Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

O Barroso aqui tão perto - Fontaínho

29.04.18 | Fer.Ribeiro | comentar
 Nesta rubrica de o Barroso aqui tão perto, hoje toca a vez a Fontaínho, que por acaso até é uma das aldeias que para nós flavienses fica no Barroso mais distante, já bem dentro do Parque Nacional da Peneda-Gerês e bem próxima do concelho de Vieira do Minho e de (...)

O Barroso aqui tão perto - Friães

16.10.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 No Barroso aqui tão perto, hoje vamos até à aldeia de Friães. Como é um topónimo muito vulgar em Portugal, convém desde já dizer que este Friães é o do concelho de Montalegre, no Barroso.  Como sempre o nosso ponto de partida é na cidade de Chaves. Das três (...)

O Barroso aqui tão perto - Penedones

13.08.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Cá estamos nós de regresso ao Barroso aqui tão perto, hoje com mais uma aldeia do concelho de Montalegre, mais uma de terras da Chã e para irmos até lá, como sempre a partir da cidade de Chaves, optamos pela Estrada Nacional 103.  Com partida junto ao Rio Tâmega, (...)

O Barroso aqui tão perto - Carvalhais

25.06.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Vamos lá, então, mais uma vez até ao Barroso que fica aqui tão perto. Hoje vamos até Carvalhais, freguesia de Morgade, concelho de Montalegre.  Uma vez, de passagem por Morgade, falaram-me do alto de  S.Domingos, que de lá é que as vistas eram boas, que se via (...)

O Barroso aqui tão perto - Contim

12.06.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Sei que o habitual é o “Barroso aqui tão perto” calhar aqui no blog aos domingos, mas nem sempre nos é possível, mas como não queremos deixar de cumprir as nossas promessas, não conseguimos ao domingo, mas segunda-feira também serve. Assim, na nossa (...)

O Barroso aqui tão perto - Arcos

05.06.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Já o disse aqui várias vezes que as minhas ligações ao Barroso acontecem desde criança. De início as minhas idas a Montalegre eram feitas via Estrada Nacional 103 e só mais tarde, anos oitenta, a opção passou a ser via Soutelinho da Raia. Pensava eu que entre (...)

O Barroso aqui tão perto ... Ormeche

28.05.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Finais de julho de 2016, quatro da tarde, muito calor, já depois de um intenso dia, desde manhãzinha, à recolha de imagens dentro do Barroso chegámos a Ormeche, sem gente na rua, o que não era de admirar pois o intenso calor convidava mesmo à frescura do interior (...)

O Barroso aqui tão perto...

14.05.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Depois de um dia tão intenso como o de ontem em que a nossa atenção se repartiu por vários e importantes acontecimentos, tal como previa, não houve tempo para preparar mais uma aldeia do Barroso para trazer aqui, pois além da escolha e tratamento de imagens, há as (...)

O Barroso aqui tão perto... Gralhós

07.05.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 GRALHÓS  Hoje em dia, apetece-nos ir até Montalegre, pegamos no popó e ala, viramos em direção ao S.Caetano, subimos a Soutelinho e depois é seguir a estrada pelo planalto do Alto Barroso que logo a seguir estamos em Montalegre. E se dúvidas houvessem, bastava (...)

O Barroso aqui tão perto

23.04.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 No último domingo como se celebrava a Páscoa, não tivemos tempo de ir até ao Barroso, hoje, sem desculpas da Páscoa ou qualquer outra, também não tivemos tempo de concluir o post, mas amanhã, cá estará mais uma aldeia do concelho de Montalegre. Fica prometido. (...)

O Barroso aqui tão perto... Ladrugães

09.04.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Em finais de julho do ano passado lá arrancámos nós mais uma vez em direção ao Barroso de Montalegre para recolha de imagens de mais algumas aldeias. Geralmente tentamos aproveitar o sol da manhã, quando o há, mas mesmo com sol encoberto, aproveitamos a luz.  Qua (...)

O Barroso aqui tão perto... Sezelhe

26.03.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 Hoje em “O Barroso aqui tão perto” tocou a sorte a Sezelhe ou Seselhe, não sabemos bem, pois o topónimo da aldeia aparece grafada de ambas as formas e embora o mais comum seja Sezelhe com z, no sítio da freguesia e no livro Montalegre aparece o seguinte: “Os (...)