Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

02
Jun20

Uma vista sobre as origens

Cidade de Chaves

1600-(45589)

 

Tinha umas palavras para acrescentar à imagem, como o gosto que tenho em dizer ou sentir que nasci ali no meio da veiga, mas agora, depois de tanto pasmar a olhar para ela, como quem diz, de tanto regressos a pensar naquilo que queria dizer, já não tenho certeza nenhuma, nem sequer a certeza de se nasci ali ou não. O facto é que nasci mesmo lá, e lá vivi a minha infância, mas hoje, ao passar por lá, as pessoas são outras, quando as vejo, nem sequer as conheço, as casas novas nasceram como cogumelos e as velhas casas da minha infância, ou já não existem ou estão velhas e abandonadas ou foram transformadas, o velho caminho de terra, onde esfolávamos os joelhos, jogávamos à bola, ou, no tempo do Livramento, jogávamos hóquei patins, com as bolas que roubávamos nos matraquilhos da taberna do Sr. Arlindo, um trocho de couve galega seco a fazer stique e quanto aos patins imaginários, mas eram como se rolassem por baixo dos nossos pés, com as raparigas lá nas brincadeiras delas, sem nos ligarem, entretinham-se a jogar aos elásticos e à macaca… hoje,  o velho caminho de terra virou a rua asfaltada, onde só passam carros…nem cães, nem gatos, nem crianças, raramente apanha-se uma ou outra pessoa a sair ou entrar em casa…definitivamente foi ali que nasci, mas já não tenho a certeza se foi lá… por isso, nada acrescento a esta imagem.  

 

 

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

15-anos

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Flavienses Ilustres

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Não morreu, a estória é que começa ao contrário...

    • Anita

      Que máximo

    • Anónimo

      Um picapau muito parecido com um picapau universal...

    • Anónimo

      É isso! Em cada momento do dia e em função das var...

    • Anónimo

      Caro Fernando Ribeiro. Este tamanho de fotografia ...

    FB