Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

22
Set18

Quinta do Rebentão - Chaves - Portugal

1600-rebentao (7)

 

Dizia por aqui há duas semanas que esta rubrica dos sábados é dedicada às aldeias, mas que às vezes havia exceções. Disse-o aquando trouxe aqui o Prado, que mais que uma aldeia é um lugar. Como o critério desta nova ronda pelas aldeias tem sido o de as trazer aqui pela sua ordem alfabética, a seguir ao Prado apareceu a Praia de Vidago, que também não é aldeia. Ora lá diz o ditado que “não há uma sem duas,  nem duas sem três”, e a exceção cá  está de novo, com mais um lugar, no caso uma quinta ou ex-quinta que também não é aldeia, mas tem muita coisa — Quinta do Rebentão.

 

1600-rebentao (35)

 

De facto assim é, a antiga quinta deu lugar às piscinas municipais, ao parque de campismo, a um restaurante, um circuito de manutenção e a um parque botânico e zoológico

 

1600-rebentao (154)

1600-rebentao (137)

 

Tanto quanto sei, e eu também não sou exemplo do contrário, os flavienses costumam passar-lhe ao lado, embora eu já lá tivesse ido algumas vezes, aliás já fiz o circuito 3 ou 4 vezes que passa pelo parque botânico e zoológico, já pernoitei uma noite no Parque de Campismos e já fui ao restaurante praí uma dúzia de vezes, só nunca utilizei as piscinas, mas continuo-o a passar-lhe ao lado. Digo isto porque a bem dizer não deveria ser assim, pois o local é agradável e depois de adentrados no circuito de manutenção estamos mesmo em contacto com a montanha e até com a sua vida selvagem (botânica e zoológica) existente naturalmente à margem das outras espécies de cativeiro.

 

1600-rebentao (155)

1600-rebentao (114)

 

Muito bom para levar crianças em passeio e em descoberta da natureza. Eu levei lá as minhas quando eram crianças, apenas uma vez, é certo, mas lamento não as ter levado mais vezes.

 

1600-rebentao (28)

 

É, muitas vezes queixamo-nos ou ouvimos queixas de que por cá não há nada, mas na maioria das vezes até nem é verdade, por cá não faltam coisas às quais dedicar os nossos tempos livres, de puro lazer ou de ócio, passamos-lhes é ao lado, ignorando-as. Tomaram os dos grandes centros/cidades ter muito do que nós temos, somos é uns queixinhas… Claro que não ignoro que até nos faltam algumas coisas, mas enquanto não as temos, podemos usufruir do que temos.

 

1600-rebentao (124).jpg

1600-rebentao (142).jpg

 

Pois recomendo umas visitas à quinta do Rebentão, onde basta percorrer todo o circuito de manutenção e teremos contacto com tudo o resto que vai além das piscinas, do parque de campismo ou do restaurante,  que para estes, a clientela já é outra. Uma recomendação que eu próprio seguirei, pois já não vou por lá desde a última vez que lá estive, claro, mas que já foi há dois anos e cinco meses, isto a jugar pela data das últimas fotos lá tomadas. Não se esqueça de levar a máquina fotográfica, pois há sempre motivos interessantes para registar, alguns bem gordinhos...    

 

 

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Olhares de sempre

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Fartei-mede rir quando li a estória do sr.Taveira ...

    • Anónimo

      Julia, O meu voto vai para a Igreja da Misericordi...

    • Anónimo

      Hoje, dia 12 de Outubro de 2018, acabo de ler este...

    • Anónimo

      https://m.youtube.com/watch?v=glT3deDW0_o

    • Anónimo

      Olá Fábio, Gostava muito de lhe oferecer um livro ...