

 

Até amanhã!

 

 

4 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

15-anos

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Obg António Roque. Os irmãos são isso mesmo!

    • Anónimo

      Ainda há pessoas que podem dizer e contar a sua fe...

    • Anónimo

      Que bela surpresa. Força Fernando a gente agradece...

    • Ana D.

    • Anónimo

      Caro Fernando Ribeiro,Com um abraço parabéns, com ...

    FB