Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

26
Abr21

De regresso à cidade...

luz ao fundo do túnel

1600-(52005)

 

Hoje faço o regresso à cidade a partir deste local da imagem, a fazer de conta como se chegasse a este mesmo local de comboio, como em tempos idos aconteceu muitas vezes. Saudades do comboio, mesmo do velho texas, mas tenhamos esperança em tê-lo cá de novo, não o texas mas um comboio moderno e a sério, e não a este local mas a outro qualquer da cidade, pelo menos a linha do Corgo é mencionada como uma das que vai ser reativada com a restruturação da ferrovia portuguesa, só esperamos que o final de linha não fique em Vila Real…

 

 

 

20
Abr21

Chaves de Ontem - Chaves de Hoje

Postais antigos

1024-8-ca (1617) postais.jpg

ontem-hoje

 

Mais um postal antigo, bem antigo, inícios do século passado, com a zona das caldas e as suas "Nascentes D'Aguas Thermaes" ainda com o Rivelas a passar por baixo da sua ponte e por cima das ditas nascentes, no espaço onde hoje se localiza a buvete e a casa onde vivia António Granjo, possivelmente nessa altura ainda estava vivo.  O postal nº 8, made in Chaves (Tipografia e Papelaria Mesquita), numa edição de Adelino Pereira, colorida artificalmente (pintada).

 

 

13
Abr21

Chaves de Ontem - Chaves de Hoje

Postais antigos

1024-ca (1786) postais.jpg

ontem-hoje

 

Neste Chaves de ontem, Chaves de hoje, vamos mais uma vez até ao nosso rio Tâmega, em dois momentos, quando o nosso rio era navegável de barca, as famosas barcas que faziam a travessia entre o S. Roque e as hortas da canelha das Longras e um outro momento, quando de verão, o rio se transformava num imenso areal com “parque infantil”.

 

1024-ca (1645) postais.jpg

 

Quanto ao momento do imenso areal do rio, com as crianças a brincar bem lá no meio, é anterior a 1910 (as coroas ainda estão em cima dos padrões da ponte. Quanto ao momento das barcas, poderia ter sido registado até (pelo menos) os anos 70 do século passado, pois nessa altura fui testemunha de muitas travessias de barca, no entanto a imagem é bem mais antiga, pois dá ainda para ver que que entre o casario de ambos as margens do rio havia apenas rio, portanto ainda antes das obras que estreito o leito do rio por baixo da ponte romana, mas para sermos mais precisos, a imagem é anterior a 1929, pois segundo o que consta na descrição de em ambos os postais, Chaves ainda era vila.

 

1024-ca -carol (439).jpg

 

O momento que fica em imagem da barca é o mesmo momento que curiosamente foi aproveitado para ser incluído em duas edições diferentes de postais.

 

 

 

05
Abr21

De regresso à cidade...

cidade de Chaves

1600-(52588-94)-panorama

 

Hoje fazemos mesmo o regresso à cidade, e diga-se a verdade,  já tínhamos saudades dos regressos reais, ainda que seja apenas a meia cidade, é certo, mas já é alguma coisa e, vamos esperar que tudo corra bem para passarmos à próxima fase do desconfinamento. Um duplo regresso, pois também trazemos aqui o regresso do jardim Maria Rita, com o seu novo visual. Estranha-se um pouco a falta de árvores e as antigas sombras, mas vamos esperar que as novas árvores cresçam. Também é bem-vinda o regresso da estatueta ao seu lugar de origem.

 

Boa semana!  

 

23
Mar21

Chaves de Ontem - Chaves de Hoje

Postais antigos de Chaves

1024-ca (1763) postais.jpg

ontem-hoje

 

Neste Chaves de ontem, Chaves de hoje, deixamos duas imagens de postais antigos que retratam trechos da cidade de há mais de 100 anos, numa, a da ponte romana, quase tudo se mantém como então, as construções que aparecem na imagem apenas foram restauradas, exceção para as coroas em cima dos padrões, os candeeiros e o pavimento da ponte.

 

1024-ca (170).jpg

 

Já nesta última imagem, vemos como com desculpas de neste espaço se construir um largo, foi demolido um edifício público, por sinal um edifício cheio de história e dos mais interessantes que a Madalena tinha, a casa dos arcos. Mas o tempo foi passando e o prometido largo foi hipotecado com a reconstrução do último edifício deste quarteirão. Não é caso único na cidade em que futuros largos, muralhas, espaços e equipamentos públicos são demolidos ou libertados a favor de privados, e tal como vemos a coisa já não é recente, antes, vai passando de geração em geração.

 

 

 

 

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Fer.Ribeiro

      Pois não sei, mas posso tentar saber.

    • Anónimo

      O post está muito bom. Já agora aproveito para per...

    • TELMO A.R.RODRIGUES

      Cara amigo Luis Sancho o meu é Telmo Afonso R. Rod...

    • Anónimo

      Parabéns pelo seu trabalho, que é de louvar. Sobre...

    • Anónimo

      Gostaria imenso de obter a genealogia da família A...

    FB