Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Noval - Chaves - Portugal

05.05.18 | Fer.Ribeiro

1600-noval (133)

 

Nesta nova ronda pelas aldeias de Chaves, onde aproveito para trazer aqui alguns olhares que escaparam nas anteriores seleções e seguindo a ordem alfabética, hoje toca a vez a Noval. E ainda bem que o faço hoje, porque se o fizesse quando iniciei o blog, das Nogueirinhas (aldeia do último sábado) teria passado diretamente para Orjais, a próxima aldeia…

 

1600-noval (56)

 

…Acontece que quando iniciei o blog pensava eu que já conhecia bem todo o concelho de Chaves. Se não me engano, pensava na altura que só me faltariam conhecer duas aldeias às quais nunca tinha ido. E embora o topónimo de Noval já não me fosse estranho, por um motivo qualquer eu pensava que era assim uma espécie de arrabaldes de Soutelo onde a floresta seria rainha e senhora, com uma ou duas casas pelo meio, e daí ficar-me sempre por Soutelo.  Como eu estava enganado…

 

1600-noval (38)

 

Não me perguntem como vim a saber que afinal Noval não era nenhum arrabalde, mas mais uma das nossas aldeias, sei, isso recordo bem, que quando descobri ser uma aldeia não descansei enquanto não fui lá, o que aconteceu poucos dias depois, e dei graças pela feliz descoberta, mal comecei a entrar na aldeia, comecei logo a ficar incrédulo com o que via, perguntando-me que raio me tinha acertado na cabeça para ter ousado pensar que Noval era um arrabalde de Soutelo. Rendi-me a Noval e a partir dessa data, de vez em quando vou por lá espreitar para ver se tudo continua dentro dos conformes, aproveitando para recolher e registar mais uns olhares.

 

1600-noval (58)

 

Hoje ficam algumas imagens de algumas passagens por Noval, todas de arquivo, da primeira recolha de 2007, de uma nevada em 2009, de 2013 e 2016. E com certeza que outras ainda passarão por aqui, futuramente, tal como também irei por lá mais vezes, pois por mais vezes que passemos pelos locais, há sempre qualquer coisa de interesse que nos escapa

 

1600-noval (132)

 

Mas fica também um pequeno resumo daquilo que me continua a surpreender cada vez que vou por lá. A entrada é uma delas, hoje aqui identificada com a fotografia da nevada e que surpreende tando de inverno como de verão, outono ou primavera, principalmente pelo túnel que o arvoredo forma e pelo colorido que vai mudando de tom conforma a época do ano, sem falar nas sensações que se sentem ao passar-se por baixo dele, salientando o da frescura de verão.

 

1600-noval (31)

 

Dentro da aldeia, salienta-se o casario tradicional, o traçado das ruas, a capela e casa senhorial ao lado, mas também o passadiço por cima do caminho logo a seguir à capela, também visível na foto da capela, mas encoberto por uma árvore. Entre outros motivos de interesse, podemos até destacar alguns contrastes, como o da última foto onde o milho parece querer competir com as linhas das comunicações, das novas tecnologias e elétricas que, com o exagero e abuso com que nos vão ao bolso, bem as podiam conduzir por valas…