Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Quem conta um ponto...

24.04.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 339 - Pérolas e diamantes: O dedo e a Lua Arrelia-me e desconcerta-me a tacanhez e o desplante com que certa gente, e alguma rapaziada de esquerda, critica o Museu de Arte Contemporânea de Chaves. Até porque combater a arte é coisa fácil em meios provincianos. (...)

Quem conta um ponto...

17.10.16 | Fer.Ribeiro | comentar
 342 - Pérolas e diamantes: a brincadeira e o brinquedo  A vida anda sempre entre o humor e a tragédia, entre a violência e o desejo, entre a virtude e a tristeza. Por vezes acaba numa luta entre a política e a literatura. Ou vice-versa. Há quem defenda que ao (...)

Quem conta um ponto...

25.01.16 | Fer.Ribeiro | comentar
 274 - Pérolas e diamantes: a serenidade dos sorrisos Continuo a pensar que Jorge de Sena, no seu agreste discurso proferido a 10 de junho de 1977, nas comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, presididas por Vítor Alves, resumiu a (...)

Quem conta um ponto...

11.01.16 | Fer.Ribeiro | comentar
 272 - Pérolas e diamantes: a sensatez e a idiotice  Por cá é mal entendida, e até condenada, a atitude salutar de mudar de ideias. Aqui nasce-se parvo e morre-se néscio. Mas para se mudar de ideias é necessário tê-las. De outra forma é impossível. O mundo dos (...)

Quem conta um ponto...

04.01.16 | Fer.Ribeiro | comentar
 271 - Pérolas e diamantes: o capital inútil da inteligência A nossa pobreza ainda não é tão desesperada ou congénita como a dos países latino-americanos (pelo menos a das personagens dos romances neorrealistas brasileiros), conhecida entre nós como pobreza (...)

Quem conta um ponto...

28.12.15 | Fer.Ribeiro | comentar
 A sexualidade das pequenas coisas O meu amigo M. chegou ao pé de mim, sentou-se, pediu um café e pôs-se a bebê-lo como só ele o sabe fazer. O seu porte é distinto, mesmo a tomar café. A sua maneira de o pedir ao empregado, a forma distinta como abre o pacote de (...)

Quem conta um ponto...

14.12.15 | Fer.Ribeiro | comentar
 269 - Pérolas e diamantes: o estrondo Vaidoso, vulgar, manipulador, demagogo, narcisista, cínico, estatista, burocrata, maníaco, altivo, autocrata, despótico, carismático, egocêntrico, justiceiro, pseudo-iluminado, bimbo, banal, curto, limitado, paroquial, parolo, (...)

Quem conta um ponto...

07.12.15 | Fer.Ribeiro | comentar
 268 - Pérolas e diamantes: confissões de um provinciano Chegou agora a vez dos intelectuais entrarem em guerra e de usarem as palavras para desencadear os devidos efeitos colaterais na populaça. Exemplo paradigmático é o de Clara Ferreira Alves atirando fogo sobre (...)

Quem conta um ponto...

30.11.15 | Fer.Ribeiro | comentar
 267 - Pérolas e diamantes: o estado das coisas Portugal é um país invejoso. Repare-se por exemplo no tom pomposamente difamatório e hipócrita que tantas vezes carateriza a cobertura televisiva de determinados acontecimentos, ou interprete-se o quão satisfatório é (...)

Quem conta um ponto...

16.11.15 | Fer.Ribeiro | comentar
 265 - Pérolas e diamantes: coisas do Mafarrico  A política tem apetência pelas leis da simetria.Todos sabemos que o diabo, por ser calculista e dissimulado, é muito dado à intervenção política. Por isso é que a gente de direita o encosta à esquerda e o pessoal (...)

Quem conta um ponto...

09.11.15 | Fer.Ribeiro | comentar
 264 - Pérolas e diamantes: quem cala consente É tristemente universal o processo que leva a que a lógica dos interesses se sobreponha quase sempre à lógica dos princípios. Por isso vemos nas televisões cenas comoventes de pais e filhos a chorarem nos aeroportos (...)