Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

19
Ago20

Moure - Chaves - Portugal

Aldeias do Concelho de Chaves

1600-moure (68)-video

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos hoje esse resumo para a aldeia das Moure.

 

1600-moinhos-moure (5)

1600-moure (38)-video

 

Posts estes cuja finalidade é trazer aqui o vídeo resumo com todas as imagens da aldeia publicadas até hoje no blog, mas que aproveitamos sempre para meter mais algumas imagens que escaparam às anteriores seleções, mas acontece, que estes posts resumo, nalguns casos, em imagem, é mais completo, ou tem mais imagens, que os posts anteriores. É o que acontece hoje com a aldeia de Moure.

 

1600-moure (30-31)-video

1600-moure (34)-1-video

 

Não é que tenhamos dois pesos e duas medidas para tratar e fazermos esta abordagem às aldeias, simplesmente acontece, pois tentamos ser isentos nestas abordagens, aliás nem poderia ser de outra maneira e também não há razões pessoais, em especial, para que fosse doutra maneira, tanto mais que não tenho qualquer ligação a nenhuma delas, quando muito poderia ter alguma ligação às aldeias onde vivo, e disse aldeias porque vivo entre duas aldeias e não sei bem a qual pertenço, mas também estas, hoje em dia, são mais bairros dormitórios da cidade do que propriamente aldeias, exceção para os seus núcleos históricos (os mais antigos) onde vivem, aí sim, os seus habitantes genuínos que podem dizer e afirmar, alto e em bom som – a minha aldeia…mas isto são outras conversas que talvez possam ser abordadas na próxima aldeia de Chaves que estará aqui no próximo sábado.

 

1600-moure (27)-video

1600-moure (15)-video

 

Acontece também que aquando dos posts que dediquei a Moure, apenas tinha ido uma vez à aldeia, precisamente para recolher algumas imagens para lhe dedicar um post. Depois disso, já passei por lá mais algumas vezes, em que aproveitei para tomar mais algumas imagens da aldeia e da sua envolvente, pois da aldeia, por muito esforço que possamos fazer, numa pode dar muitas imagens diferentes, isto porque se trata de uma aldeia pequena cujo núcleo antigo se desenvolve à volta de um largo, e fica-se por aí, à exceção de cerca de uma dezena de casas mais recentes que foram sendo construídas ao longo da estrada de acesso à aldeia e ao rio.

 

1600-moure (10)-video

1600-moure (14)-video

 

E mesmo assim, para enriquecer o espólio fotográfico da aldeia, incluímos imagens da antiga estação dos caminhos de ferro, que embora esteja construída junto à aldeia, tem inscrito na construção o nome da aldeia vizinha de Vilela do Tâmega que fica a 3 quilómetros da estação. Nunca entendi o porquê de tal acontecer, pois a meu ver se a estação está em Moure, deveria adotar o nome desta aldeia, ou quando muito, da aldeia de Bóbeda, que fica a 700 metros da estação. Pela certa foram politiquices da altura, tal como a estação de Loivos que ficava isolada no meio do monte, a mais de 5Km de Loivos e sem estrada de ligação (apenas os ditos caminhos de cabras que ainda hoje só a pé ou num todo terreno é que se consegue lá ir) e que durante anos que eu andei de comboio, este fazia lá sempre paragem, mas nunca vi um único passageiro a entrar ou sair do comboio. Seja como for, hoje em dia tanto faz, pois, o comboio, para justificar o negócio das autoestradas, passou à história, os carris de ferro e estruturas base de madeira foram roubados, idem para as estações e apeadeiros que além de roubarem o pouco que havia foram totalmente vandalizadas. Hoje em alguns troços da antiga linha fizeram ciclovias por onde ninguém circula…

 

1600-moure (6)-video

1600-moure (4)-video

 

A par da estação e antes da linha passar a ciclovia, um dia lembrei-me de fazer o percurso entre Curalha e Moure à procura de um conjunto de casas e moinhos que recordava, por os ver nas minhas viagens de comboio. Já então eram casas em ruinas e suponho que os moinhos também não funcionavam, no entanto sempre aquele conjunto abandonado tinha um certo encanto, nem que fosse pela proximidade do rio e pelo seu isolamento. Fui e lá estavam tal como os recordava, abandonados e em ruínas. Também essas fotografias, que hoje ficam aqui algumas delas, estão arquivadas como sendo pertença de Moure, embora dada a proximidade de Bóbeda, possam pertencer ou ter pertencido a esta última aldeia. Mas seja como for, já que a estação de Moure tinha o nome de Vilela do Tâmega, estas ruínas junto ao rio bem podem pertencer a Bóbeda mas no meu aquivo pertencem a Moure, e não se discute mais este assunto.

 

1600-moinhos-moure (36)-video

1600-moinhos-moure (26)-video

 

Mas Moure, embora em criança eu identificasse a aldeia como sendo Vilela do Tâmega,  graças às minhas viagens de comboio e à tal inscrição desta última aldeia na estação, já fazia parte do meu imaginário de criança, isto porque a aldeia de Moure tinha honras de uma placa a indicar a aldeia noa Estrada Nacional 2, curiosamente, no local existiam duas placas indicando sentidos contrários, para cima indicava Redial e para baixo Moure e depois, nesse meu imaginário de criança, convenci-me de que a aldeia era de um vizinho meu, que tinha vindo da américa, tudo porque a esse tal vizinho lhe chamavam Manuel Moure… que saudades desses tempos de criança em que no reino da Casa Azul tudo era possível…

 

1600-moinhos-moure (33)

1600-moinhos-moure (11)

 

Pois para compensar, hoje, neste post, a aldeia de moure tem 17 imagens, mais que todas as imagens que publiquei até hoje nos posts anteriores que lhe dediquei. Aliás não aconteceu só com Moure, já houve outras aldeias em que aconteceu o mesmo, daí que esta nova ronda que estamos a fazer com o vídeo das aldeias, sirva também para fazer alguma justiça  aquelas aldeias em que fomos parcos em imagens.

 

1600-moinhos-moure (10)

1600-moinhos-moure (8)-video

 

E agora sim, o vídeo com todas as imagens da aldeia das Moure que foram publicadas até hoje neste blog, incluindo as deste post. Espero que gostem e para rever aquilo que foi dito sobre Moure ao longo do tempo de existência deste blog, a seguir ao vídeo, ficam links para esses posts.

 

Aqui fica:

 

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Moure:

https://chaves.blogs.sapo.pt/moure-chaves-portugal-1664451

https://chaves.blogs.sapo.pt/moure-uma-aldeia-do-mundo-rural-1083549

https://chaves.blogs.sapo.pt/187776.html

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até ao próximo sábado em que teremos aqui a aldeia de Nantes.

 

 

1 comentário

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Fer.Ribeiro

      Relatório só após a conclusão das obras, ainda a d...

    • Fer.Ribeiro

      Pois não sei, mas posso tentar saber.

    • Anónimo

      O post está muito bom. Já agora aproveito para per...

    • TELMO A.R.RODRIGUES

      Cara amigo Luis Sancho o meu é Telmo Afonso R. Rod...

    • Anónimo

      Parabéns pelo seu trabalho, que é de louvar. Sobre...

    FB