Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

14
Jan21

São Caetano - Chaves - Portugal

1600-s-caetano (51)-video

 

Santuário de São Caetano

 

Hoje estava previsto irmos até a aldeia de São Cornélio, pois assim o ditava a ordem alfabética que temos seguido nesta rubrica, no entanto no meu arquivo, antes de São Cornélio, aparece o São Caetano, que embora seja um santuário e não uma aldeia, de vez em quando, temos-lhe disponibilizado este espaço das aldeia de Chaves, daí, penso que também merece ter aqui o seu vídeo resumo com todas as fotografias publicadas até hoje neste blog.

 

1600-S-caetano (208)-video

 

São Caetano que, como santuário, é um lugar de culto e de fé, mas também de reflexão e de estar, independentemente da fé de cada um.

 

1600-s-caetano (65)-video

 

É um lugar onde vou com alguma frequência, precisamente pelo bem estar que o local proporciona, quer de verão onde a abundância de sombras nos refresca o corpo e a alma, quer de inverno onde se sente a natureza semisselvagem a invadir-nos todos os momentos, e já deixo de parte a arte da natureza a pintar com todos os matizes de do verde todo aquele espaço nas primaveras, ou a magia de todas as cores de outono, e sim, com todo este ambiente e bem estar, mesmo sem fé, a reflexão acaba sempre por acontecer.

 

1600-s-caetano (91)-video

1600-S-caetano (204)-video

 

Mas o São Caetano para a cidade de Chaves e região, é muito mais que tudo isto, que vai além da fé, do culto e do cumprir promessas, é um lugar de peregrinação com a tradição de a viagem se cumprir a pé, iniciando-se essas caminhadas a partir do dia 7 de agosto, no dia da morte do Santo e se prolonga até ao domingo mais próximo deste dia, o dia grande das caminhadas que durante toda a tarde de sábado e madrugada de domingo da celebração a estrada de acesso ao santuário é invadida por peregrinos, geralmente em pequenos grupos. Caminhadas que por promessa ou puro entretenimento ou lazer,  se vão repetindo um pouco ao longo de todo o ano.

 

1600-S-caetano (203)-video

1600-s-caetano (164)-video

 

Um lugar que era também de visitas habituais de Miguel Torga, não só pelo santuário e pelo hábito de Torga gostar de beber água de todas as fontes, principalmente às quais são atribuídas características milagrosas, mas também pelo cemitério visigótico que existe junto ao santuário, momentos que foi registando por várias vezes no seu diário: “(…) Peregrino anual e céptico, não peço ao orago graças que sei que não pode conceder a um mau romeiro. Bebo-lhe a água gelada da fonte de três bicas, regalo os olhos na paisagem aberta e larga, espreito o cemitério visigótico (…)”.

 

1600-S-caetano (201)-video

1600-s-caetano (145)-video

 

Por uma ou por outra razão ou até sem razão nenhuma, o São Caetano é de visita obrigatória, mas hoje não estamos aqui para falar do Santuário, pois isso já o fomos fazendo nos vários posts que lhe dedicámos ao longo da existência deste blog, posts para os quais fica link no final desta abordagem de hoje, cuja intenção é mesmo deixar aqui o vídeo com todas as imagens aqui publicadas até à presente data.

 

1600-s-caetano (38)-video

 

Claro que aproveitamos esta oportunidade para deixar mais algumas imagens do São Caetano, imagens que escaparam às anteriores seleções ou que entretanto fomos tomando nas nossas passagens por lá, por sinal com alguma frequência, pois fica num dos nossos itinerários preferidos para entrar no Barroso do concelho de Montalegre.

 

E agora sim, o vídeo com todas as imagens. Espero que gostem.

Aqui fica:

 

 

Agora também pode ver este e outros vídeos no MEO KANAL Nº 895 607

 

Post do blog Chaves dedicados ao Santuário do São Caetano:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/sao-caetano-chaves-portugal-1811957

https://chaves.blogs.sapo.pt/660003.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/414108.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/414108.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/199847.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/186179.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/63542.html

 

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até ao próximo sábado em que teremos aqui a aldeia de São Cornélio.

 

 

 

06
Jan21

Santo Estêvão - Chaves - Portugal

Vilas de Chaves

1600-sto-estevao (252)-2-video

 

SANTO ESTÊVÃO

 

Em geral, nesta rubrica, vimos aqui cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, mas hoje, embora com o mesmo objetivo, não é uma aldeia, mas sim uma vila, a vila de Stº Estêvão.

 

1600-sto-estevao (265)-video

1600-sto-estevao (162)-video

 

Outrora Vila Medieval com a importância que a História lhe confere, perdeu esse estatuto com o passar do tempo, mas graças à sua história, Lei nº 28/2005,  atribui-lhe de novo o estatuto de Vila – a Vila de Stº Estêvão, ficando assim o concelho de Chaves, com uma (1) cidade, duas (2) vilas e cento e trinta e duas (132) aldeias.  

 

1600-sto-estevao (159)-video

1600-sto-estevao (146)-video

 

É também uma vila com castelo, um pequeno castelo mesmo no centro da vila, com uma localização muito singular, pois ao contrário da grande maioria dos castelos que se localizam em pontos altos, em geral nos cumes de pequenos montes ou elevações, este está implantado em pleno vale de Chaves, mas pela certa que tinha a proteção dos dois ou três castelos próximos, o de Chaves e Monforte, e às vezes, o de Monterrei, pois este último, no decorrer da sua existência, tanto foi castelo amigo como inimigo, que embora próximo, já pertence à Galiza e como tal ao Reino de Espanha. Mas isto são coisas do passado, pois hoje os castelos, embora mantenham a sua importância na História, militarmente falando, não têm qualquer importância, daí, hoje em dia, ou estão abandonados, esquecidos e degradados ou foram convertidos em pousadas, museus e outros fins.

 

1600-sto-estevao (122)-video

1600-sto-estevao (126)-video

 

Mas hoje não estamos aqui para falarmos de Santo Estêvão, isso, já o fomos fazendo ao longos dos vários posts que lhe dedicamos onde houve até lugar para a poesia. Fica link no final deste post para essas abordagens à Vila de Santo Estêvão.

 

1600-sto-estevao (34)-video

1600-sto-estevao (32)-video

 

Vamos então ao vídeo com todas as imagens da vila, uma vila do vale de Chaves, a caminho da Galiza, ali quase ao lado. Aqui fica, espero que gostem:

 

 

Agora também pode ver este e outros vídeos no MEO KANAL Nº 895 607

 

Post do blog Chaves dedicados à vila de Santo Estêvão:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/da-nascente-do-rio-tamega-ate-aos-lagos-1867408

https://chaves.blogs.sapo.pt/sto-estevao-chaves-portugal-1826169

https://chaves.blogs.sapo.pt/550617.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/439822.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/304765.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/43927.html

 

 

E quanto a aldeias e vilas de Chaves, despedimo-nos até ao próximo sábado em que teremos aqui a aldeia de São Cornélio.

 

19
Dez20

Santa Leocádia - Chaves - Portugal

1600-sta-leocadia (290)-video

 

SANTA LEOCÁDIA

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos hoje esse resumo para a aldeia de Santa Leocádia.

 

1600-sta-leocadia (34)-video

 

Santa Leocádia é mais uma das nossas aldeias que fica no limite do concelho confrontante com o concelho de Valpaços, ali onde a serra da Padrela Termina para começar a serra do Brunheiro, uma das aldeias também servida pela R314 que nos leva até Carrazedo de Montenegro.

 

1600-sta-leocadia (3)-video

 

Santa Leocádia é uma pequena aldeia de montanha  que se divide em dois núcleos bem definidos, um junto a igreja românica, a imagem de marca da aldeia mas também da região, e outro núcleo, aparentemente mais antigo, um pouco abaixo da igreja, mas quase à mesma distância da aldeia vizinha de Adães, ou seja entre os núcleos de Santa Leocádia há cerca de 250m de distância e entre o núcleo mais baixo da aldeia e a aldeia de Adães são pouco mais de 350m. Um bocadinho, mais distante fica a aldeia de Fornelos, em plena R314, a pouco mais que 900m, os mesmos que dista do limite do concelho.

 

1600-sta-leocadia (36)-video

 

Esta proximidade de aldeias é comum em quase todo o concelho, mas principalmente a Sul da cidade de Chaves onde há mais aldeias e menos território, mesmo assim, em todo o concelho, entre aldeias, todas as distâncias são inferiores a 10Km, o que faz uma grande rede de aldeias a rodear a cidade de Chaves, que fica mesmo no centro do concelho.

 

1600-sta-leocadia (343)-video

 

Apenas algumas curiosidades. Mas hoje estamos aqui pelo vídeo que Santa Leocádia ainda não teve, onde vamos deixar todas as imagens da aldeia publicadas até hoje neste blog, incluindo as do post de hoje que escaparam às anteriores seleções. Quanto à aldeia, se quiser saber mais um pouco sobre ela, ficam no final os links para os posts que lhe dedicámos. Mas vamos então ao vídeo, que espero que gostem:

 

Aqui fica:

 

 

 

Agora também pode ver este e outros vídeos no MEO KANAL Nº 895 607

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Santa Leocádia:

https://chaves.blogs.sapo.pt/santa-leocadia-chaves-portugal-1843843

https://chaves.blogs.sapo.pt/924679.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/795857.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/339379.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/305473.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/36692.html

 

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até ao próximo sábado em que teremos aqui a aldeia de Santa Marinha, aliás, até chegarmos à aldeia de São Vicente, vamos andar pelas terras das santas e dos santos, 14 aldeias no total têm como topónimo o nome de santa ou santo.

 

 

16
Dez20

Santa Cruz da Castanheira - Chaves - Portugal

Aldeias do Concelho de Chaves

video-sta-castanheira (88)

 

Santa Cruz da Castanheira

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos hoje esse resumo para a aldeia de Stª Cruz da Castanheira.

 

video-sta-castanheira (33)

video - sta-castanheira (80)

video-sta-castanheira (45)

 

Ainda há dias tivemos aqui a aldeia de Sanfins da Castanheira, uma das aldeias mais próximas de Santa Cruz, que abas têm em comum além da vizinhança o facto de terem Castanheira por apelido, não só por estarem em terras da castanheira mas também para se diferenciarem de outras aldeias com o mesmo topónimo, que no caso de Santa Cruz, são duas as aldeias com este topónimo no concelho de Chaves.

 

video-sta-castanheira (141)

video-sta-castanheira (90)

 

Aquilo que dissemos em Sanfins aplica-se quase na integra a esta aldeia de Santa Cruz, a proximidade entre quase todas as aldeias da freguesia de Sanfins e de Cimo de Vila e a sua localização no limite do concelho de Chaves, embora Santa Cruz até nem seja a mais próxima desse limite, pois para além desta aldeia ainda há a aldeia de Parada, também da mesma freguesia.

 

video-sta-castanheira (133)

video-sta-castanheira (137)

video-sta-castanheira (18)

 

Mas hoje também não estamos aqui para falar sobre esta aldeia, pois isso já o fizemos nos posts que lhe dedicámos anteriormente e para o quais fica link no final deste post. Hoje estamos aqui mesmo pelo vídeo que até hoje não teve.

 

video-sta-castanheira (69)

video-sta-castanheira (72)

video-sta-castanheira (125)

 

Vamos então ao vídeo com todas as imagens da aldeia de Stª Cruz da Castanheira que foram publicadas até hoje neste blog. Espero que gostem.

 

Aqui fica:

 

 

 

Agora também pode ver este e outros vídeos no MEO KANAL Nº 895 607

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Stª Cruz da Castanheira:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/santa-cruz-da-castanheira-chaves-1841408

https://chaves.blogs.sapo.pt/321093.html

 

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até ao próximo sábado em que teremos aqui a aldeia de Santa Leocádia.

 

02
Dez20

Sandamil - Chaves - Portugal

Aldeias de Chaves

1600-sandamil (35)-video

 

Sandamil

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos hoje esse resumo para a aldeia de Sandamil.

 

1600-sandamil (38)-video

sandamil (27)-video

 

Sandamil é uma das aldeias do planalto do Brunheiro, da freguesia de Nogueira da Montanha, uma das maiores freguesias do concelho de Chaves, com 11 aldeias, mas também das que sofre mais com o despovoamento.

 

1600-sandamil (1)-video

1600-sandamil (36)-video

 

Sandamil é assim uma das aldeias de terras altas, a rondar os 830m de altitude, com invernos rigorosos, frios e húmidos, que por cá, principalmente àquela altitude, são de 9 meses, mas pelo menos vai escapando aos 3 meses de inferno que se sentem na veiga, com verões mais suaves.

 

1600-sandamil (62)-video

1600-sandamil (60)-video

 

Para ir até lá, não há nada que enganar, basta apanhar a E314 em direção a Carrazedo de Montenegro, subir toda a Serra do Brunheiro e logo a seguir às bombas de gasolina de France, há um cruzamento, onde deve tomar o desvio da esquerda, logo de seguida apanha uma longa reta no final da qual há outro cruzamento, neste deve desviar à direita. Está tudo bem sinalizado.

 

1600-sandamil (56)-Video

 

Sobre Sandamil já fomos dizendo aquilo que havia a dizer nos posts que lhe dedicámos anteriormente, para os quais fica link no final deste post, hoje estamos aqui pelo seu vídeo que ainda não teve, mas como sempre aproveitámos para deixar mais algumas imagens que escaparam às anteriores seleções. Vamos então ao vídeo, que fica já de seguida. Espero que gostem.

 

Aqui fica:

 

 

 

Agora também pode ver este e outros vídeos no MEO KANAL Nº 895 607

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Sandamil:

https://chaves.blogs.sapo.pt/sandamil-chaves-portugal-1801042

https://chaves.blogs.sapo.pt/350080.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/18883.html

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até ao próximo sábado em que teremos aqui a aldeia de Sanfins da Castanheira.

 

 

 

 

28
Nov20

Samaiões - Chaves - Portugal

Aldeias de Chaves C/Vídeo

1600-samaioes (161)-video

 

SAMAIÕES

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos hoje esse resumo para a aldeia de Samaiões.

 

1600-samaioes (30)-video

1600-samaioes (44)-video

 

Samaiões que foi sede de freguesia até à ultima reorganização administrativa das freguesias e que hoje faz parte da União de freguesias de Madalena e Samaiões, ou seja, deixou de ser uma freguesia de periferia da cidade para hoje entrar nas freguesias urbanas da cidade e mesmo no centro da cidade, ao longo de toda a margem esquerda do rio Tâmega. Samaiões urbana, mas com toda a ruralidade de uma aldeia de montanha, que aliás já é, pois localiza-se em plenas faldas da serra do Brunheiro.

 

1600-samaioes (139)-video

1600-samaioes (21)-video

 

Embora a proximidade da cidade, a aldeia com um tipo de povoamento concentrado à volta da igreja e de um arruamento principal, nos anos do boom de construção, não saiu da sua moldura, isto, penso que se deve ao estar rodeada de terrenos férteis numa espécie de “península” da veiga de Chaves, que termina mesmo onde o casario da aldeia começa.

 

1600-samaioes (99)-video

1600-samaioes (60)-video

 

Embora o que se diz no parágrafo anterior, Samaiões é uma das aldeias que tem todas as condições para continuar como aldeia, com toda a sua integridade de aldeia típica e crescer , ganhando população, pois tem todas as condições para que tal aconteça, com bons acessos à cidade e próxima, a apenas 4km do centro da cidade e com vários acessos à cidade e vice-versa, o que às vezes pode fazer a diferença, com ótimas condições de aldeia dormitório, ou seja, um viver na cidade com a qualidade do campo, que em alturas ou situações como a da pandemia que atualmente atravessamos, aqui sim, faz toda a diferença, não por ter mais defesas quanto a contaminação, mas por, em caso de confinamento, terem em geral um pedaço de terra e ar livre onde podem passar parte dos dias ou usufruir dele quando quiserem, e isto, vale o que vale, mas para quem não o tem, vale muito. Mas íamos dizendo que Samaiões tem condições para crescer, não em direção à veiga, mas em direção oposta, nos caminhos que ligam à N314 e serra do Brunheiro. O tempo nos dirá se assim será ou não.

 

1600-samaioes (16)-video

1600-samaioes (33)-video

 

Mas hoje não estamos aqui para falarmos de Samaiões, isso, já o fomos fazendo ao longos dos vários posts que lhe dedicamos (com link no final). Hoje é mesmo pelo vídeo, mas também, aproveitando esta ocasião, para deixarmos aqui mais algumas imagens que escaparam às anteriores seleções. Ora vamos então ao vídeo, que espero que gostem.

 

Aqui fica:

 

 

 

Agora também pode ver este e outros vídeos no MEO KANAL Nº  895 607

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Samaiões:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/samaioes-chaves-portugal-1798268

https://chaves.blogs.sapo.pt/samaioes-a-ruralidade-versus-1028029

https://chaves.blogs.sapo.pt/814803.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/694253.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/545928.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/245343.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/177166.html

 

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até ao próximo sábado em que subiremos ao planalto do Brunheiro para trazermos  aqui a aldeia de Sandamil.

 

 

 

25
Nov20

Roriz - Chaves - Portugal

Aldeias do Concelho de Chaves

1600-Roriz (51)-video

 

RORIZ

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos hoje esse resumo para a aldeia de Eiras.

 

1600-Roriz (58)-video

1600-Roriz (73)-video

 

Roriz é mais uma das nossas aldeias de montanha…Não sei porque mas insisto em dizer que a aldeia x é uma aldeia de montanha, quando na realidade, à exceção de meia-dúzia de aldeias do concelho de Chaves, todas as restantes são aldeias de montanha, não estivéssemos nós em Trás-os-Montes e entre os montes, onde os vales são escassos e em geral são pequenos vales e reservados para a agricultura, salvo raras exceções, como o nosso vale de Chaves, e a exceção não é só por não ser pequeno, vai também para a agricultura, que embora seja um vale fértil, com regadio, onde dá gosto ver o verde a crescer, seja ele do que for (milho, batatas, trigo, centeio, etc.) também houve tempos em que as casas nasciam e cresciam no vale, diziam que clandestinamente, daí, talvez,  serem invisíveis…não me lembro muito bem que na altura eu ainda era pequeno…

 

1600-Roriz (149)-video

1600-Roriz (78)-video

 

Embora o post de hoje seja para trazermos aqui o vídeo em falta, trazemos também algumas imagens que escaparam às seleções anteriores, aquando dos vários posts que já dedicámos à aldeia. É, Roriz teve mais sorte neste blog do que eu tive com Roriz, não por culpa da aldeia, mas por minha culpa, pois da primeira vez que lá fui em recolha de fotografias, uma avaria na lente da máquina fez com que quase todas as fotografias ficassem desfocadas, numa segunda tentativa, só quando lá cheguei é que dei conta que levava uma teleobjetiva na máquina, em vez da lente normal, não estava avariada, mas dentro duma aldeia pouco podemos fazer com ela. Depois disso, apenas umas passagens ocasionais para outros destinos ou para ver como era o novo acesso à aldeia. Pode ser que na próxima ronda pelas nossas aldeias, tenha mais sorte com Roriz.

 

1600-Roriz (75)-video

1600-Roriz (63)-video

 

Mesmo com os meus azares com Roriz, a aldeia não se pode queixar do blog, pois com este já é o nono post que lhe dedicamos, o que quer dizer que gostámos daquilo que lá vimos e no meio da desgraça das recolhas, ainda houve muita coisa que se aproveitou.

Quanto aos posts que lhe dedicámos, no final deste, têm um link para todos eles.

 

1600-Roriz (60)-video

 

E agora sim, o vídeo com todas as imagens da aldeia de Roriz que foram publicadas até hoje neste blog. Espero que gostem

Aqui fica:

 

 

 

Agora também pode ver este e outros vídeos no MEO KANAL Nº 895 607

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de  Roriz:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/roriz-chaves-portugal-1795378

https://chaves.blogs.sapo.pt/roriz-1395560

https://chaves.blogs.sapo.pt/940003.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/900674.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/811287.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/354522.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/318305.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/210188.html

 

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até ao próximo sábado em que teremos aqui a aldeia de Samaiões.

 

22
Nov20

Ribeira do Pinheiro - Chaves - Portugal

ribeira do pinheiro

 

RIBEIRA DO PINHEIRO

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos hoje esse resumo para a aldeia de Ribeira do Pinheiro.

 

ribeira-avelas (306)-video

1600-ribeira-avelas (497)-video

 

Ribeira do Pinheiro é uma das três aldeias de Chaves que utiliza o topónimo de Ribeira, e estas são vizinhas, e vão sendo implantadas ao longo de uma ribeira, que já aqui explicámos, vai mudando de nome ao longo do seu percurso, conforme a localidade por onde passa. Quando passa em S. Lourenço é ribeira de S. Lourenço, desce um bocado e passa a Ribeira de Sampaio, junto à aldeia com o mesmo nome, depois Ribeira do Pinheiro, a nossa aldeia de hoje, mais abaixo passa a Ribeira das Avelelas e quando entra na veiga até desaguar no Rio Tâmega, junto às poldras, passa a chamar-se Ribeira do Caneiro, passando pelo bairro com o mesmo nome.

 

1600-ribeira do pinh (50)-video

1600-ribeira-avelas (466)-video

 

Esta tríade de aldeias próximas com o mesmo topónimo não é caso único entre nós e na vizinhança, mas em geral estas tríades costuma ter o mesmo topónimo ao qual é acrescido “de baixo”, “do meio” e “de cima”, como no caso de Montalegre com as três Penedas, ou cá em Chaves com o caso das Assureiras ou Três Vilas, mas também se pode dar o caso de juntar outro topónimo como Póvoa ou Pereiro, come acontece com Agrações, Póvoa de Agrações e Pereiro de Agrações, igualmente as três aldeias são seguidas.

 

1600-ribeira-avelas (493)-video

1600-ribeira-avelas (459)-video

 

Continuando com os topónimos, e só a título de curiosidade, os mais populares cá pelo concelho são os topónimos com nomes de santos ou santas, pois temos 15 aldeias no total, sem contar os lugares, santuários, bairros ou ruas, logo seguido dos topónimos iniciados por Vila, que neste caso temos 13.  Quanto as duos, temos vários, como por exemplo duas  casas (Casas Novas e Casas de Monforte), dois outeiros (Outeiro Seco e Outeiro Jusão), duas paradelas (Paradela de Monforte e Paradela de Veiga),  duas searas (Seara e Seara Velha),  duas torres (Torre de Moreiras e Torre de Ervededo), dois vilares (Vilar de Nantes e Vilar de Izeu), duas vilelas (Vilela Seca e Vilela do Tâmega).

 

1600-ribeira-avelas (438)-video

1600-ribeira-avelas (409)-video

1600-ribeira-avelas (377)-video

 

Regressemos à nossa aldeia de hoje que tal como as outras duas ribeiras, são aldeias que embora caibam na definição de aldeia (localidade pequena, de categoria inferior à vila e sem jurisdição própria), não cabe no conceito tradicional que temos delas, como um aglomerado de casas, com capela ou igreja, quase todas com escola (no passado), cemitério, tanques, chafarizes, fornos e outras infraestruturas comunitárias ou públicas, para além, claro, de terem vários apelidos de famílias ligados ou com origem nessa localidade.

 

1600-ribeira-avelas (375)-video

1600-ribeira-avelas (317)-video

1600-ribeira-avelas (252)-video

 

Pois estas três ribeiras saem fora da definição e conceito de aldeia, talvez a mais próxima disso seja a Ribeira das Avelãs, quanto à Ribeira de Sampaio era uma aldeia de moinhos e moleiros, acontecendo o mesmo com a Ribeira do Pinheiro, embora esta, não tenha as habitações junto aos moinhos, como acontecia na Ribeira de Sampaio.

 

1600-ribeira do pinh (83)-video

 

1600-ribeira-avelas (276)-video

 

Ao que sei e oiço dizer, mas não conheço pessoalmente porque ultimamente não tenho ido por lá, existem agora, ao longo da Ribeira do Pinheiro, uns passadiços que tem atraído alguma gente. Também queremos lá ir, um dia, a aí talvez façamos mais algumas fotos do casario e dos seus pormenores, pois para compormos os posts que dedicámos a Ribeira do Pinheiro, tivemos que nos entreter nos rápidos e ruinas dos moinhos da ribeira, nas paisagens dos entardeceres, e até no miradouro, que embora ou mesmo não pertencendo à Ribeira, é lá que ela começa, e o contrário também é verdade. Acontece que a Ribeira do Pinheiro não é de acessos fáceis, para além do casario estar um pouco disperso pela encosta acima (ou abaixo, se preferirem), não é um local por onde se possa passar ou passear de popó, embora tenha alguma visibilidade à distância, da estrada de Valpaços, por exemplo, mas só de inverno, pois nas restantes estações do ano, o arvoredo tapa-lhe as vistas.

 

1600-ribeira do pinh (17)-video

ribeira-avelas (478)-video

1600-miradouro (328)-video

 

E agora sim, o vídeo com todas as imagens da Ribeira do Pinheiro que foram publicadas até hoje neste blog. Espero que gostem e para rever aquilo que foi dito sobre esta Ribeira ao longo do tempo de existência deste blog, a seguir ao vídeo, ficam links para esses posts.

Aqui fica o vídeo, espero que gostem:

 

 

 

Agora também pode ver este e outros vídeos no MEO KANAL Nº 895 607

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Eiras:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/ribeira-do-pinheiro-chaves-portugal-1788723

https://chaves.blogs.sapo.pt/ribeira-do-pinheiro-chaves-1448616

https://chaves.blogs.sapo.pt/361168.html

 

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até à próxima quarta-feira em que teremos aqui a aldeia de Roriz.

 

18
Nov20

Ribeira de Sampaio - Chaves - Portugal

Aldeias de Chaves

1600-rib-sampaio (23)-video

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos hoje esse resumo para a aldeia de Ribeira de Sampaio.

 

1600-rib-sampaio (49)-video

 

A última aldeia que aqui deixámos foi a Ribeira das Avelãs, a primeira das três ribeiras. Subindo a ribeira, a seguir encontramos a Ribeira do Pinheiro e só depois e mais distante é que encontramos a Ribeira de Sampaio. Tal como referimos na Ribeira das Avelãs, a ribeira é sempre a mesma, vai é mudando de nome conforme a aldeia ou bairro que tem junto a si, assim, é ribeira de São Lourenço junto a São Lourenço, ribeira de Sampaio, do Pinheiro ou das Avelãs junto às aldeias com o esse nome e vai desaguar ao rio Tâmega, junto às poldras, com o nome de Ribeira do Caneiro, depois, claro, de passar pelo Bairro do Caneiro.

 

1600-rib-sampaio (54)-video

1600-rib-sampaio (20)-video

 

Mas hoje temos aqui a Ribeira de Sampaio e vou repetir aqui os textos que também vão servir de separador no vídeo de hoje, onde se diz:

 

Ribeira de Sampaio, uma aldeia de moinhos e moleiros que ao longo dos tempos

se foi transformando.  Os moinhos deixaram de moer, os moleiros morreram. ficaram as casas, ficou a ribeira, uma velha ponte e os moinhos parados, mas a fazerem a delícia a quem os descobria. Foi assim que a descobri em 1994 , uma pérola esquecida no encontro de duas encostas da serra, ao lado de uma ribeira e uma ponte. Ficou o registo,  ainda na era da fotografia analógica, e este, foi mesmo para memória futura…

 

1600-rib-sampaio (28)-video

1600-rib-sampaio (20)-1-video

 

Em  2007, já na era da fotografia digital, regressámos à Ribeira de Sampaio. Mais maduros, com outro olhar. Se não fosse a memória diria que estava noutra ribeira…

Nova passagem em 2015, confirma-se o confirmado.

Era uma vez…

Uma aldeia de moinhos e moleiros…

 

1600-rib-sampaio (18)-video

1600-rib-sampaio (8)-video

 

Aqui no post deixo apenas as imagens de 2007 e 2015, pois as de 1994 já foram todas anteriormente publicadas nos posts que dediquei à Ribeira de Sampaio e para os quais fica link no final, mas também vão estar todas no vídeo.

 

1600-rib-sampaio (4)-video

1600-rib-sampaio (29)-video

 

Mas hoje até nem estamos aqui para falar da aldeia, pois tudo que tínhamos para dizer sobre ela, já o dissemos nos posts que lhe dedicámos, hoje estamos aqui pelo vídeo que não teve nos posts anteriores e ao qual vamos passar de imediato:

Aqui fica, espero que gostem.

 

 

 

Agora também pode ver este e outros vídeos no MEO KANAL Nº 895 607

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Ribeira de Sampaio:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/ribeira-de-sampaio-chaves-portugal-1785579

https://chaves.blogs.sapo.pt/581530.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/230549.html

 

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até ao próximo sábado em que teremos aqui a terceira e última ribeira, a Ribeira do Pinheiro, aqui a última, mas no terreno fica no meio das outras duas.

 

 

 

11
Nov20

Redondelo - Chaves - Portugal

Aldeias do Concelho de Chaves

1600-redondelo (19)-video

 

REDONDELO

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos hoje esse resumo para a aldeia de Redondelo, Chaves.

 

1600-redondelo (2)-video

redondelo (52)-video

 

Na última abordagem às aldeias de Chaves, tivemos aqui a uma das aldeias vizinhas de Redondelo, mais propriamente a aldeia de Rebordondo, no entanto a aldeia mais próxima é a de Casas Novas, um trio de aldeias onde existem solares e casas solarengas, com ou sem brasão, ou seja, quase metade dos solares ou casas solarengas do concelho de Chaves estão concentradas nestas três aldeias. Apenas uma curiosidade que só por si já pode valer para uma visita a nossa aldeia de hoje e às suas vizinhas, que estão aqui mesmo a lado da cidade, logo a seguir ao nó da autoestrada de Curalha.

 

1600-redondelo (53)-video

1600-redondelo (49)-video

 

Mas claro que na aldeia tem outros pontos de interesse, como o conjunto do seu casario, a igreja, o cruzeiro e um interessante conjunto de fonte de mergulho e tanque, mesmo no início da aldeia, junto à estrada.

 

1600-redondelo (45)-video

1600-redondelo (38)-video

 

Mas hoje não estamos aqui para falarmos de Redondelo, isso, já o fomos fazendo ao longos dos vários posts que lhe dedicamos (com link no final). Hoje é mesmo pelo vídeo, mas também, como habitualmente, aproveitamos esta ocasião para deixarmos aqui mais algumas imagens que escaparam às anteriores seleções.

 

1600-redondelo (17)-video

1600-redondelo (16)-video

 

E agora sim, o vídeo com todas as imagens da aldeia de Redondelo que foram publicadas até hoje neste blog, incluindo as do presente post. Espero que gostem,

aqui fica:

 

 

 

Agora também pode ver este e outros vídeos no MEO KANAL Nº 895 607

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Redondelo:

https://chaves.blogs.sapo.pt/redondelo-chaves-portugal-1417683

https://chaves.blogs.sapo.pt/duas-de-redondelo-1127681

https://chaves.blogs.sapo.pt/534537.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/481643.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/194204.html

 

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até ao próximo sábado em que teremos aqui a aldeia de Ribeira das Avelãs.

 

 

 

 

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Meu caro, gostei do post sobre os lápis das Casas ...

    • FJR Barreiro

      Este foi mais um assassínio feito à nossa terra. E...

    • Anónimo

      O porque e qual a razão de fazerem estas aberraçõe...

    • Anónimo

      Lindíssima esta sua foto. Espero que o texto não a...

    • FJR - Barreiro

      Tantas idas a pé eu fiz. E era tão feliz ao fazê-l...

    FB