Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

28
Set16

Quente e Frio!

quente-frio-cabec

 

(...)

Cheio de alegria, o pai pegou na mala da “Linda” do «lencinho de azul mais escuro», com uma mão, e, dando a outra à filha, juntou a sua pressa à dela para logo ele ir abraçar a “Linda” do «lencinho de azul mais claro», e ela a mãe!

 

XII

 

Os pais das “Lindas” eram abastados. Colhiam perto de 150 toneladas de Batatas e o pai ainda comercializa outras tantas, lá por toda a Região; faziam dez medas de centeio; tinham moinho próprio; colhiam vinho e azeite para todo o ano; soutos, pinhais e carvalheiras; «Abertas» e «Tapadas»; cevavam oito a dez recos; tinham bois «a ganho»; nas cortes, uma junta de bois galegos, seis vacas barrosãs, duas éguas, um burro, uma burra e um rebanho de ovelhas; os cortelhos cheios de coelhos; e um galinheiro bem povoado com galinhas «pedrês», «marelas», «brancas» e «pretas» (estas, muito especiais para certas mèzinhas!).

 

O pai ainda se metia em negócios de «CONTRABANDO».

 

Era morgado.

 

A mãe, natural de um concelho vizinho e de uma Aldeia pegada à Freguesia deste morgado, também era morgada. Governava a casa com todo o acerto. Assim, o marido bem podia sair para os tratos que mais lhe conviessem, com toda a tranquilidade e descanso.

 

E as suas MENINAS, filhas únicas, «meninas dos seus olhos», davam-lhe alegria e estímulo para encarar as lutas pela vida com a maior valentia e o maior orgulho.

 

Elas fizeram a 4ª Classe com «Distinção». Ficaram bem na «Admissão». Dispensaram a «LETRAS e a «CIÊNCIAS» no 5º ANO. Ficaram bem no “EXAME de ADMISSÃO à ESCOLA NORMAL”.

 

Bem podiam tirar um Curso Superior. Mas desde pequenitas que queriam «ser Professora com a AVÓ, de POTAMIÃO.

 

Entraram no «Carocha» e lá seguiram para o conforto de casa.

 

O Clementino e o Celestino estavam felizes.

 

Pegaram cada um na sua trouxa e saíram da ESTAÇÃO.

 

O Clementino ainda ia apanhar a «camioneta do Marinho», que o deixaria à porta de casa, já ao escurecer.

 

O Celestino, como tinha família na cidade, passaria por lá o resto do dia e a noite. No dia seguinte, logo se veria, disse ao amigo.

 

XIII

 

Em Fevereiro chegou o 1º Semestre para as «NORMALISTAS». Com sucesso para as «irmãs gémeas», da...

 

(continua)

 

 

22
Jul14

Ocasionais - "Ao Alto da Forca!"

 

“Ao Alto da Forca!

 

Os Flavienses estão condenados a chorar sempre pelo leite derramado!

 

Os seus «comissários» políticos, com ligações estreitas, próximas e muito próximas (chegadinhas, até!) aos «cozinheiros» das ementas envenenadas com que servem o Interior do País, e, particularmente, a NOSSA TERRA, o que têm é tido um comportamento covarde e traiçoeiro para a Terra que os viu nascer ou lhes deu acolhimento: sabem das mixórdias que estão a ser preparadas para fazer a vida negra aos Flaviense (e Normando-Tameganos) e ainda se mostram humildes e zelosos servidores dos patifes que engendram essas maldades: reduzir CHAVES a um território fantasma!

 

Lembrem-se da postura de presidentes da Câmara, de vereadores, de membros da Assembleia Municipal e de deputados desse círculo!

 

Como podeis Vós andar a «apajá-los», a agastar o vosso tempo e dinheiro para fazer deles «vencedores de eleições» e cujo resultado se vê na engorda do ego e da fortuna pessoal dessa cambada, e no descrédito e desvalorização da CIDADE!

 

E Vós ainda lhes consentis que apareçam, a posteriori, a fazer há-de conta de que estão indignados!

Que facínoras, sendo os primeiros a saber das «tramóias»!

 

Os Flavienses já tiveram tempo para abrir os olhos.

 

Fazei valer a «palavra de honra» com que fostes educados.

 

Deixai-vos de clubites partidárias, que só vos têm estragado a vida!

 

Não sois (não somos) assim tantos onde seja difícil pegar nos melhores, a sério e de verdade, e apoiá-los no comando dos Vossos (Nossos) destinos Flavienses.

 

A Saúde, a Educação, o Ensino, a Segurança; o Quartel, o Tribunal, a Universidade, outros Serviços Públicos; os caminhos, as estradas, os monumentos são de Todos!

 

Até a Srª das Brotas é toda NOSSA, porra!

 

O que os pandilhas de Lisboa, «socratinos» e «Führerzitos de Massamá”, fizeram e estão a fazer com CHAVES, condenando os Flavienses à morte, tem de ser revertido, virando o feitiço contra o feiticeiro: condená-los a eles à morte, «olhaide», aí mesmo no “Monte da Forca”!

 

Lede-lhe a sentença, e logo vereis como eles vêm por aí acima dar o dito por não dito, e a tudo fazer para devolver à CIDADE o prestígio, o reconhecimento e as vantagens a que tem direito!

 

Degolai esses «pavões» piolhosos e esses «poneyzinhos de Tróia» carunchosos!

 

Fazei uma barrela a esses comissários politiconeiros-tratantes!

 

Ponde veneno do escaravelho às PORTAS da CIDADE e com ele pulverizai quem «NÃO VIER por BEM”!

 

Elegei o Pe. F O N T E S Senhor do Grão-Ducado NORMANDO – TAMEGANO!

 

Até o “Poço de Boliqueime” ficaria atulhado de tanto susto, carago!

 

 

Aos Flavienses, autênticos, retintos, nobres e leais, mando um caloroso abraço.

 

 

M., 22 de Junho de2014

Luís Henrique Fernandes

-defensor de Chaves-

 

24
Jun14

Ocasionais - "Toucinho rançoso!"

 

“Toucinho rançoso!”

 

O egoísmo capitalista não descansa enquanto não destruir por completo a solidariedade humana e o espírito cooperativo das Sociedades e das Nações.

 

“Vou aos arames” quando ouço um tal «fanfarrão de Massamá», no papel de Primeiro- Ministro, ou qualquer um dos seus balofos ministros ou dos seus insolentes petimetres parlamentares, proclamarem, face às maldades que com tanto gozo e maior proveito seus decretam contra os Portugueses, que «não há outra alternativa».

 

Esta é a frase chavão, martelada pelos gananciosos sem medida, nunca estão contentes com o sangue sugado a quem trabalhou, a quem trabalha, a quem honra compromissos, a quem leva, e tem o direito inalienável, a uma vida digna!

 

Vereadores, deputados, ministros e suas ordenanças, com a categoria de «cabos – do –rancho» do exército dos batalhões «Jotas», armados em brigadeiros, apenas preocupados com «encher a mula», tomam por missão prestarem-se servil e abjectamente a garantir a o excesso de avareza dos neo-estafadores capitalistas e vigaristas de estofo mundial!

 

Não podemos consentir que um grupo de videirinhos bastardos portugueses nos usurpem a capacidade de decidir o rumo do NOSSO PAÍS e o nosso próprio para ir, com ela, fortalecer a capacidade de uma minoria obstinada em estabelecer uma suspeita Nova Ordem Mundial, ao sabor dos seus caprichos, interesses e avareza

 

Estes governantes, e a caravana de camelos baptizados ou excomungados que os apoia, clama contra os «gastos sociais», mas metem-se num avião para ir comer ostras ou caracóis a Paris!

 

À medida que encurtam os direitos dos cidadãos sabem bem alargar o campo de benefícios ao capital financeiro!

 

A «associação criminosa» do PSD-CDS, às ordens dos cabecilhas agarotados, Pedro e Paulo (tão zelosamente apadrinhada pelo «sr. Silva»), ao aceitar, por parte da «Troika», como prioridade das prioridades, o pagamento aos credores da «Dívida pública», demonstra que a única ética conhecida e praticada pelos seus «bandidos» é a “ética dos delinquentes”: não respeitam direitos, não respeitam doentes, idosos, crianças, trabalhadores!

 

Enfim, não respeitam a cidadania nem os cidadãos!

 

Escolheram deitar fora o que tinham de comum com os Portugueses, preferindo carregar, «cantando e rindo», os alforges carregadinhos com os interesses dos poderosos de outras pátrias!

 

Com a tomada do poder por este grupo de «paus-mandados», alguém avisou: - “Não faltará muito para que Portugal fique à beira de uma revolta popular”!

              

Hoje, os Portugueses já deram conta de que o seu voto nada vale   -   a «Troika» (o FMI- Fundo Monetário Internacional , o BCE- Banco Central Europeu  e a Comissão Europeia) e a “D. Branca- Merkelêndeas” é que decidem por eles!

 

Não admira que Marinho Pinto tenha obtido o êxito que se viu!

 

Realmente, nenhum Partido venceu as últimas Eleições para o Parlamento Europeu.

 

E vergonha, não mostraram nenhuma!

 

O Partido que contou maior percentagem de votos, faz há-de conta de que ficou com uma «maioria absoluta». E, com uma inadmissível desfaçatez, vem apregoar uma «vitória histórica»! Esta gentalha não olha por ela a baixo!

 

Já se sabe que os Partidos políticos de «direita» não valem mais do que aquilo que conseguiram (27,71%) dos votos expressos válidos.

 

Os Partidos da «esquerda» fizeram «figura de urso»: como, para as cúpulas, o «tacho» e o «pote» estão sempre garantidos, não se deram ao trabalho de semear informação, esclarecimento e compromisso para colher mais votos. Depois vêm verter lágrimas de crocodilo pela escandalosa, dizem eles, Abstenção!

 

Sabem todos muito bem que se o seu empenho na Democracia fosse maior, a sua contribuição para uma consciência política dos cidadãos e dos eleitores seria, e é, de enorme importância.

 

Mas, claro, numa pequena quantidade [3 281 856] de votantes, é muito mais provável que os 27,71% e os 31,45% representam mais deputados do que em [6,4 milhões],ou em [9,6 milhões].

 

Os dois terços de inscritos que «votaram» Abstenção reflectem bem a incompetência, o desleixo, a gosmice e a invalidez dos «aparelhados» partidários!

 

Habituados à mama, viciados nas jogatinas dos casinos das Câmaras, do Parlamento e das «guaritas» ministeriais, ou nas «tabernas» ou «galinheiros» do Partido, acham que o Povo tem de lhes aturar todos os caprichos, sustentar todas as mordomias, alimentar todas as vaidades!

 

Esta fornada de tratantes que entra no campo da política para receber e gamar tudo e mais alguma coisa,

 

Pedaços de toucinho rançoso!

Mozelos, 02 de Junho de 2014

Luís Henrique Fernandes

 

 

Sobre mim

foto do autor

320-meokanal 895607.jpg

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Fer.Ribeiro

      Relatório só após a conclusão das obras, ainda a d...

    • Fer.Ribeiro

      Pois não sei, mas posso tentar saber.

    • Anónimo

      O post está muito bom. Já agora aproveito para per...

    • TELMO A.R.RODRIGUES

      Cara amigo Luis Sancho o meu é Telmo Afonso R. Rod...

    • Anónimo

      Parabéns pelo seu trabalho, que é de louvar. Sobre...

    FB