Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CHAVES

Olhares sobre o "Reino Maravilhoso"

08
Nov19

Vivências

1996

Banner Vivências - 1024 x 256 (2)

 

1996

 

Estamos no último ano da Universidade. Já se passaram cinco anos desde que gritámos “Entrei” ao ver o nosso nome e o nome de um curso nas listas afixadas naquele minúsculo Gabinete Coordenador do Ingresso no Ensino Superior, em Vila Real.

 

Ao longo destes últimos anos muita coisa mudou na nossa vida. Deixámos a cidade que nos viu nascer, ficámos mais longe dos amigos de sempre, mas ganhámos outros que também nos acompanharão pela vida fora. Alargámos horizontes. Assistimos a centenas de aulas - entusiasmantes, algumas, aborrecidas, outras. Adquirimos conhecimentos que nos ajudarão a ser bons profissionais, e outros que rapidamente iremos esquecer e que nem entenderemos nunca por que razão constavam dos programas. Passámos dias inteiros na biblioteca, fotocopiámos sebentas, apontamentos e livros que depois nem lemos, fizemos dezenas de trabalhos de grupo e discutimos por causa de alguns.

 

Aprendemos também muito fora das salas de aula: uma nova cidade, novas rotinas, novas caras, praxes, Queima das Fitas, festas, bons filmes no cinema e, principalmente, muitas horas de conversas, de desabafos, muitas alegrias e algumas tristezas. Crescemos muito, mas o mundo que conhecíamos cresceu ainda mais do que nós.

 

O fim do ano aproxima-se e já nos sentimos com o “canudo” na mão, mas também já sentimos saudades destes tempos que vamos deixar para trás. A tuna canta “Quero ficar sempre estudante”, mas sabemos que não é possível. Segue-se o mundo do trabalho, uma nova etapa, com as suas responsabilidades e as suas exigências. Percorremos os jornais, falamos com professores, vamos a agências de trabalho temporário, ouvimos rumores de estágios aqui ou ali e vamos à procura de informação… Não temos Internet nem sequer um telemóvel na palma da mão, mas não nos falta o entusiasmo nem a vontade firme de agarrar o futuro.

 

  1. A vida de estudante está a chegar ao fim. Apesar das dúvidas, não temos medo. Todos temos a certeza que vamos conseguir, mas não imaginamos onde vamos estar em 2020...

 

Luís dos Anjos

 

 

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

 

 

Olhares de sempre

Links

As minhas páginas e blogs

  •  
  • FOTOGRAFIA

  •  
  • Animação Sociocultural

  •  
  • Cidade de Chaves

  •  
  • De interesse

  •  
  • GALEGOS

  •  
  • Imprensa

  •  
  • Aldeias de Barroso

  •  
  • Páginas e Blogs

    A

    B

    C

    D

    E

    F

    G

    H

    I

    J

    L

    M

    N

    O

    P

    Q

    R

    S

    T

    U

    V

    X

    Z

    capa-livro-p-blog blog-logo

    Comentários recentes