Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Pecados e picardias

24.04.16 | Fer.Ribeiro

pecados e picardias copy

 

Pecados e picardias

 

Querido 25 de abril

Escrevo-te do dia 24 de 2016 e tesa como sempre, confesso agora um pouco menos, sem lamechices, vou festejar-te logo na Quinta da Cera em Chaves num jantar organizado pelo PS e amanhã no teu dia na adega do Faustino, organizado por todos e por ninguém, para quem queira aparecer a partir das 13h num almoço de confraternização do dia da liberdade, na modalidade de cada um paga o que pede, e cada um pode desejar-se e desejar-nos um bom dia com a presença per si, ou ainda se quiser um cumprimento breve em discurso de prosa ou prosa poética…

 

Continuo a admirar-te e a louvar-te assim como a quem te concebeu embrião e feto até ao teu nascer, hoje orgulho-me de como tantos outros promover o teu renascer a cada momento na solidariedade e no respeito por todos até dos que vivem nas capitais e que nos querem sonegar alguns dos nossos direitos ou então remeter-nos para 2º plano.

 

Desejo-te um dia feliz, por mim o meu eterno obrigado.

 

Prometo cuidar-te na saúde e na doença.

 

25 De Abris por se dar…

 

“Talvez tenhas razão, mas a verdade é que as mulheres são cada vez mais sacrificadas  para muitas a liberdade partidária tem sido castradora ao longo dos anos, trabalham nos seus empregos e chegam a casa a função doméstica é do seu encargo, os filhos são do seu encargo o cuidar da família é do seu encargo e o suposto sexo forte ainda é felicitado se ajuda quando a sua obrigação é a divisão equitativa das tarefas que deveria existir por inerência…” Isabel seixas in conversas

 

“Não posso concordar, grande homem, é o marido que relativizou uma qualquer relação corporal sem consequências… Pensa bem , concetualizar fidelidade através de uma proibição social convencionada e ordenar um veredito de encerramento de relação só porque o grupinho de amigos criticam , aliás amigos que o fazem por rotina e querem ser felicitados, oh por favor…

 

Aliás a maioria das vezes fico sem saber se há fidelidade, ou se houve foi falta ou ausência de  oportunidade…

Ohhhhhhhhhhh…

E tu que tal, como vai a satisfação corporal? Há cor?

Oh se há, finalmente entendo os homens, paga-se mas exige-se qualidade e o sigilo é total…

A sério?!!!!!!!!!!!!!!!..., Credo…Dá que pensar…”

Será que começa a fazer mais sentido o olha mas é pro que eu faço…

Sei lá…O que interessa é andar satisfeita, os bons exemplos são para ser seguidos…

Bons exemplos … De quem?

Isabel seixas in sexo livro de receitas

 

“De modo algum acho todas as comemorações do dia da liberdade bem vindas, só me custa que sejam exclusivas per si, efetivamente o que se tem visto é que quem sai do modelo vigente se sente a mais, sem esperança, sem possibilidade de ser ouvido, as vozes dissonantes têm medos e portanto perde-se o espirito pluralista e libertador, além de que a maioria desiste e não vai por se ter sentido excluído por algo ou alguém, às vezes por si próprio eu sei…”25 De Abris por se dar…

 

As pessoas falam falam mas não vão porque não querem, alguns também se autoexcluem, porque estão sempre à espera que alguém faça as coisas por eles ou lhes dê um tacho…

 

Bem bem, vens?Anda lá, deixa-te de conversas…

 

Até logo ou até amanhã.

 

Isabel Seixas