Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Ouviste ó Candidinha!

08.06.17 | Fer.Ribeiro

1600-(39059)

 

Dizem que uma imagem é tudo e cá por mim, nem concordo nem discordo. Pode-o ser ou não, tudo depende da forma de olhar e aí, cada um vê o que quer. Isto não acontece só com as imagens.

 

As imagens de hoje, por exemplo, sugeriram-me meia dúzia de discursos, eu próprio as vejo de forma distinta de cada vez que as observo. Observá-las é entrar nelas e vivê-las e aí começa tudo a complica-se, sobretudo porque temos de tomar decisões, ou seja, optar por… seja lá o que for. Se vivesse sozinho no meio do monte, as coisas seria mais simples, era só eu. Aqui, na cidade, em sociedade, a coisa é mesmo mais complicada, pois há sempre os outros e a decisão que acabamos por tomar, nem sempre é a nossa decisão preferida, ou seja, aquela que tomaria no monte se estivesse sozinho. Chama-se a isto conformismo.

 

1600-(39474)

 

Segundo a definição, o conformismo resulta do facto de uma pessoa mudar o seu comportamento ou as suas atitudes por efeito da pressão do grupo. O conformismo é uma forma de interação, um processo de influência inerente ao funcionamento dos grupos. Estes são regidos por normas aceites pelos seus membros que devem ser cumpridas por eles. As razões que levam as pessoas a conformar-se são as mesmas que as levam a fazer parte de grupos: a necessidade de ser aceite e de interagir com os outros.

 

E que acertadas seriam as definições se as coisas fossem realmente como são definidas, mas todos sabemos que não é assim e como o bicho homem é hipócrita, mas como hoje não tenho tempo para me por aqui a discursar, conformo-me e fico por aqui. Até amanhã, ouviste ó Candidinha!? (1)

 

1600-(39489)

 

(1)– Conta-se por aí que o “Fanhonha”, um DJ da cidade dos antigos bailes com discos pedidos que a certa altura do baile fez a seguinte dedicatória “ O disco que se segue é dedicado à menina que está sentada no muro com o vestido às bolinhas”. Como a menina não reagiu à dedicatória, o “Fanhonha” volta à fala: “ Repito, o disco que se segue  é dedicado à menina que está sentada no muro com o vestido às bolinhas, OUVISTE Ó CANDIDINHA!?”

 

 

 

Guardar

Guardar

1 comentário

Comentar post