Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Encontros e desencontros...

06.01.17 | Fer.Ribeiro

1600-(32547)

 

O que mais gosto no casario dos centros históricos das vilas e cidades, os mais antigos, são os desencontros de fachadas e cérceas, telhados e mansardas, num constante desafio ou provocação à geometria do rigor, dos alinhamentos ou das linhas retas ou curvas perfeitas, sem qualquer nexo ou traço comum que una todas as construções. No entanto, parecendo uma contradição, este aparente caos, no seu conjunto apresenta-se como uma geometria surrealista, onde todos os encontros e desencontros fazem parte de uma uniformidade estética perfeita.  É por isso que gosto dos centro históricos, é por isso que um gosto do nosso centro histórico, onde tudo que altere esta harmonia estética, é um puro atentado, condenável como se de um crime se tratasse.