Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CHAVES

Olhares sobre a cidade de Chaves

Quem conta um ponto...

14.05.18 | Fer.Ribeiro | comentar
 392 - Pérolas e Diamantes: Entre a justiça e o seu cúmulo A eurodeputada socialista Ana Gomes, preocupada com a credibilidade da política e dos políticos, sobretudo os do seu partido, diz que o PS se deve demarcar de “quem esteve no Governo para se servir”. Ind (...)

Quem conta um ponto...

12.06.17 | Fer.Ribeiro | comentar
 346 - Pérolas e diamantes: O vazamento das evidências  Laurent Binet escreveu um livro suficientemente divertido sobre Roland Barthes (escritor, sociólogo, crítico literário, semiólogo e filósofo francês que fez parte da escola estruturalista, (...)

Quem conta um ponto...

20.06.16 | Fer.Ribeiro | comentar
 295 - Pérolas e diamantes: O Lado de Guermantes   Hoje tencionava falar-vos da razão que leva as pessoas que são vítimas da fome, da incúria, da corrupção e da opressão, de cada vez que há eleições, a darem a sua entusiástica aceitação aos políticos que (...)

Quem conta um ponto...

09.05.16 | Fer.Ribeiro | comentar
 289 - Pérolas e diamantes: o presidente, o poeta, o ministro e o homem da fruta  Espalhou-se entre nós uma espécie de saturação da novidade. Marcelo Rebelo de Sousa, no seu primeiro discurso numa cerimónia do 25 de Abril, armou-se de coragem e distribuiu recados (...)

Quem conta um ponto...

25.04.16 | Fer.Ribeiro | comentar
 287 - Pérolas e diamantes: o amor e a retórica  Elias Canetti escreveu que ciência e verdade são conceitos idênticos. Quando uma pessoa se aproxima da verdade afasta-se dos homens. A vida quotidiana, qual auto de fé, é uma teia superficial de mentiras.A vida (...)

Quem conta um ponto...

04.04.16 | Fer.Ribeiro | comentar
 284 - Pérolas e diamantes: o exemplo, o respeito e a tradição Estrabão, já no início do século I d. C., referindo-se aos Belgas, mas pensando com toda a certeza nos Lusitanos, escreveu que “toda a raça a que agora chamam «Gálica» é muito belicosa… mas (...)

Quem conta um ponto...

07.03.16 | Fer.Ribeiro | comentar
 280 - Pérolas e diamantes: lá à frente também chove E de repente os pais entraram na discussão política em Portugal. E não foi da melhor maneira. O BE comportou-se como um elefante dentro de uma loja de porcelana.É claro que cada um tem o pai (ou pais) que lhe (...)

Quem conta um ponto...

25.01.16 | Fer.Ribeiro | comentar
 274 - Pérolas e diamantes: a serenidade dos sorrisos Continuo a pensar que Jorge de Sena, no seu agreste discurso proferido a 10 de junho de 1977, nas comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, presididas por Vítor Alves, resumiu a (...)

Quem conta um ponto...

18.01.16 | Fer.Ribeiro | comentar
 273 - Pérolas e diamantes: o ardil da cultura Quando lemos livros, muitas das vezes iludimo-nos. Outras, desiludimo-nos. É o ardil da cultura. E, por muito que nos custe, só nos desiludimos porque primeiro algo, ou alguém, nos iludiu. Desta vez enfunei-me como uma (...)

Quem conta um ponto...

11.01.16 | Fer.Ribeiro | comentar
 272 - Pérolas e diamantes: a sensatez e a idiotice  Por cá é mal entendida, e até condenada, a atitude salutar de mudar de ideias. Aqui nasce-se parvo e morre-se néscio. Mas para se mudar de ideias é necessário tê-las. De outra forma é impossível. O mundo dos (...)

Quem conta um ponto...

04.01.16 | Fer.Ribeiro | comentar
 271 - Pérolas e diamantes: o capital inútil da inteligência A nossa pobreza ainda não é tão desesperada ou congénita como a dos países latino-americanos (pelo menos a das personagens dos romances neorrealistas brasileiros), conhecida entre nós como pobreza (...)

Quem conta um ponto...

14.12.15 | Fer.Ribeiro | comentar
 269 - Pérolas e diamantes: o estrondo Vaidoso, vulgar, manipulador, demagogo, narcisista, cínico, estatista, burocrata, maníaco, altivo, autocrata, despótico, carismático, egocêntrico, justiceiro, pseudo-iluminado, bimbo, banal, curto, limitado, paroquial, parolo, (...)

Quem conta um ponto...

07.12.15 | Fer.Ribeiro | comentar
 268 - Pérolas e diamantes: confissões de um provinciano Chegou agora a vez dos intelectuais entrarem em guerra e de usarem as palavras para desencadear os devidos efeitos colaterais na populaça. Exemplo paradigmático é o de Clara Ferreira Alves atirando fogo sobre (...)

Quem conta um ponto...

30.11.15 | Fer.Ribeiro | comentar
 267 - Pérolas e diamantes: o estado das coisas Portugal é um país invejoso. Repare-se por exemplo no tom pomposamente difamatório e hipócrita que tantas vezes carateriza a cobertura televisiva de determinados acontecimentos, ou interprete-se o quão satisfatório é (...)