Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

08
Ago20

Moreiras - Chaves - Portugal

1600-moreiras-398-399-video

 

 

MOREIRAS

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos hoje esse resumo para a aldeia das Moreiras.

 

1600-moreiras (407)-video

1600-moreiras (406)-video

 

Moreiras que é uma das aldeias de Chaves de visita obrigatória, não só pela sua história, principalmente a que está ligada à religião católica, mas também pela aldeia em si e principalmente por algumas obras de arquitetura públicas e privadas.

 

1600-moreiras (402)-video

1600-moreiras (386)-video

 

Das obras de arquitetura públicas ou destinadas a todos, destacam-se  a igreja românica, o cruzeiro e o conjunto da fonte coberta, tanque e bebedouro, tudo em granito. Também toda em granito e confrontante com o mesmo largo da igreja, cruzeiro e fonte, a chaminé de uma casa agrícola destaca-se pela sua beleza e pormenores da arte dos mestres canteiros. Também a casa do pároco, anexa à igreja, se destaca pela sua arquitetura, toda em perpianho de granito com molduras nos vãos, beirais e cunhais também trabalhados pelos mestres canteiros, e ainda jardim. Curiosamente, à exceção da casa do pároco, nenhuma das imagens que hoje vos deixo poderão ilustrar estas palavras, no entanto todas elas estão no vídeo final, pois hoje, apenas metemos algumas imagens que escaparam nas seleções anteriores para ilustrar os posts dedicados a aldeia de Moreiras, posts esses para os quais fica um link no final deste post

 

1600-moreiras (381)-video

1600-moreiras (331)-video

 

E agora sim, o vídeo, a razão de estarmos aqui mais uma vez com aldeia das Moreiras, onde deixamos todas as imagens que foram publicadas até hoje neste blog. Espero que gostem .

 

 

 

Posts do blog Chaves dedicados à aldeia de Moreiras:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/moreiras-chaves-portugal-1655065

https://chaves.blogs.sapo.pt/moreiras-chaves-portugal-1072839

https://chaves.blogs.sapo.pt/1008407.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/966426.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/670935.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/430134.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/377900.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/312457.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/305322.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/40434.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/88552.html

 

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até à próxima quarta-feira,  em que teremos aqui a aldeia de Mosteiro, de terras da Castanheira.

 

01
Ago20

Mairos - Chaves - Portugal

Aldeias de Chaves - Com vídeo

1600-mairos (366)-video

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos hoje esse resumo para a aldeia das Mairos.

 

1600-mairos (284)-video

1600-mairos (311-2) - video

 

Aproveitamos também esta oportunidade para deixar aqui mais algumas imagens que escaparam às anteriores seleções para posts que publicámos sobre a aldeia de Mairos. Posts esses que se quiser ver ou rever, têm link no final.

 

1600-mairos (14)-video

1600-mairos (15)-video

 

Imagens de mais alguns trechos de Mairos, mas também pormenores e artes que já não se usam, como a arte do pedreiro e do canteiro, tal como acontece no  emblema da antiga guarda fiscal, que tinha posto em Mairos ou pormenores da arte de bem construir  do assentar da pedra, que na última fotografia que ficou atrás, tem pormenores preciosos como as palas por cima de uma porta e uma janela, ou da padieira da porta carral que para ser liberta do peso da parede de pedra que tem por cima, tem assente sobre si a estrutura que absorve todo esse peso, composta por três pedras, sendo a do meio e mais pequena, uma cunha, tal como se utiliza nos arcos. Pormenores que os mestres pedreiros conheciam sem nunca terem estudado estruturas nas universidades.

 

1600-mairos (60)-video

1600-mairos (291)-video

 

Mas hoje além da aldeia, trazemos também aqui o incêndio que assolou tudo que havia para arder à volta de várias aldeias e não só, pois segundo se constou ontem na cidade, o incendio teria mesmo destruído algumas construções.

 

1600-mairos (293)-video

1600-mairos (318)-video

 

Um incêndio que ao que consta começou em Vila Verde da Raia, subiu a Curral de Vacas, continuou para a Cota de Mairos e aldeia de Mairos. Até aqui, temos algumas imagens, pois tínhamos programado ir a Mairos no fim da tarde, precisamente para recolher algumas imagens em vídeo para intercalar com as fotografias do nosso vídeo. Como nos disseram que o acesso via Vila Verde e Curral de Vacas estava fechado, abordámos a aldeia por S. Cornélio.

 

1600-mairos (436)

1600-mairos (431)-video

 

Logo desde S. Cornélio deu para perceber que a coisa estava complicada, com o fogo a rodear Mairos e a progredir desde a Cota de Mairos em direção a Travancas e mesmo S. Cornélio. Ainda conseguimos entrar em Mairos mas demorámos por lá pouco, pois tudo indicava que o fogo iria rodear a aldeia e corríamos o risco de lá ficar. Segundo as notícias de ontem, o fogo avançou mesmo sobre S. Cornélio e Travancas, tendo chegado a Argemil e Urjais, por um lado e às Nogueirinhas e Vila Frade noutras frentes. Mas isso era o que se dizia ontem na cidade, mas não tenho qualquer confirmação.

 

1600-mairos (427)-video

1600-mairos (415)-video

 

Um extra que preferíamos não ter de noticiar e mostrar imagens, que devastou as poucas manchas de floresta que ainda restava, para além dos danos materiais com algumas construções e, segundo constou, uma delas era uma vacaria, mas felizmente, penso não haver registos de feridos ou mortes entre a população e bombeiros. Mas hoje, tal como já estava agendado, estamos aqui pelo vídeo, que fica já a seguir, tendo no final algumas imagens do referido incêndio.

Aqui fica:

 

 

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Mairos:

https://chaves.blogs.sapo.pt/mairos-chaves-portugal-1648719

https://chaves.blogs.sapo.pt/cha-de-urze-com-flores-de-torga-111-1322496

https://chaves.blogs.sapo.pt/cha-de-urze-com-flores-de-torga-92-1265409

https://chaves.blogs.sapo.pt/mairos-chaves-portugal-1177872

https://chaves.blogs.sapo.pt/mairos-com-passagens-e-paragens-1076178

https://chaves.blogs.sapo.pt/920981.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/681889.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/571382.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/563290.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/371432.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/292270.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/77679.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/79536.html

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até a próxima quarta-feira em que teremos aqui a aldeia de Matosinhos.

 

 

 

11
Jul20

Izei - Chaves - Portugal

Aldeias do Concelho de Chaves

1600-izei (170)-video

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos hoje esse resumo para a aldeia das Izei.

 

1600-izei (132)-video

 

Izei é uma das aldeias da Serra do Brunheiro e da estrada 314. Uma aldeia que costuma chamar de aldeias de passagem, ou seja, que em geral passamos por elas sem repararmos muito nelas, e então Izei é um bom exemplo dessas aldeias de passagem, porque de tanta atenção que pomos na estrada, é quase impossível deitar-lhe um olhar.

 

izei (53)-video

 

A atenção redobrada na estrada à passagem por Izei, deve-se ao estreitar da estrada e ausência de bermas ou passeios, que nalguns casos, tal como se pode reparar em algumas imagens a saída das casas faz-se diretamente para a faixa de rodagem da estrada.

 

1600-izei (167)-video

 

Esta singularidade de Izei, faz com que a maioria das pessoas não se apercebam que para além da estrada também há aldeia, quer para a parte de baixo da estrada, quer para a parte de cima. Parte de baixo e de cima, porque a aldeia se encontra implantada em plena encosta da Serra do Brunheiro, embora vista à distância e de certos ângulos, a aldeia ainda pareça estar no vale de Chaves, mas é pura ilusão de ótica.

 

1600-izei (115)-video

 

Assim, se quiser conhecer a aldeia, vai ter mesmo que parar, mas fora da estrada, ou seja, terá de sair da estrada, para cima ou para baixo, num cruzamento que parece não existir, mas que existe. Só parando é que se poderá conhecer verdadeiramente a aldeia, e surpreenda-se, principalmente com a parte de baixo, pois escondidas da estradas está o seu melhor casario, o mais antigo e solarengo, pelo menos duas das construções, uma delas com capela e brasão de família, ainda em pé, e aparentemente razoavelmente conservado, mas mesmo em frente, uma enorme montanha de silvas cobre uma outra casa, que pelo que deixa ver também tinha o seu ar solarengo, mas que está completamente em ruínas, ou estava, pelo menos da última vez que lá parei.

 

1600-izei (39)-video

 

Pois, e a última vez que lá parei já foi há uns anitos, tanto que pela última passagem que fiz pela aldeia, reparei que havia casa que quando fiz a recolha fotográfica ainda estavam habitadas e que hoje estão em ruínas, que a capela ainda tinha os seus grandes cedros a sombreá-la, e que esta última imagem que vos vou deixar, de uma casa bem castiça e colorida, com a sua varanda de madeira pintada de cor azul vivo com um remate na base de cor grená a contrastar com madeira pintada de branco da fachada mais saliente, já nada disto existe e o granito passou a revestir a casa e a fazer o gradeamento da varanda. Não é por nada, mas já fiz o levantamento fotográfico da aldeia em 2008, ou seja, há 12 anos.

 

1600-izei (143)-video

 

Mas hoje não estamos aqui para falar da aldeia, pois isso já o fomos fazendo nos anteriores posts que lhe dedicámos. Hoje estamos aqui pelo vídeo resumo que a aldeia não teve em nenhum dos posts anteriores. Aqui fica ele, espero que gostem:

   

 

 

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Izei:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/izei-chaves-portugal-1629890

https://chaves.blogs.sapo.pt/izei-chaves-e-portugal-1267167

https://chaves.blogs.sapo.pt/izei-chaves-portugal-1217041

https://chaves.blogs.sapo.pt/mais-uma-aldeia-izei-e-umas-palavras-1071057

https://chaves.blogs.sapo.pt/847073.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/243529.html

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até à próxima quarta-feira, onde subiremos mais um bocadinho a estrada 314 para trazermos aqui Lagarelhos.

 

 

 

04
Jul20

Granjinha - Chaves - Portugal

Aldeias de Chaves - Vídeo

1600-granjinha (372)-video

 

GRANJINHA

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos hoje aqui esse resumo para a aldeia de Granjinha.

 

1600-granjinha (224)-video

 

Granjinha que por motivos profissionais já conhecia desde meados dos anos oitenta, mas que só passados 20 anos é que verdadeiramente descobri, uma agradável descoberta, por sinal.

 

1600-granjinha (16)-1-video

 

Esta de primeiro conhecer e só mais tarde descobrir, pode parecer estranho, mas não o é. Acontece que em meados dos anos oitenta ainda olhava o mundo com outros olhos e passava-me ao lado muita coisa importante à qual não dava o devido valor. E se há valores, saberes e até outros sabores, é nas nossas aldeias, no nosso mundo rural, que com o tempo, me fui dando conta que muito do meu saber e formação como homem, o tinha adquirido, precisamente, no mundo rural e não na cidade ou até mesmo na escola. Ainda hoje, quando vou a uma aldeia pela primeira vez, aprendo sempre qualquer coisa, principalmente com os mais velhos, mesmo que seja analfabeto.

 

granjinha (206)-video

 

Mas também o nosso olhar vai evoluindo com o tempo, sobretudo, há uma preocupação acrescida com os pormenores. Com o tempo, também se aprende a ver para além da aparência, também se aprende a selecionar aquilo que se olha, e do ponto de vista estético, também se consegue ver a beleza das coisas onde a beleza aparentemente não existe. Foi assim, já com este espírito, que vinte anos depois de conhecer a Granjinha a descobri.

 

1600-granjinha (321)-video

 

Mas hoje estamos aqui por causa do vídeo que a Granjinha não teve nas anteriores abordagens, mas com algum tempo e espaço, para deixar aqui mais algumas imagens e alguns temas. Um deles, que penso que nunca abordei, tem a ver com o topónimo GANJINHA, com (J), pois há quem o agrafe com (G), um deles, um colaborador deste blog quase desde que o blog existe, o Luís da Granginha que sempre grafou a aldeia com (G), e vai ser às palavras dele que vamos recorrer para abordar o assunto, palavras que roubámos au um blog amigo, o blog  Granjinha/Cando de autoria de A.Cruz.

 

1600-granjinha (15)-video

 

Aqui fica então uma breve mas suficiente explicação para o topónimo e um bocadinho de história sobre a Granjinha, ou se preferirem, Granginha:

 

GRANJINHA

 

O topónimo "Granjinha, ou GranGinha" provém do vocábulo "Grangia", que por sua vez, teve origem em Grange, de origem franco-francesa.

 

Foi introduzido pelos Monges Cistercienses, séc.XII.

 

Porém, a fundação desta ALDEIA é muito anterior.

 

Alguns vestígios encontrados (e surripiados) nos meados do século passado (e os imensos que permanecem «escondidos») indicam a sua origem Celta, - a sua ocupação romana, visigótica e mourisca - o que não é nada de estranhar, pois os Celtas o Noroeste da Península ocuparam durante séculos.

 

Os primeiros cristãos e Monges, que dela fizeram mosteiro e coutada, apagaram-lhe o nome e alteraram, de acordo com as suas conveniências, o tempo pré-existente, assim com o fizeram com a Cruz, outros símbolos e cultos.

 

 "Lá, ainda se ama a Natureza, se respeita o respeito, se recorda com saudade, se sofre com resignação, e se vive com a amor.

 

E os que nela morrem têm direito ao céu!"

Luís da Granjinha

de "A Minha Aldeia" – 2008

 

O original deste texto pode ser visto aqui: https://granjinha_cando.blogs.sapo.pt/5072.html

 

1600-granjinha (38)-video

 

E agora sim, vamos passas ao vídeo com todas as imagens da aldeia de Granjinha, imagens que foram publicadas até hoje neste blog. Espero que gostem e para rever aquilo que foi dito sobre a Granjinha ao longo do tempo de existência deste blog, a seguir ao vídeo, ficam links para esses posts.

 

Aqui fica:

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Granjinha:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/ganjinha-chaves-portugal-1626616

https://chaves.blogs.sapo.pt/ganjinha-chaves-portugal-1182015

https://chaves.blogs.sapo.pt/cha-de-urze-com-flores-de-torga-77-1218679

https://chaves.blogs.sapo.pt/969929.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/541608.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/424559.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/391288.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/385837.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/243407.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/27872.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/ocasionais-1913520

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até à próxima quarta-feira em que teremos aqui a aldeia de Izei.

 

 

 

01
Jul20

Gondar - Chaves - Portugal

Aldeias de Chaves

1600-gondar (102)-video

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos aqui hoje esse resumo para a aldeia das Gondar.

 

1600-gondar (109)-video

1600-gondar (193)-video

 

Mais uma aldeia do alto planalto da serra do Brunheiro, da freguesia de Nogueira da Montanha, uma das freguesias que mais tem sofrido com o despovoamento e, por consequência, o envelhecimento da população.

 

1600-gondar (151)-video

1600-gondar (213)-video

 

Gondar não foge à regra. Já por si era uma aldeia pequena, agora, a aldeia mantém-se, claro, mas as pessoas são muito menos, contudo, é uma aldeia onde encontramos sempre gente e onde até paramos para conversar um pouco, embora as pessoas sejam as mesmas.  

 

1600-gondar (225)-video

1600-gondar (12)-video

 

Uma aldeia pequena mas onde há um bocadinho de tudo, nem que seja um só exemplar, o que não quero dizer que não haja mais… mas, e tal como se pode ver nas imagens que aqui deixo, e que escaparam às anteriores seleções, temos, ou tínhamos no tempo em que as fotos foram tomadas, pelo menos, um trator, uma caixa de correio, um homem que vem do campo, uma capela, um cruzeiro, uma caixa de correio com um sapo em cima e uma vaca a pastar. Casas há mais…

 

1600-gondar (82)-video

 

E agora sim, o vídeo com todas as imagens da aldeia de gondar que foram publicadas até hoje neste blog. Espero que gostem e para rever aquilo que foi dito sobre Gondar ao longo do tempo de existência deste blog, a seguir ao vídeo, ficam links para esses posts.

 

Aqui fica o vídeo. Espero que gostem:

 

 

 

PostS do blog Chaves dedicados à aldeia de Gondar:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/gondar-chaves-portugal-1623727

https://chaves.blogs.sapo.pt/647392.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/565468.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/458186.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/324242.html

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até ao próximo sábado em que teremos aqui a Granjinha.

 

 

 

24
Jun20

Fornos - Chaves - Portugal

Aldeias de Chaves

1600-fornos (21)-video

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos aqui hoje esse resumo para a aldeia de Fornos, concelho de Chaves.

 

fornos (131)-video

1600-fornos (122)-video

 

Fornos que é uma daquelas aldeias que para se conhecer, temos de ir lá de propósito, isto é, não é uma daquelas aldeias que fica junto a uma estrada principal ou concorrida para se chegar a vários destinos.

 

1600-fornos (24)-video

1600-fornos (167)-video

 

Quando muito, pode-nos calhar na passagem para a aldeia vizinha de Selhariz, isto se esta aldeia for abordado pelo interior e não pelo seu principal acesso.

 

1600-fornos (110)-video

1600-fornos (75)-video

 

Também, e embora seja uma aldeia que fica entre Vilas Boas e Valverde, é preciso fazer um pequeno desvio da estrada para se entrar nela.

 

1600-fornos (57)-video

1600-fornos (51)-video

 

Já perceberam que fornos é uma aldeia que fica naquele grande triângulo com vértices em Chaves, Vidago e Loivos, relativamente próxima da cidade de Chaves, mas mais ainda de Vidago, mas tal como disse, a maior parte das pessoas passam-lhe ao lado.

 

1600-fornos (40)-video

1600-fornos (28)-video

 

É também uma das aldeias mais pequenas do concelho de Chaves. Por alto, contam-se pouco mais de 20 construções, sendo metades delas armazéns ou anexos, daí ser uma aldeia com muito pouco para mostrar, mas mesmo assim, não deixa de ser uma das nossas aldeias, e de ter direito a ter neste blog os seus posts e o seu vídeo resumo.

 

1600-fornos (23)-video

1600-fornos (5)-video

 

E mesmo assim, hoje ainda conseguimos meter aqui 14 novas fotos que escaparam às anteriores seleções. Aldeia pequena, mas motivos não faltam, assim haja disposição e inspiração para os captar.

 

1600-1-fornos (45)-video

 

E agora sim, o vídeo com todas as imagens da aldeia de Fornos que foram publicadas até hoje neste blog. Espero que gostem e para rever aquilo que foi dito sobre as Fornos ao longo do tempo de existência deste blog, a seguir ao vídeo, ficam links para esses posts.

 

Aqui fica vídeo, espero que gostem:

 

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Fornos:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/fornos-chaves-portugal-1616155

https://chaves.blogs.sapo.pt/997739.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/359118.html

 

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até ao próximo sábado em que teremos aqui a aldeia de France.

 

 

 

 

 

 

13
Jun20

Fernandinho - Chaves - Portugal

Aldeias de Chaves

1600-fernandinho (73)-video

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos aqui hoje esse resumo para a aldeia das Fernandinho.

 

1600-fernandinho (87)-94-video

 

Fernandinho, que pelo topónimo, foi uma das aldeias que mais curiosidade tinha em conhecer, e desde a primeira vez que fui por lá que não desiludiu.

 

1600-fernandinho (111)-video

 

Trata-se de uma pequena aldeia de montanha, isolada q.b., com uma longa subida em linha reta para atingi-la, na entrada uma placa feita à medida, anuncia Fernandinho. Depois, na prática, é uma rua, sempre a subir até terminar lá no alto, onde se encontra a capela.

 

1600-fernandinho (163)-video

 

Já fomos por lá várias vezes, e embora tivéssemos encontrado sempre gente, andavam na sua lide do campo. Só na última vez que lá estivemos é que encontrámos pessoas a conversar, na rua, junto às suas casas. Talvez pela chuva, daquela chuva morrinhosa, que tem tanto de chuva como de nevoeiro e à qual nós costumamos chamar chuva molha tolos. Mas talvez, por ser fim de tarde,  as pessoas já tivessem terminado a sua lide no campo, não perguntámos, mas poderíamos tê-lo feito, pois entre o grupo havia pessoas que já conhecíamos de Chaves e juntámo-nos à conversa que acabou numa adega, para molhar a palavra…

 

1600-fernandinho (3)-video

 

Um destes dias temos de voltar por lá, assim num fim de tarde, para mais dois dedos de conversa. Aliás temos uma nova ronda a fazer pelas nossas aldeias, só ainda não decidimos quando vai iniciar e como vai ser… mas alguma ideia surgirá e, garantidamente, será diferente do habitual.

 

1600-fernandinho (156)-video

 

Quanto ao que tínhamos a dizer sobre a aldeia, já o fomos dizendo nos posts que lhe dedicámos. No entanto não recordo se nalgum deles falei da origem do topónimo. Pois segundo apurei da última vez que fomos por lá, e se bem me lembro, teve origem no nome de um padre, o Padre Fernando, que iniciou o povoamento da aldeia. Penso que foi isto o que disseram, origem essa que não seria propriamente no local onde hoje está a aldeia, mas ali bem próximo. A confirmação fica para uma próxima oportunidade.

 

1600-fernandinho (140)-video

 

Hoje é mais para trazermos aqui o vídeo que estava em falta para esta aldeia, com todas as fotografias publicadas até hoje no blog. E sem mais demoras é a ele que vamos passar. No final ficam ainda os links para os posts que dedicámos a Fernandinho. Ah! E claro, aproveitámos esta oportunidade e metemos mais algumas fotos que escaparam às anteriores seleções.

 

1600-fernandinho (113)-video

 

Aqui fica o vídeo, espero que gostem:

 

 

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Fernandinho:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/fernandinho-chaves-portugal-1612539

https://chaves.blogs.sapo.pt/fernandinho-1421023

https://chaves.blogs.sapo.pt/fernandinho-1282975

https://chaves.blogs.sapo.pt/fernandinho-aldeia-flaviense-1229590

https://chaves.blogs.sapo.pt/286928.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/38613.html

 

 

E quanto a aldeias de Chaves, despedimo-nos até à próxima quarta-feira em que teremos aqui a aldeia de Fornelos.

 

 

 

30
Mai20

Vilela do Tâmega - Chaves - Portugal

Aldeias de Chaves - Com Vídeo

1600-vilela-tamega (67)-video

 

Vilela do Tâmega

 

Com a aldeia Vilela do Tâmega chegamos ao fim desta nossa ronda pelas aldeias de Chaves, ronda esta que apenas visava trazer aqui algumas imagens que escaparam à seleção de posts dedicados à aldeia, pois quanto à história e estórias da aldeia e demais coisas de interesse, já o tínhamos feito nas primeiras rondas pelas aldeias de Chaves.

 

1600-vilela-tamega (265)-video

 

Inicialmente esta ronda visava aqui trazer imagens anteriormente não selecionadas, mas apenas três imagens, sendo uma a cores, uma a p&b e outra uma imagem mais artística, com alguns efeitos. Mas pronto nos demos conta que esse não era o caminho certo, e passámos a trazer aqui as imagens que achávamos que deveriam vir aqui.

 

1600-vilela-tamega (180)-video

 

Já depois de termos ultrapassado mais de metade das aldeias do concelho, tivemos a ideia de introduzir um vídeo resumo com todas as fotografias da respetiva aldeia, publicadas até essa data no blog.

 

1600-vilela-tamega (271)-video

 

A introdução do vídeo, fez com que surgisse uma nova ronda pelas aldeias que não o tiveram no seu post, e novamente com mais algumas fotografias. Essa ronda decorria em paralelo a esta, mas acontecia e continua a acontecer todas as quartas-feiras, enquanto que esta acontecia aos sábados.

 

1600-vilela-tamega (267)-video

 

Pois com a aldeia de Vilela do Tâmega termina esta ronda e embora quiséssemos iniciar uma nova ronda temática, que nos obrigaria a ir de novo às nossas aldeias, com esta coisa do vírus, veio atrapalhar as nossas intenções, fazendo com que essa nova ronda, seja ela como for, seja adiada, mas não quero dizer com isto que não vamos ter aqui as nossas adeias de Chaves todos os sábados, pois continuarão a estar aqui nesse dia, tal como acontece quase desde o início deste blog.

 

1600-vilela-tamega (211)-video

 

Assim sendo, vamos reservar os sábados para mais um post com as aldeias que não ainda não tiveram o seu vídeo resumo, ou seja, a partir de hoje teremos aqui as aldeias e o seu vídeo às quartas-feiras e sábado, até que todas as aldeias tenham o seu vídeo resumo.

 

1600-vilela-tamega (116)-video

 

Quanto a Vilela do Tâmega já lhe dedicámos vários posts, no final fica o link para todas essas abordagens. Hoje é mesmo para trazer aqui mais algumas imagens e o tal vídeo resumo.

 

1600-vilela-tamega (109)-video

 

De resto, a aldeia de Vilela do Tâmega, pelo menos de passagem, é mais ou menos conhecida pela maioria dos flavienses, não ficasse ela junto à EN2, aliás no afamado Km10,  e entre Chaves e Vidago.

 

1600-vilela-tamega (73)-video

 

Mas, claro, e não me canso de o repetir que, uma coisa é passarmos pela aldeia e outra é entrarmos na sua intimidade para a conhecermos, ainda mais esta em que a estrada não passa pelo meio da aldeia, pois toda ele se desenvolve apenas num dos lados da estrada, do lado oposto ao Rio Tâmega.

 

1600-vilela-tamega (14)-video

 

Rio Tâmega que também contribui para o topónimo da aldeia, mas curiosamente para quem passa, não vê rio nenhum, embora exista a cerca de 600m da EN2, aliás até Vilarinho das Paranheiras a EN2 vai seguindo, mais ou menos, em paralelo ao rio.

 

1600-vilela-tamega (12)-video

 

E para já é tudo sobre Vilela do Tâmega e sobre esta ronda pelas nossas aldeias que termina hoje. Uma nova ronda surgirá e Vilela do Tâmega cá estará de novo. Entretanto já sabem que às quartas e sábados continuamos com a outra ronda pelas aldeias, que tal como o Rio Tâmega e a EN2, decorriam em paralelo.

 

1600-vilela-tamega (7)-video

 

E agora sim, vamos passar vídeo resumo com todas as imagens publicadas até hoje neste blog. Espero que gostem.

 

 

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Vilela do Tâmega:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/vilela-do-tamega-chaves-portugal-1255738

https://chaves.blogs.sapo.pt/vilela-do-tamega-chaves-portugal-1224186

https://chaves.blogs.sapo.pt/891789.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/358719.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/341761.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/192259.html

20
Mai20

Dadim - Chaves - Portugal

Aldeias de Chaves

dadim (29)-video

 

Continuando a cumprir a nossa falta para com as aldeias que, aquando dos seus posts neste blog, não tiveram o resumo fotográfico em vídeo, trazemos aqui hoje esse resumo, para a aldeia de Dadim.

 

dadim (9)-video-1600

1600-dadim (148)-video

 

Dadim é uma das aldeias que conhecemos há mais tempo, e embora isto seja verdade, não é de todo verdadeiro, mas explico melhor para ser compreensível, pois é verdade que já conheço Dadim desde os tempos de liceu, em que uma das diversões que tínhamos nas férias grandes de verão era ir às festas das aldeias, principalmente onde tínhamos amigos e colegas de liceu, e é desde aí que conheço Dadim, ou melhor, que fui a Dadim, pois para conhecer mesmo, temos de ir lá num dos seus dias normais, sem festa, percorrer a aldeia, falar com as pessoas, etc. Depois disto, sim, ficamos com uma ideia daquilo que é a aldeia.

 

1600-dadim (124)-video

 

Despois dessas festas, passei algumas vezes, aliás até com alguma regularidade, quer por motivos profissionais ou mesmo em passeio, quer porque a aldeia calha nos itinerários para quem vai para terras da Castanheira (Cimo de Vila, Sanfins, Santa Cruz, etc.), mas também não é nas passagens que se fica a conhecer a aldeia, pois nessas alturas além de irmos com mais atenção à estrada do que à aldeia, também não passamos pelo seu núcleo, pela sua parte antiga. Dá-me a ideia, e não me devo enganar muito, que a estrada atual é uma variante à antiga estrada, esta de construção mais recente e ao longo da qual se foram construindo também as construções mais recentes. Claro que este recente(s), tem mais de 30 anos.

 

1600-dadim (121)-video

1600-dadim (13)-video

 

Para conhecer a aldeia e fazer o primeiro levantamento fotográfico para o blog, isso, aconteceu já em 2008, também já não é muito recente, pois já lá vão 12 anos, mas também não muito distante, daí as fotografias que deixamos, ainda estarem mais ou menos atualizadas.

 

1600-dadim (59)-video

1600-dadim (22)-video

 

No vídeo vão aparecer todas as fotografias da aldeia que publicámos aqui no blog até hoje, incluindo as do presente post, estas, algumas das que escaparam às anteriores seleções dos posts dedicados à aldeia.

 

1600-dadim (12)-video

1600-dadim (7)-x-video

 

Vamos então ão vídeo, com todas as imagens. Espero que gostem. A seguir ao vídeo, ficam ainda os links para os posts dedicado Dadim.

 

 

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Dadim:

 

https://chaves.blogs.sapo.pt/dadim-chaves-portugal-1597063

https://chaves.blogs.sapo.pt/537023.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/266583.html

 

16
Mai20

Vilas Boas - Chaves - Portugal

aldeias de chaves - C/vídeo

1600-vilas-boas (63)-video

 

Continuando a cumprir a nossa ronda pelas aldeias do concelho de Chaves, hoje vamos até Vila Boas, uma daquelas aldeias que não fica junta a estradas de itinerários principais, mas que, para quem conhece bem o concelho, pode calhar em itinerários de atalhos por estradas secundárias.  

 

1600-vilas-boas (48)-video

 

É uma das aldeias que fica dentro de um grande triângulo com vértices em Chaves, Vidago e Loivos (ou Peto de Lagarelhos), tendo como aldeias vizinhas e mais próximas as aldeias de Pereira de Selão, Valverde, Fornos, Selhariz, Seixo e Ventuzelos.

 

1600-vilas-boas (23)-video

 

Mas embora não calhe nos nossos itinerários principais de estradas principais, Vilas Boas pode calhar na perfeição num passeio de manhã ou tarde de domingo, ou mesmo numa alternativa de uma deslocação a Vidago, que embora não seja o melhor itinerário em termos de estradas ou tempo, é-o em termos de interesse e belezas paisagísticas, diferentes daquelas a que estamos mais habituados.

 

1600-vilas-boas (21)-videos

 

Para esse possível passeio, um dos itinerários que recomendaria era via Ventuzelos, podendo logo aqui apreciar esta aldeia e o santuário de Santa Bárbara, um autêntico miradouro para Chaves e terras de Barroso e Vila Pouca de Aguiar.

 

1600-vilas-boas (12)-video

 

Estando em Santa Bárbara depois é só retomar a estrada pavimenta e a menos de 2,5 km temos Vilas Boas. Estrada de onde se avista a encosta oposta e parte do vale da ribeira de Oura até Loivos. A estrada, embora com bom pavimento, é estreita e com muita curva, para fazer a baixa velocidade, assim, como a paisagem convida a ser apreciada, em vez de ir com um olho na paisagem e outro na estrada, mas vale parar um pouco e apreciar como deve ser a paisagem. Não se arrependerá e pare onde parar, apenas ouvirá as nuances da natureza.

 

13180712993_b18522908c_o.jpg

 

Vilas Boas, embora também sofra dessa maleita chamada despovoamento, tendo perdido mais de metade da sua população desde 1950 até hoje, continua a ter gente e vida, para consumo próprio, mas também para oferecer a quem queira apreciar, estando esta oferta a cargo da Associação Desportiva. e Cultural Amigos de Vilas Boas, principalmente através do seu Rancho Folclórico, que não só representa a aldeia nas suas autuações como representa o concelho de Chaves nas suas atuações além das nossas fronteiras.

 

1600-vilas-boas (14)-video

Mas também em tempos promoveu na aldeia um encontro de pintores da região, que com os seus cavaletes e telas foram registando os principais e abundantes temas de interesse de Vilas Boas, começando pelas suas ruas e casario, as suas cenas da vida diária e a belíssima Igreja Matriz e até uma quinta de turismo rural.

 

1600-vilas-boas (182)-video

 

Mas hoje estamos aqui, também, para deixarmos um vídeo com um resumo em imagem desta aldeia, com todas as fotografias que fomos publicando neste blog al longo dos seus 15 anos de existência, nos posts que dedicámos à aldeia ou que serviu de motivo para outras abordagens. Ficam no final os links para esses posts, agora vamos ao vídeo. Espero que gostem.

 

 

Post do blog Chaves dedicados à aldeia de Vila Boas:

https://chaves.blogs.sapo.pt/aldeias-de-chaves-com-imagens-de-vilas-1045661

https://chaves.blogs.sapo.pt/805672.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/597290.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/410492.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/410931.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/336864.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/299764.html

https://chaves.blogs.sapo.pt/272966.html

 

 

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

15-anos

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Souza é apelido de Arcossó? Seria de Pedro Souza q...

    • Anónimo

      Não é verdade que esteja extinta. Em Arcossó exist...

    • Anónimo

      Que bom ver esta foto! A minha avô morava numa das...

    • Julia Nunes Baptista

      Boa noite. Que bom reviver a Quinta da Condeixa em...

    • Anónimo

      Que lindo!! Muito emocionada em saber mais sobre a...

    FB